Clássico faz São Paulo voltar a ter lucro no Paulistão, mas despesas continuam elevadas



Depois de ficar algumas rodadas no prejuízo com seus jogos no Pacaembu, o São Paulo voltou a ter saldo positivo no acumulado de suas bilheterias. Com duas partidas seguidas sem ter renda líquida negativa, o Tricolor lucrou o suficiente para que a diferença entre receitas e despesas com as partidas fosse positiva, no valor de R$ 36.401,15. Veja os dados consolidados e dos últimos dois  confrontos:

Prejuízo acumulado após 7 rodadas: -R$ 189.768,32
Renda líquida contra o São Bernardo (8ª Rodada): R$ 111.406,22
Prejuízo acumulado após 8 rodadas: -R$ 78.362,10
Renda líquida contra o Palmeiras (9ª Rodada): R$ 114.763,25
Saldo positivo após 9 rodadas: R$ 36.401,15

Ainda que o São Paulo tenha “saído do vermelho” em termos de bilheteria no Paulistão, chama a atenção o valor pago em despesas pela utilização do estádio do Pacaembu durante a competição. Mais de 1,7 milhão de reais recebidos como renda dos jogos foram destinados para o pagamento das obrigações que a realização do evento exige. Assim, o  clube fica com menos de 2% do arrecadado. Veja os valores exatos:

Renda bruta: R$ 1.822.733,00
Despesas: R$ 1.786.331,85
Renda líquida: R$ 36.401,15
Lucro: 1,98%

Para efeito de comparação, o Corinthians teve 57,5% de lucro somados seus jogos como mandante no Paulistão, já o Palmeiras teve 57,3%, ambos muito acima da porcentagem do Tricolor.



MaisRecentes

Bahia, Santos, Sport e Ponte Preta dominam a Seleção da 15ª Rodada do Brasileirão-2017



Continue Lendo

Em 2017, São Paulo só é melhor do que o Atlético-GO em duelos contra clubes de Série A



Continue Lendo

No Rio de Janeiro, 83% da renda com bilheteria é destinada a pagar despesas dos jogos



Continue Lendo