Clássico faz São Paulo voltar a ter lucro no Paulistão, mas despesas continuam elevadas



Depois de ficar algumas rodadas no prejuízo com seus jogos no Pacaembu, o São Paulo voltou a ter saldo positivo no acumulado de suas bilheterias. Com duas partidas seguidas sem ter renda líquida negativa, o Tricolor lucrou o suficiente para que a diferença entre receitas e despesas com as partidas fosse positiva, no valor de R$ 36.401,15. Veja os dados consolidados e dos últimos dois  confrontos:

Prejuízo acumulado após 7 rodadas: -R$ 189.768,32
Renda líquida contra o São Bernardo (8ª Rodada): R$ 111.406,22
Prejuízo acumulado após 8 rodadas: -R$ 78.362,10
Renda líquida contra o Palmeiras (9ª Rodada): R$ 114.763,25
Saldo positivo após 9 rodadas: R$ 36.401,15

Ainda que o São Paulo tenha “saído do vermelho” em termos de bilheteria no Paulistão, chama a atenção o valor pago em despesas pela utilização do estádio do Pacaembu durante a competição. Mais de 1,7 milhão de reais recebidos como renda dos jogos foram destinados para o pagamento das obrigações que a realização do evento exige. Assim, o  clube fica com menos de 2% do arrecadado. Veja os valores exatos:

Renda bruta: R$ 1.822.733,00
Despesas: R$ 1.786.331,85
Renda líquida: R$ 36.401,15
Lucro: 1,98%

Para efeito de comparação, o Corinthians teve 57,5% de lucro somados seus jogos como mandante no Paulistão, já o Palmeiras teve 57,3%, ambos muito acima da porcentagem do Tricolor.



MaisRecentes

No Brasileirão, Corinthians se dá melhor quando não tem vantagem na posse de bola



Continue Lendo

Aproveitamento do Corinthians na temporada 2017 seria Top 10 na elite da Europa



Continue Lendo

Corinthians é o time que menos (e melhor) utiliza jogadores no Brasileirão-2017



Continue Lendo