Regular, Santos dispara no aproveitamento anual entre os clubes da Série A do Brasileirão



Ricardo Oliveira comera gol em mais uma vitória do Santos na Série A do Brasileirão (Foto: Ivan Storti)

Ricardo Oliveira comemora gol em mais uma vitória do Santos na Série A do Brasileirão (Foto: Ivan Storti)

Estamos próximos da reta final do Brasileirão e, consequentemente, da temporada. Nesta fase do ano, a regularidade dos times é fundamental para atingir os objetivos traçados lá no início desta jornada. O Santos, apesar de não liderar o campeonato nacional, disparou no aproveitamento em 2016 em relação aos demais adversários da Série A.

O time de Dorival Junior, inclusive, foi o que menos foi derrotado (11 vezes) e o que mais venceu (31 vezes) na temporada. A Chapecoense, com 13 derrotas, é o segundo que menos perdeu. Já Flamengo e Corinthians são os mais próximos em termos de vitórias, com 30 cada um. Os dois também rivalizam no aproveitamento de pontos disputados em 2016. Veja o quadro:

Ranking de aproveitamento em jogos oficias dos clubes da Série A em 2016

Ranking de aproveitamento em jogos oficias dos clubes da Série A em 2016

Além de liderar nesse quesito, o Peixe também se destaca no saldo de gols contando todas as partidas oficiais do ano. Os santistas marcaram (96) o dobro de gols que sofreram (48), ou seja, saldo de 48 tentos, o maior entre os clubes que disputam a Série A neste ano. Confira a lista:

Lista traz os saldos de gols dos 20 clubes da Série A em 2016

Lista traz os saldos de gols dos 20 clubes da Série A em 2016

Se o título do Brasileirão está, no momento, mais distante do Santos, não há dúvidas de que se trata do time mais regular da temporada, mesmo após alguns tropeços. Desde o início do ano se manteve na disputa das primeiras posições com futebol ofensivo e defesa estável, estabelecendo um equilíbrio entre os setores.

Mérito do trabalho de Dorival Junior que, diante de tantas baixas e desfalques no elenco, não deixou seu time ficar longe de brigar com futebol de alto nível nas três competições em que participou neste ano.

 

Obs.: Só são contabilizados os jogos oficiais disputados em 2016. Amistosos não entram nos cálculos.



MaisRecentes

É possível admirar o estilo Fernando Diniz no São Paulo sem ser um Dinizete fanático



Continue Lendo

Corinthians vai de ‘melhor técnico do Brasil’ ao alto risco de eliminação no Paulista



Continue Lendo

Empolgação ou desonestidade? Estreia no Paulista pareceu rodada da Premier League



Continue Lendo