Pior mandante de Série A, Santos vê ‘fator casa’ perder força na temporada atual



Santos é o pior mandante entre os clubes de Série A, lidera ranking de derrotas e sofre para fortalecer ‘fator casa’ (Foto: Ivan Storti)

A derrota para o Cruzeiro, na última quarta-feira, pela partida de ida das quartas de final da Copa do Brasil, foi a sétima do Santos como mandante em 2018. No primeiro jogo de Cuca no comando do time, já foi possível notar que o novo treinador terá uma grande missão no clube: recuperar a força do fator casa em busca dos objetivos desta temporada. Atualmente, o Peixe é o time de Série A com o pior aproveitamento atuando em casa neste ano.

Até aqui, foram 21 jogos oficiais com mando santista em 2018, com oito vitórias, seis empates e sete derrotas, o que resulta em um aproveitamento de 47,62%, o pior entre os 20 clubes de Série A. À frente do Peixe está o Vasco, que conquistou 56,52% dos pontos que disputou como mandante.

Definitivamente, a campanha do Santos em seus domínios, seja na Vila Belmiro, seja no Pacaembu, é bem ruim e fica pior ainda quando comparada com a dos últimos tempos, e nem precisamos ir tão longe para exemplificar. Nos últimos três anos, o clube da Baixada esteve entre os melhores mandantes da elite do futebol nacional. Em 2015, para se ter ideia, o time foi derrotado apenas uma vez em casa: 3 a 1 para o Grêmio, pelo Brasileirão, na Vila.

Naquele ano, o Peixe atingiu incríveis 88,29% de aproveitamento como mandante: 37 jogos oficiais, 31 vitórias, cinco empates e uma derrota. Números que impuseram respeito em todos os adversários e deram o status de o time mais poderoso do país em seus domínios. Chegou a ter uma sequência de 32 jogos de invencibilidade em casa no período.

Em 2016, o Alvinegro Praiano voltou a ter um aproveitamento fabuloso quando teve mando de campo: 34 jogos oficiais, 27 vitórias, 5 empates e 2 derrotas (Internacional e Figueirense, pelo Brasileirão), conquistou 84,31% dos pontos que disputou. Novamente teve a melhor campanha em casa entre os clubes de Série A na temporada.

Já no ano passado, houve uma pequena queda no desempenho da equipe santista como mandante: 33 jogos oficiais, 22 vitórias, 4 empates e 7 derrotas, conquistou 70,71% dos pontos que disputou, a quarta melhor campanha em casa entre os clubes de Série A na temporada. Interessante notar que o número de derrotas em seus domínios em praticamente metade de 2018, é o mesmo obtido durante todo o ano de 2017.

Os dados indicam uma enorme queda de um ano para outro, ou seja, uma das principais virtudes do time da Vila Belmiro não tem a mesma força de antes, fragilizando ainda mais um processo de reconstrução que já era sinalizado no fim da temporada passada. Não é à toa que isso influencia também nos números gerais de 2018. Tanto é que o Peixe é o clube de Série A que mais foi derrotado no ano: 16 vezes, assim como Vasco e Vitória.

Vale destacar que em 2015 e em 2017, o Santos terminou a temporada com as mesmas 16 derrotas, atingidas neste ano ainda no mês agosto. Em 2016, o Peixe perdeu apenas 13 jogos oficiais. De fato, 2018 é um ano de reajustes e de preparar o sinal alerta para fugir de possíveis tragédias. Para isso, é preciso que Cuca, e os reforços que estão chegando, consigam resgatar a força perdida dentro de casa.

Confira os dados citados no texto na galeria abaixo:



MaisRecentes

É possível admirar o estilo Fernando Diniz no São Paulo sem ser um Dinizete fanático



Continue Lendo

Corinthians vai de ‘melhor técnico do Brasil’ ao alto risco de eliminação no Paulista



Continue Lendo

Empolgação ou desonestidade? Estreia no Paulista pareceu rodada da Premier League



Continue Lendo