Palmeiras, Vasco e Vitória dominam a Seleção da 37ª Rodada do Brasileirão-2017



Palmeiras, Vasco e Vitória levaram se destacaram na 37ª Rodada do Brasileirão-2017 (Foto: Montagem)

Não é pelo fato de o título já estar decidido que não temos mais campeonato, a rodada do último fim de semana mostrou que  ainda temos muito o que ver na competição. Com vice-campeonato, conquista simbólica do segundo turno, briga por Libertadores e contra o rebaixamento, quase todos os jogos viraram decisões. Palmeiras, Vasco e Vitória venceram suas disputas e dominaram a Seleção da 37ª Rodada do Brasileirão-2017.

O Verdão bateu o Botafogo por 2 a 0 na despedida de Zé Roberto do Allianz Parque como jogador. Além do veterano, dois palmeirenses entraram no selecionado: o volante Felipe Melo e o atacante Keno.

Já o Vasco, que venceu o Cruzeiro por 1 a 0, fora de casa, foi representado por quase todo o seu sistema defensivo: o goleiro Martín Silva, e os zagueiros Paulão e Anderson Martins.

O Vitória, por sua vez, derrotou a Ponte Preta, de virada, por 3 a 2, em jogo que rebaixou a Macaca. Pelo importante resultado, e suas atuações. três personagens entraram na lista de melhores: o meia Danilinho, o atacante Trellez, Craque da Rodada, e o técnico Vágner Mancini.

Completam a Seleção o lateral-direito Maicon, do Avaí, o meia Otero, do Atlético-MG e o atacante André, do Sport.

IMPORTANTE: A Seleção da Rodada, como sempre, é definida de acordo com as notas dadas pela redação do LANCE! durante a cobertura dos jogos do Brasileirão. Entram na lista os jogadores que receberam a melhor avaliação em sua posição.

Confira as notas e os desempenhos de cada integrante da Seleção:

Martín Silva – goleiro – Vasco – 8,0

Fechou o gol com defesas impressionantes diante da artilharia pesado do Cruzeiro no Mineirão. Responsável direto pela manutenção do placar positivo.

Maicon – lateral-direito – Avaí – 7,0

Decisivo como já foi nos bons tempos, foi ao ataque e acertou um belo chute de perna direita para dar a vitória a seu time, que pode fugir do Z4 na última rodada.

Paulão – zagueiro – Vasco – 7,5

Os momentos cruciais são recheados de personagens improváveis, eis um deles. Marcou o gol da vitória vascaína em partida que pode valer a vaga na Copa Libertadores.

Anderson Martins – zagueiro – Vasco – 8,0

Sem dúvidas é o maior personagem da recuperação vascaína. Mais uma vez foi imponente e implacável na zaga para combater o ataque do Cruzeiro no Mineirão.

Zé Roberto – lateral-esquerdo – Palmeiras – 7,0

Em sua despedida dos gramados no Allianz Parque, mostrou vitalidade, senso de posicionamento e transbordou experiência para ajudar o Palmeiras a vencer.

Felipe Melo – volante – Palmeiras – 7,0

Um dos melhores do time no triunfo sobre o Botafogo, muito bem posicionado em situações de ataque e de defesa. Fez grandes lançamentos, incluindo o que originou o gol de Keno.

Danilinho – meia – Vitória – 7,5

Saiu do banco de reservas para ser decisivo na virada sobre a Ponte Preta, fora de casa. Deu assistência para dois dos três gols da vitória: uma para Trellez e outra para André Lima.

Otero – meia – Atlético-MG – 8,0

Em cobrança de falta, marcou mais um golaço na competição. Chute seco, sem chance para Cássio pegar. Além disso, desta vez em cobrança de escanteio, deu assistência para o gol de Fred, após sequência.

André – atacante – Sport – 8,0

De gol em gol, em um dos artilheiros do país na temporada. Fez mais dois contra o Fluminense, os dois da vitória fora de casa importantíssima na luta contra o rebaixamento.

Keno – atacante – Palmeiras – 7,5

Tem sido o melhor jogador do Verdão nesta fase com Alberto Valentim. Com velocidade, foi a melhor alternativa de jogo contra o Botafogo. Deu assistência para o gol de Dudu, que abriu o placar, e depois, em jogada individual, marcou um golaço.

Trellez – atacante – Vitória – 8,5

Após ter sido vítima de um dos lances mais absurdos do campeonato, parece ter despertado de vez para o jogo e marcou dois gols na virada sobre a Ponte Preta, fora de casa. Fundamental no resultado. É o estrangeiros com mais gols no Brasileirão-2017.

Técnico: Vágner Mancini – Vitória – 7,0

Depois de estar perdendo por 2 a 0, viu o adversário ficar com um a menos e foi para cima. Conseguiu a virada apostando em seus homens de frente, centroavantes de ofício e em Danilinho. Foi premiado com a vitória e com a chance de depender só de seu time para fugir do Z4.



MaisRecentes

São Paulo é o líder em pênaltis cometidos no Brasileirão-2017; Vasco não teve nenhum a favor



Continue Lendo

Campeão da Libertadores, quase metade dos gols do Grêmio no ano foram feitos por pratas da casa



Continue Lendo

Campeões do ano, Corinthians, Grêmio e Cruzeiro têm as melhores defesas da temporada



Continue Lendo