Renda Bruta do Corinthians representa metade da arrecadação na 1ª Rodada



Em 2015, Corinthians e Palmeiras disputaram, de forma equilibrada, a liderança no ranking de público e renda. Tanto um clube quanto o outro são impulsionados pelo sucesso de suas Arenas e de seus planos de sócio-torcedor. Neste ano o cenário não deverá ser diferente. Prova disso é que o Timão, logo na primeira rodada do Paulistão, já mostrou (o que era óbvio) que vai disputar novamente o topo da lista de arrecadação. Para se ter uma ideia, a renda bruta corintiana (R$ 1.643.455,00) foi praticamente igual à soma das rendas brutas dos outros nove mandantes  da rodada (R$ 1.818.943,46). Veja na imagem a seguir a comparação:

Renda bruta do Corinthians em comparação com a arrecadação dos outros clubes na 1ª Rodada

Renda bruta do Corinthians em comparação com a arrecadação dos outros clubes na 1ª Rodada do Paulistão-2016

Em termos de proporção, é possível dizer que o faturamento do Corinthians na vitória contra o XV de Piracicaba representou quase metade (48%) do que foi arrecadado na soma dos 10 jogos da rodada de estreia (R$ 3.462.398,46). Por outro lado os outros mandantes (Água Santa, Botafogo-SP, Linense, Mogi Mirim, Oeste, Red Bull, Rio Claro, Santos e São Bento) representaram 52% do bolo total dos borderôs. Confira no gráfico abaixo:

Proporção da renda bruta do Corinthians em relação ao total da rodada

Proporção da renda bruta do Corinthians em relação ao total da rodada

Mesmo com o forte abastecimento da renda bruta corintiana, o total arrecado na primeira rodada deste ano, ficou um pouco abaixo daquilo que foi registrado na jornada inicial do campeonato passado (R$ 3.803.035,35), quando o Timão jogou na Arena Corinthians e o Osasco Audax mandou sua partida contra o Palmeiras no Allianz Parque. Ainda assim o resultado em 2016 é bem maior do que as rendas das edições 2013 e 2014. Observa a comparação abaixo:

Comparação renda bruta na primeira rodada desde 2013

Comparação renda bruta na primeira rodada desde 2013



MaisRecentes

Venha sem preconceitos, pois precisamos falar da fase de Felipe Melo no Palmeiras



Continue Lendo

No futebol nossa torcida é mais contra ou a favor? Até que ponto a paixão nos cega?



Continue Lendo

Mesmo sem estar com a barriga cheia, Palmeiras parece não ter fome em 2019



Continue Lendo