Palmeiras e Santos atropelam e dominam a Seleção da 8ª Rodada do Paulistão-2017



Ganhar um clássico muda o patamar de uma equipe na temporada, e se for de forma contundente, eleva em dobro a confiança. É assim que se pode exemplificar o momento do Palmeiras, que atropelou o São Paulo com vitória por 3 a 0 e pode ter encontrado de vez seu caminho promissor em 2017.

A atuação do Verdão foi tão expressiva que levou cinco representantes para a Seleção da 8ª Rodada do Paulistão. São eles: o lateral-esquerdo Egídio, o volante Thiago Santos, o meia Tchê Tchê e o meia-atacante Dudu, autor de um gol memorável no Allianz Parque. Além deles, o técnico Eduardo Baptista foi o melhor da rodada. (Confira a Seleção completa na galeria acima)

Mas o Palmeiras não reinou sozinho. O Santos, após goleada por 4 a 1 sobre o São Bernardo, teve quatro jogadores entre os melhores do final de semana: o zagueiro David Braz, os meias Vladimir Hernández e Rafael Longuine, e o atacante Bruno Henrique, Craque da Rodada ao anotar três gols na mesma partida.

Completam o selecionado o goleiro Victor Golas, do Linense, o lateral-direito Samuel Santos, do Botafogo-SP e o zagueiro Léo Santos, do Corinthians.

IMPORTANTE: A Seleção da Rodada, como sempre, é definida de acordo com as notas dadas pela redação do LANCE! durante a cobertura dos jogos do campeonato. Entram na lista os jogadores que receberam a melhor avaliação em sua posição.

IMPORTANTE2: O fechamento da Seleção desta rodada não está contando com o resultado do jogo entre Mirassol e Ituano, que ocorre nesta segunda-feira, às 20h.

Confira as notas e os desempenho de cada um dos integrantes:

Victor Golas – goleiro – Linense – 6,5

Garantiu a vitória de seu time com pelo menos três defesas difíceis contra o São Bento.

Samuel Santos – lateral-direito – Botafogo-SP  – 6,5

Sempre presente ao ataque, criou chances de gol para seus companheiros e executou desarmes precisos.

David Braz – zagueiro – Santos – 7,0

Teve início de jogo ruim com a defesa santista, mas corrigiu sua atuação e não errou passes contra o São Bernardo.

Léo Santos – zagueiro – Corinthians – 7,0

Entrou para substituir Balbuena, que saiu machucado, e se mostrou iluminado ao marcar o gol do empate.

Egídio – lateral-esquerdo – Palmeiras – 6,5

Fazia partida de muitos erros, porém se recuperou ao fazer desarme que originou golaço de Dudu e quase marcar de cabeça.

Thiago Santos – volante – Palmeiras – 7,0

Um monstro na marcação, dominou o meio-campo defensivo e foi o jogador que mais desarmou na rodada: 7 vezes.

Tchê Tchê – meia – Palmeiras – 7,5

Sua atuação foi essencial para a vitória palmeirense, conduz a bola por todo o meio-campo e dá opção tanto no ataque quanto na defesa. Marcou golaço, de perna esquerda, em chute de fora da área.

Vladimir Hernández – meia – Santos – 7,5

Grande jogo do colombiano. Muito rápido, não deu chance para a marcação e deu duas assistências para gol do Peixe.

Rafael Longuine – meia – Santos – 8,0

Outro que participou de gols santistas e foi parada difícil para a marcação do Bernô. Ainda balançou a rede para fechar o placar.

Dudu – meia-atacante – Palmeiras – 8,0

Talvez seja o melhor jogador em atividade no momento no país. Marcou um gol antológico, de muito longe, encobrindo o goleiro Denis e abrindo o caminho para o Verdão vencer o Choque-Rei.

Bruno Henrique – atacante – Santos – 8,5 (CRAQUE)

Ainda não havia marcado com a camisa do Peixe após sete jogos, e marcou logo três para acabar com o jejum. Rápido e oportunista, construiu o placar de 4 a 1 quase sozinho. A melhor atuação da rodada.

Técnico: Eduardo Baptista – Palmeiras – 7,5

Sob críticas, foi para mais um clássico precisando buscar o resultado e fez isso com muitos méritos. Impediu que o São Paulo utilizasse suas melhores armas, dominou o meio-campo e deu intensidade ao time que deslanchou, e venceu por 3 a 0.



MaisRecentes

É possível admirar o estilo Fernando Diniz no São Paulo sem ser um Dinizete fanático



Continue Lendo

Corinthians vai de ‘melhor técnico do Brasil’ ao alto risco de eliminação no Paulista



Continue Lendo

Empolgação ou desonestidade? Estreia no Paulista pareceu rodada da Premier League



Continue Lendo