Palmeiras, Cruzeiro, Bahia e Vitória dominam a Seleção da 28ª Rodada do Brasileirão-2017



Parece que o campeonato vai ganhar um pouco mais de emoção nesta reta final de competição, já que o Bahia bateu o Corinthians por 2 a 0 e fez com que a diferença do líder diminuísse um ponto. Agora o Grêmio está nove pontos atrás e tem confronto direto com o Timão na próxima rodada.

A grande vitória do Bahia fez com o time fosse um dos quatro que dominaram a Seleção da 28ª Rodada do Brasileirão-2017. O goleiro Jean e o volante Edson foram os representantes do Tricolor baiano. (Veja lista completa na galeria acima)

O rival Vitória foi outro que se destacou no selecionado, levando quatro personagens. São eles o lateral-direito Caíque Sá, o zagueiro Wallace, o meia-atacante David e o técnico Vágner Mancini. O Rubro-Negro baiano empatou com o Santos no Pacaembu, mas dominou o adversário com propriedade.

Já o Craque da Rodada foi Keno, do Palmeiras, ao dar assistência para os três gols da vitória sobre o Atlético-GO. O Verdão também foi representado pelo atacante Willian entre os melhores.

O Cruzeiro, que fez sua partida na rodada de forma antecipada, levou dois atletas para o selecionado: o zagueiro Manoel e o meia Thiago Neves.

Completam a Seleção o lateral-esquerdo Zeca, do Santos e o meia Cueva, do São Paulo.

IMPORTANTE: A Seleção da Rodada, como sempre, é definida de acordo com as notas dadas pela redação do LANCE! durante a cobertura dos jogos do Brasileirão. Entram na lista os jogadores que receberam a melhor avaliação em sua posição.

Técnico: Vágner Mancini - Vitória - 7,5

Técnico: Vágner Mancini – Vitória – 7,5

Confira as notas e os desempenhos de cada integrante da Seleção:

Jean – goleiro – Bahia – 7,5

Fez pelo menos três grandes defesas em lances capitais que foram determinantes para a vitória sobre o Corinthians, na Fonte Nova.

Caíque Sá – lateral-direito – Vitória – 7,0

Foi uma das principais opções de ataque do time. Deu enorme trabalho para a defesa santista com sua velocidade.

Wallace – zagueiro – Vitória – 7,5

Muito bem posicionado na zaga adversária, subiu mais do que David Braz para marcar o gol de cabeça que chegou a colocar seu time em vantagem  no placar.

Manoel – zagueiro – Cruzeiro – 7,0

Além de grande partida em sua função, foi ao ataque para decidir e marcou o gol da vitória da Raposa sobre a Ponte Preta.

Zeca – lateral-esquerdo – Santos – 7,0

Em partida ruim do Peixe, se destacou pelas suas descidas ao ataque e, principalmente, pela ótima assistência para o gol de Jean Mota.

Edson – volante – Bahia – 6,5

Foi o jogador que mais desarmou na rodada (7 vezes) e dominou completamente o meio-campo defensivo do Tricolor baiano.

Cueva – meia – São Paulo – 8,0

Partidaça do peruano. Decidiu a parada para o Tricolor ao dar duas brilhantes assistências para os gols de Pratto e de Maicosuel.

Thiago Neves – meia – Cruzeiro – 7,5

Mais uma vez foi essencial para uma vitória da Raposa. Marcou o gol de empate e pouco depois deu assistência para Manoel virar.

Keno – atacante – Palmeiras – 8,5 (CRAQUE)

Fantástica apresentação do atacante do Verdão. Inspiradíssimo, deu assistência para os três gols de seu time contra o Atlético-GO e quase marcou o seu em chute colocado de fora da área.

David – meia-atacante – Vitória – 8,0

Uma das revelações do clube, fez uma partida monstruosa contra o Santos. Marcou um belíssimo gol que abriu o placar e ainda criou outras chances infernizando a defesa adversária.

Willian – atacante – Palmeiras – 7,5

Melhor do time na temporada, não decepcionou de novo. Abriu o placar, quase marcou mais duas vezes e ajudou os companheiros em alguns outros lances de perigo.

Técnico: Vágner Mancini – Vitória – 7,5

Impressionante como seu time se impõe jogando fora de casa. Contra o Santos, dominou completamente a partida, praticando bom futebol. Só não venceu pela infelicidade de um gol contra.



MaisRecentes

Venha sem preconceitos, pois precisamos falar da fase de Felipe Melo no Palmeiras



Continue Lendo

No futebol nossa torcida é mais contra ou a favor? Até que ponto a paixão nos cega?



Continue Lendo

Mesmo sem estar com a barriga cheia, Palmeiras parece não ter fome em 2019



Continue Lendo