Palmeiras tem o melhor ataque de 2018, mas ainda não conseguiu convencer



Palmeiras tem o melhor ataque entre os clubes de Série A em 2018, mas ainda deve melhor futebol (Foto: Flickr Palmeiras)

De 2015 para cá não é novidade o Palmeiras começar a temporada como um dos favoritos a levar todos os títulos disputados, criando uma enorme expectativa entre torcedores e analistas, tudo por conta do poderio financeiro do clube e o do investimento em jogadores caros e badalados em cada janela de transferência do período. Mas o fato é que em todo esse tempo, os times não atingiram o nível que era esperado e em 2018 não tem sido muito diferente. Mesmo assim, nesta temporada, alguns números chamam a atenção de forma positiva, principalmente os de ataque, já que o Verdão é o melhor do quesito entre os clubes de Série A em 2018.

Até aqui, os palmeirenses anotaram 72 gols em 42 jogos oficiais, somando Paulistão, Libertadores, Copa do Brasil e Brasileirão. Nenhum outro time da elite do campeonato nacional anotou tantos tentos neste ano. Ceará e Vitória balançaram a rede 71 vezes cada um e estão logo atrás do Alviverde. Apesar da diferença de um gol, o que pesa na análise é a média e a distância para a concorrência cresce.

A média de tentos do Palmeiras em 2018 é de 1,71 por partida, enquanto o segundo colocado, o Vitória, registra média de 1,58 por jogo. Uma distância considerável, uma vez que a diferença entre o vice-líder do ranking para o Atlético-PR, décimo na lista, é de 0,13 gol por duelo, exatamente a mesma do Verdão para seu concorrente mais próximo.

Embora não lidere o quesito, a defesa palmeirense é uma das que menos sofreu gols na temporada, foram apenas 31 em 42 partidas oficiais, o que lhe dá a quinta posição em média (0,74 por jogo) e em números absolutos. O setor defensivo, inclusive, é um dos mais cobrados em relação a reforços e um dos que mais foi reforçado nos últimos tempos, mas poucos novos nomes vingaram na posição, por isso o clube está próximo de acertar a contratação do paraguaio Gustavo Gómez, do Milan, que deve chegar por empréstimo de um ano.

Interessante notar também que a diferença entre gols marcados e gols sofridos pelo Verdão em 2018 é bem grande, tanto é que esse saldo de 41 tentos é o maior entre os clubes de Série A neste momento. Atrás do Palmeiras está o Flamengo, melhor defesa do país até aqui, com 37 gols de saldo. O Paraná, que anotou apenas 24 tentos nesta temporada, tem um saldo negativo de 12 gols.

Apesar de todos esses números que poderiam representar um time dominante no cenário nacional, o que se viu em campo durante quase sete meses de competição foi uma equipe instável, que oscilou em várias oportunidades em que parecia pronta para dar o salto definitivo de qualidade e resultado. Perdeu uma final em casa, foi razoável em clássicos, derrapou no Brasileirão e se distanciou dos líderes, quando poderia estar na liderança com certa folga, e sofreu para eliminar o América-MG na Copa do Brasil.

Sem Roger Machado, que fez um trabalho medíocre para ruim no clube, Felipão e seus auxiliares terão nas mãos um grupo de jogadores que já mostrou ter capacidade de construir resultados, marcar gols e segurar as pontas na defesa, mas que sofre demais para se estabilizar emocionalmente e não sabe usar sua superioridade, em vários aspectos, em relação aos rivais, para conquistar seus objetivos. Resta saber se o novo trabalho do treinador gaúcho no Verdão conseguirá trazer o que faltou nesses últimos anos para dominar efetivamente o cenário nacional, pelo menos dentro de campo.

Confira os rankings citados no texto na galeria abaixo:



MaisRecentes

É possível admirar o estilo Fernando Diniz no São Paulo sem ser um Dinizete fanático



Continue Lendo

Corinthians vai de ‘melhor técnico do Brasil’ ao alto risco de eliminação no Paulista



Continue Lendo

Empolgação ou desonestidade? Estreia no Paulista pareceu rodada da Premier League



Continue Lendo