Palmeiras insiste nos lançamentos, mas Robinho dá a solução para o aperfeiçoamento



Durante a disputa do Brasileirão do ano passado o Palmeiras de Marcelo Oliveira foi muito criticado por fazer uso de chutões para dar início às jogadas de ataque. A bola deixava de passar pelo meio-campo e ser trabalhada com troca de passes. Segundo os dados do Footstats, o Verdão lançou 1753 bolas, 650 tiveram endereço certo, ou seja, 37% do total. Veja no gráfico abaixo:

Gráfico mostra os lançamentos do Palmeiras no BR-15 ( Fonte: Footstats)

Gráfico mostra os lançamentos do Palmeiras no BR-15 ( Fonte: Footstats)

 

No ranking dos times que mais lançaram no Brasileiro de 2015, o Palmeiras só perde para o Vasco, que foi rebaixado. Entre os cinco primeiros, três brigaram na parte de baixo da tabela. Confira na imagem abaixo:

Os cinco times que mais lançaram no BR-15 (Fonte: Footstats)

Os cinco times que mais lançaram no BR-15 (Fonte: Footstats)

Na estreia do Paulistão, o alviverde voltou a mostrar uma certa insistência nos lançamentos. Dessa vez foram 53, o que fez o Palmeiras ser o time que mais lançou na 1ª rodada. Desse total, 21 foram certos (39%), sendo que um deles culminou no segundo gol da vitória sobre o Botafogo. Veja a proporção de erros e acertos no gráfico:

Dados da partida do Palmeiras contra o Botafogo-SP no Paulistão (Fonte: Footstats)

Dados da partida do Palmeiras contra o Botafogo-SP no Paulistão (Fonte: Footstats)

O passe magistral de Robinho para Dudu entrou nessa conta e mostra que a jogada pode sim ser utilizada, desde que executada por jogadores que tenham qualidade para isso. O meia palmeirense lançou dez bolas durante o jogo e acertou 6 delas, 60% de acerto. Enquanto isso, Fernando Prass (9 certos e 17 errados), Leandro Almeida (1 certo e 4 errados ) e Lucas (3 errados) tiveram um percentual de acertos bem abaixo do apresentado pelo armador. Observe na imagem a seguir:

Comparação de acertos dos lançamentos dos palmeirenses (Fonte: Footstats)

Comparação de acertos dos lançamentos dos palmeirenses (Fonte: Footstats)

Dos 53 lançamentos efetuados pela equipe, 39 vieram de jogadores de defesa e apenas 14 provenientes daqueles que jogam do meio para frente. Contra o São Bento, em casa, a tendência é que o passe seja mais qualificado e a bola passe mais pelo meio. Lançar não é errado, desde que a origem não seja aleatória.



MaisRecentes

Empolgação ou desonestidade? Estreia no Paulista pareceu rodada da Premier League



Continue Lendo

Venha sem preconceitos, pois precisamos falar da fase de Felipe Melo no Palmeiras



Continue Lendo

No futebol nossa torcida é mais contra ou a favor? Até que ponto a paixão nos cega?



Continue Lendo