Palmeiras, São Paulo, Flamengo e Fluminense dominam a Seleção da 24ª Rodada do Brasileirão-2018



Quatro clubes dominaram a Seleção da 24ª Rodada do Brasileirão-2018; Gabigol foi o Craque (Foto: Montagem)

O campeonato embolou de vez. Agora, a diferença entre o primeiro e o quinto colocado (oito pontos) é a mesma do quinto para o sexto, ou seja, o bloco de cima está firme e forte na disputa pelo título restando ainda 14 capítulos para essa história acabar. Um momento de bastante equilíbrio na competição, um fim de semana de clássicos e jogos difíceis deixaram a Seleção da 24ª Rodada do Brasileirão-2018 bem dividida, e quatro clubes se destacaram: Palmeiras, São Paulo, Flamengo e Fluminense.

Desta vez, o Verdão foi o time que mais enviou representantes ao selecionado: o lateral-direito Marcos Rocha, o atacante Deyverson, e o técnico Felipão. Tudo isso após a vitória, com certa facilidade, sobre o rival Corinthians. Apesar do 1 a o, o Alviverde foi muito superior e voltou a firmar sua posição na disputa pela taça.

Já o São Paulo levou dois jogadores a estarem entre os melhores da 24ª Rodada: o meia Nenê e o atacante Diego Souza, ambos foram os responsáveis pelo gol da vitória difícil sobre o Bahia, no Morumbi, um com a assistência e o outro empurrando a bola para ao fundo da rede.

No Maracanã, o Flamengo bateu a Chapecoense por 2 a 0, sem grande brilho, mas também sem dificuldades. Autores dos gols da vitória, o lateral-esquerdo Renê, e o meia Diego, são os flamenguistas presentes na lista.

Também no Maraca, o Fluminense venceu o clássico contra o Botafogo por 1 a 0, graças ao gol de Digão, e ao goleiro Rodolfo, que pegou pênalti para salvar o resultado. Os dois estão no selecionado da 24ª Rodada.

O Craque da 24ª Rodada, porém, saiu do jogo Paraná 0 x 2 Santos. Gabriel, que cresce a cada partida sob o comando de Cuca, marcou os dois gols da vitória do Peixe e foi o melhor entre os dez duelos dessa jornada.

Completam a Seleção o zagueiro Leonardo Silva, do Atlético-MG, e o volante Edenílson, do Internacional.

IMPORTANTE: A Seleção da Rodada, como sempre, é definida de acordo com as notas dadas pela redação do LANCE! durante a cobertura dos jogos do Brasileirão. Entram na lista os jogadores que receberam a melhor avaliação em sua posição.

Técnico: Felipão – Palmeiras – 7,0

Confira as notas e os desempenhos de cada integrante da Seleção da 24ª Rodada:

Rodolfo – goleiro – Fluminense – 7,5

Grande herói da vitória. No seu segundo jogo pelo clube, pegou pênalti decisivo que garantiu os três pontos da equipe no clássico.

Marcos Rocha – lateral-direito – Palmeiras – 7,5

Foi um dos melhores do clássico. Deu assistência primorosa para Deyverson marcar o gol da vitória e foi presença constante no ataque.

Leonardo Silva – zagueiro – Atlético-MG – 7,0

Com seu já conhecido faro de artilheiro, marcou o gol de empate do Galo sobre o Furacão em um belo cabeceio, sem chances para o goleiro.

Digão – zagueiro – Fluminense – 7,5

Outro zagueiro que mostrou seu tino goleador, aproveitou bola sobrando na área para marcar o gol da vitória no clássico contra o Botafogo.

Renê – lateral-esquerdo – Flamengo – 7,0

Em momento complicado do jogo acertou chute colocado de perna direita para abrir o placar para o Flamengo contra a Chapecoense.

Edenílson – volante – Internacional – 7,5

Como se não bastasse sua função essencial como motor do colorado, foi ao ataque para, de cabeça, marcar o gol da vitória no clássico.

Diego – meia – Flamengo – 7,5

Foi o principal jogador do time na vitória sobre a Chape. Deu assistência para Renê e, de pênalti, ampliou o placar e sacramentou o triunfo.

Nenê – meia – São Paulo – 7,5

Mais uma vez, fez a diferença ao lado de Diego Souza. Achou espaço na defesa do Bahia e cruzou precisamente para o companheiro marcar.

Gabriel – atacante – Santos – 7,5 (CRAQUE)

Que fase vive Gabigol! Decidiu outra vez para o Peixe com dois gols sobre o Paraná, fora de casa. É o artilheiro do Brasileirão e o jogador com mais gols no ano entre aqueles que atuam por times de Série A

Diego Souza – atacante – São Paulo – 7,5

Foi um monstro durante toda o jogo, ajudou na defesa, no meio, no ataque e decidiu. Recebeu assistência de Nenê e marcou o gol da vitória.

Deyverson – atacante – Palmeiras – 7,5

Que personagem! Irritou, ganhou disputas, provocou, ajudou na marcação e foi o autor do gol da vitória palmeirense no clássico.

Técnico: Felipão – Palmeiras – 7,0

Escalou o time com oito jogadores, teoricamente, reservas e dominou o clássico contra o Corinthians sem maiores dificuldades. Aposta em Deyverson e em duas equipes desde a sua chegada vem trazendo resultados e pode levar o time ao topo da tabela.



MaisRecentes

Empolgação ou desonestidade? Estreia no Paulista pareceu rodada da Premier League



Continue Lendo

Venha sem preconceitos, pois precisamos falar da fase de Felipe Melo no Palmeiras



Continue Lendo

No futebol nossa torcida é mais contra ou a favor? Até que ponto a paixão nos cega?



Continue Lendo