Palmeiras, Vasco e Vitória dominam a Seleção da 37ª Rodada do Brasileirão-2017



Palmeiras, Vasco e Vitória levaram se destacaram na 37ª Rodada do Brasileirão-2017 (Foto: Montagem)

Não é pelo fato de o título já estar decidido que não temos mais campeonato, a rodada do último fim de semana mostrou que  ainda temos muito o que ver na competição. Com vice-campeonato, conquista simbólica do segundo turno, briga por Libertadores e contra o rebaixamento, quase todos os jogos viraram decisões. Palmeiras, Vasco e Vitória venceram suas disputas e dominaram a Seleção da 37ª Rodada do Brasileirão-2017.

O Verdão bateu o Botafogo por 2 a 0 na despedida de Zé Roberto do Allianz Parque como jogador. Além do veterano, dois palmeirenses entraram no selecionado: o volante Felipe Melo e o atacante Keno.

Já o Vasco, que venceu o Cruzeiro por 1 a 0, fora de casa, foi representado por quase todo o seu sistema defensivo: o goleiro Martín Silva, e os zagueiros Paulão e Anderson Martins.

O Vitória, por sua vez, derrotou a Ponte Preta, de virada, por 3 a 2, em jogo que rebaixou a Macaca. Pelo importante resultado, e suas atuações. três personagens entraram na lista de melhores: o meia Danilinho, o atacante Trellez, Craque da Rodada, e o técnico Vágner Mancini.

Completam a Seleção o lateral-direito Maicon, do Avaí, o meia Otero, do Atlético-MG e o atacante André, do Sport.

IMPORTANTE: A Seleção da Rodada, como sempre, é definida de acordo com as notas dadas pela redação do LANCE! durante a cobertura dos jogos do Brasileirão. Entram na lista os jogadores que receberam a melhor avaliação em sua posição.

Confira as notas e os desempenhos de cada integrante da Seleção:

Martín Silva – goleiro – Vasco – 8,0

Fechou o gol com defesas impressionantes diante da artilharia pesado do Cruzeiro no Mineirão. Responsável direto pela manutenção do placar positivo.

Maicon – lateral-direito – Avaí – 7,0

Decisivo como já foi nos bons tempos, foi ao ataque e acertou um belo chute de perna direita para dar a vitória a seu time, que pode fugir do Z4 na última rodada.

Paulão – zagueiro – Vasco – 7,5

Os momentos cruciais são recheados de personagens improváveis, eis um deles. Marcou o gol da vitória vascaína em partida que pode valer a vaga na Copa Libertadores.

Anderson Martins – zagueiro – Vasco – 8,0

Sem dúvidas é o maior personagem da recuperação vascaína. Mais uma vez foi imponente e implacável na zaga para combater o ataque do Cruzeiro no Mineirão.

Zé Roberto – lateral-esquerdo – Palmeiras – 7,0

Em sua despedida dos gramados no Allianz Parque, mostrou vitalidade, senso de posicionamento e transbordou experiência para ajudar o Palmeiras a vencer.

Felipe Melo – volante – Palmeiras – 7,0

Um dos melhores do time no triunfo sobre o Botafogo, muito bem posicionado em situações de ataque e de defesa. Fez grandes lançamentos, incluindo o que originou o gol de Keno.

Danilinho – meia – Vitória – 7,5

Saiu do banco de reservas para ser decisivo na virada sobre a Ponte Preta, fora de casa. Deu assistência para dois dos três gols da vitória: uma para Trellez e outra para André Lima.

Otero – meia – Atlético-MG – 8,0

Em cobrança de falta, marcou mais um golaço na competição. Chute seco, sem chance para Cássio pegar. Além disso, desta vez em cobrança de escanteio, deu assistência para o gol de Fred, após sequência.

André – atacante – Sport – 8,0

De gol em gol, em um dos artilheiros do país na temporada. Fez mais dois contra o Fluminense, os dois da vitória fora de casa importantíssima na luta contra o rebaixamento.

Keno – atacante – Palmeiras – 7,5

Tem sido o melhor jogador do Verdão nesta fase com Alberto Valentim. Com velocidade, foi a melhor alternativa de jogo contra o Botafogo. Deu assistência para o gol de Dudu, que abriu o placar, e depois, em jogada individual, marcou um golaço.

Trellez – atacante – Vitória – 8,5

Após ter sido vítima de um dos lances mais absurdos do campeonato, parece ter despertado de vez para o jogo e marcou dois gols na virada sobre a Ponte Preta, fora de casa. Fundamental no resultado. É o estrangeiros com mais gols no Brasileirão-2017.

Técnico: Vágner Mancini – Vitória – 7,0

Depois de estar perdendo por 2 a 0, viu o adversário ficar com um a menos e foi para cima. Conseguiu a virada apostando em seus homens de frente, centroavantes de ofício e em Danilinho. Foi premiado com a vitória e com a chance de depender só de seu time para fugir do Z4.



MaisRecentes

Venha sem preconceitos, pois precisamos falar da fase de Felipe Melo no Palmeiras



Continue Lendo

No futebol nossa torcida é mais contra ou a favor? Até que ponto a paixão nos cega?



Continue Lendo

Mesmo sem estar com a barriga cheia, Palmeiras parece não ter fome em 2019



Continue Lendo