Palmeiras diminui quantidade de lançamentos, mas erros aumentam



Com mais um empate, o Palmeiras acabou decepcionando outra vez o torcedor que esperava ver seu time melhor após tropeço em casa contra o São Bento. O excesso de lançamentos, uma constante que já veio do ano passado, foi analisado neste blog em outro post como uma das causas para o baixo rendimento. Nessa prática o time de Marcelo Oliveira conseguiu diminuir seus números após três rodadas. Confira no gráfico abaixo:

Lançamentos em comparação com as rodadas anteriores do Paulistão

Lançamentos em comparação com as rodadas anteriores do Paulistão (Fonte: Footstats)

Vale lembrar que na primeira rodada, quando atingiu a maior quantidade de lançamentos, o Verdão venceu o Botafogo-SP por 2 a 0 e Robinho havia se destacado pela alta taxa de aproveitamento nesse quesito.

Se o número de lançamentos diminuiu, a porcentagem de acertos acompanhou a queda e isso é um motivo a ser destacado. Em outras palavras, o Palmeiras lançou menos, mas errou mais, como é possível ver na imagem a seguir:

Porcentagem de passes certos e errados do Verdão na competição

Porcentagem de passes certos e errados do Verdão na competição (Fonte: Footstats)

Robinho, como dito anteriormente, se destacou na primeira rodada pela quantidade de acertos, o que fazia dele a melhor opção do time para executar esse tipo de jogada. No entanto, contra o Oeste o meia, que jogou apenas um tempo, aparentemente exagerou na dose e acabou errando muito. Observe no gráfico a seguir a comparação com as rodadas anteriores:

Lançamentos de Robinho nas três primeiras rodadas (Fonte: Footstats)

Lançamentos de Robinho nas três primeiras rodadas (Fonte: Footstats)

Agora, repare na porcentagem de lançamentos errados de Robinho também em comparação com as outras rodadas do Paulistão:

Aproveitamento de Robinho em cada rodada deste Paulistão (Fonte: Footstats)

Aproveitamento de Robinho em cada rodada deste Paulistão (Fonte: Footstats)

Apesar de ter saído no intervalo, os números apresentados por ele ficaram muito abaixo daquilo que ele e sua função costumam oferecer. As estatísticas de passe mostram isso, já que elas ficaram muito aquém do que se espera e de sua média em outras partidas. O que pode significar que a armação da equipe preferiu apostar nos lançamentos do que no toque de bola. Veja os dados:

Quantidade de passes de Robinho em cada rodada deste Paulistão (Fonte: Footstats)

Quantidade de passes de Robinho em cada rodada deste Paulistão (Fonte: Footstats)

 



MaisRecentes

Venha sem preconceitos, pois precisamos falar da fase de Felipe Melo no Palmeiras



Continue Lendo

No futebol nossa torcida é mais contra ou a favor? Até que ponto a paixão nos cega?



Continue Lendo

Mesmo sem estar com a barriga cheia, Palmeiras parece não ter fome em 2019



Continue Lendo