Palmeiras e Bahia dominam a Seleção da 23ª Rodada do Brasileirão-2018



Willian e Gilberto foram os destaques de Palmeiras e Bahia na Seleção da 23ª Rodada do Brasileirão-2018 (Foto: Montagem/Palmeiras/Bahia)

A distância do líder, Internacional, para o quinto colocado, o Grêmio, é de cinco pontos. Ambos fazem o clássico gaúcho neste domingo, o que dá uma ideia de como está disputada a parte de cima da tabela do campeonato. Sem contar a chegada definitiva do Palmeiras na briga pelo título, ficando apenas três pontos atrás de Inter e São Paulo. Por sua importante vitória, Verdão, ao lado do Bahia, dominaram a Seleção da 23ª Rodada do Brasileirão-2018.

O Alviverde bateu o Atlético-PR, por 2 a 0, no Allianz Parque, em uma partida bastante difícil, que acabou desequilibrada pela atuação de Willian, Craque da 23ª Rodada, e pelo comando de Felipão, o melhor técnico do meio de semana. Além deles, os palmeirenses foram representados pelo lateral-direito Mayke.

Outro destaque da 23ª Rodada foi o Bahia, que venceu o Sport por 2 a 0, na Arena Fonte Nova. O resultado foi conquistado com ótimo desempenho do atacante Gilberto, do volante Gregore e do zagueiro Tiago. Os três estão no selecionado.

A vitória do Ceará por 2 a 1 sobre o Corinthians também rendeu personagens para a lista: o goleiro Everson, que abriu o placar para o triunfo em bela cobrança de falta, e o volante Richadson que fez um partidaço na marcação.

Completam a Seleção o zagueiro Robson Bambu, do Santos, o lateral-esquerdo Carlinhos, do América-MG, o volante Rodrigo Dourado, do Internacional, e o atacante Ricardo Oliveira, do Atlético-MG.

IMPORTANTE: A Seleção da Rodada, como sempre, é definida de acordo com as notas dadas pela redação do LANCE! durante a cobertura dos jogos do Brasileirão. Entram na lista os jogadores que receberam a melhor avaliação em sua posição.

Técnico: Felipão – Palmeiras – 7,0

Confira as notas e os desempenhos de cada integrante da Seleção da 23ª Rodada:

Everson – goleiro – Ceará – 7,5

Em cobrança de falta, marcou um lindo gol, seu primeiro no Brasileirão, para abrir o placar da vitória sobre o Corinthians. Além disso, salvou o time fazendo grande defesa.

Mayke – lateral-direito – Palmeiras – 7,0

Está em ótima fase. Ganhou a posição de titular com Felipão e vem se destacando defensivamente. É difícil ser batido. Ainda desce ao ataque pontualmente, sem desguarnecer a defesa.

Robson Bambu – zagueiro – Santos – 7,0

Aposta de Cuca na zaga, fez outra partida segura e cumpriu seu papel diante de um adversário complicado como foi o Grêmio.

Tiago – zagueiro – Bahia – 7,0

Além de não comprometer defensivamente, mantendo a zaga sem ser vazada na partida, apareceu no ataque e marcou o gol que sacramentou a vitória sobre o Sport.

Carlinhos – lateral-esquerdo – América-MG – 7,0

Abriu o placar no triunfo sobre o Vasco com um belo gol pegando de primeira de fora da área. É uma das armas do time de Adilson Batista.

Richardson – volante – Ceará – 7,0

Grande marcador, jogador mais regular do time cearense. Foi o recordista de desarmes na rodada (seis) e um dos responsáveis pela vitória.

Rodrigo Dourado – volante – Internacional – 7,5

Como se não bastasse o alto nível de atuação no meio-campo do Inter, ele ainda apareceu no ataque para, de cabeça, fazer o segundo gol do time, logo após sofrer o empate contra o Flamengo.

Gregore – volante – Bahia – 7,0

Fez uma jogadaça e deu assistência na cara do gol para Gilberto abrir o placar para a vitória da equipe diante do Sport.

Willian – atacante – Palmeiras – 7,5 (CRAQUE)

Foi o grande nome da vitória palmeirense. Recebeu assistência perfeita de Deyverson e teve muita calma para abrir o placar logo após perder chance incrível. Em seguida retribuiu presente a Deyverson, mas o companheiro não marcou. Ainda teve tempo de sofrer pênalti no fim.

Gilberto – atacante – Bahia – 7,5

Outro que teve atuação acima da média na rodada. Marcou o gol que abriu o placar, depois de grande jogada de Gregore. Teve tempo ainda de construir lance individual que culminou no segundo tento do Bahia.

Ricardo Oliveira – atacante – Atlético-MG – 7,5

Na véspera do jogo, convocou a torcida atleticana para comparecer ao estádio e foi atendido por um Horto que pulsou com o time. Além disso, deu tudo dentro de campo, participando do gol da vitória.

Técnico: Felipão – Palmeiras – 7,0

Definitivamente, mudou a cara e mostrou ser o que o time precisava há muito tempo. Dentro de sua administração do elenco, colocou em campo um time competitivo, que bateu um adversário difícil e ainda colocou em campo jogador que teve participação direta no primeiro gol.



MaisRecentes

Venha sem preconceitos, pois precisamos falar da fase de Felipe Melo no Palmeiras



Continue Lendo

No futebol nossa torcida é mais contra ou a favor? Até que ponto a paixão nos cega?



Continue Lendo

Mesmo sem estar com a barriga cheia, Palmeiras parece não ter fome em 2019



Continue Lendo