Palmeiras e Bahia dominam a Seleção da 23ª Rodada do Brasileirão-2018



Willian e Gilberto foram os destaques de Palmeiras e Bahia na Seleção da 23ª Rodada do Brasileirão-2018 (Foto: Montagem/Palmeiras/Bahia)

A distância do líder, Internacional, para o quinto colocado, o Grêmio, é de cinco pontos. Ambos fazem o clássico gaúcho neste domingo, o que dá uma ideia de como está disputada a parte de cima da tabela do campeonato. Sem contar a chegada definitiva do Palmeiras na briga pelo título, ficando apenas três pontos atrás de Inter e São Paulo. Por sua importante vitória, Verdão, ao lado do Bahia, dominaram a Seleção da 23ª Rodada do Brasileirão-2018.

O Alviverde bateu o Atlético-PR, por 2 a 0, no Allianz Parque, em uma partida bastante difícil, que acabou desequilibrada pela atuação de Willian, Craque da 23ª Rodada, e pelo comando de Felipão, o melhor técnico do meio de semana. Além deles, os palmeirenses foram representados pelo lateral-direito Mayke.

Outro destaque da 23ª Rodada foi o Bahia, que venceu o Sport por 2 a 0, na Arena Fonte Nova. O resultado foi conquistado com ótimo desempenho do atacante Gilberto, do volante Gregore e do zagueiro Tiago. Os três estão no selecionado.

A vitória do Ceará por 2 a 1 sobre o Corinthians também rendeu personagens para a lista: o goleiro Everson, que abriu o placar para o triunfo em bela cobrança de falta, e o volante Richadson que fez um partidaço na marcação.

Completam a Seleção o zagueiro Robson Bambu, do Santos, o lateral-esquerdo Carlinhos, do América-MG, o volante Rodrigo Dourado, do Internacional, e o atacante Ricardo Oliveira, do Atlético-MG.

IMPORTANTE: A Seleção da Rodada, como sempre, é definida de acordo com as notas dadas pela redação do LANCE! durante a cobertura dos jogos do Brasileirão. Entram na lista os jogadores que receberam a melhor avaliação em sua posição.

Técnico: Felipão – Palmeiras – 7,0

Confira as notas e os desempenhos de cada integrante da Seleção da 23ª Rodada:

Everson – goleiro – Ceará – 7,5

Em cobrança de falta, marcou um lindo gol, seu primeiro no Brasileirão, para abrir o placar da vitória sobre o Corinthians. Além disso, salvou o time fazendo grande defesa.

Mayke – lateral-direito – Palmeiras – 7,0

Está em ótima fase. Ganhou a posição de titular com Felipão e vem se destacando defensivamente. É difícil ser batido. Ainda desce ao ataque pontualmente, sem desguarnecer a defesa.

Robson Bambu – zagueiro – Santos – 7,0

Aposta de Cuca na zaga, fez outra partida segura e cumpriu seu papel diante de um adversário complicado como foi o Grêmio.

Tiago – zagueiro – Bahia – 7,0

Além de não comprometer defensivamente, mantendo a zaga sem ser vazada na partida, apareceu no ataque e marcou o gol que sacramentou a vitória sobre o Sport.

Carlinhos – lateral-esquerdo – América-MG – 7,0

Abriu o placar no triunfo sobre o Vasco com um belo gol pegando de primeira de fora da área. É uma das armas do time de Adilson Batista.

Richardson – volante – Ceará – 7,0

Grande marcador, jogador mais regular do time cearense. Foi o recordista de desarmes na rodada (seis) e um dos responsáveis pela vitória.

Rodrigo Dourado – volante – Internacional – 7,5

Como se não bastasse o alto nível de atuação no meio-campo do Inter, ele ainda apareceu no ataque para, de cabeça, fazer o segundo gol do time, logo após sofrer o empate contra o Flamengo.

Gregore – volante – Bahia – 7,0

Fez uma jogadaça e deu assistência na cara do gol para Gilberto abrir o placar para a vitória da equipe diante do Sport.

Willian – atacante – Palmeiras – 7,5 (CRAQUE)

Foi o grande nome da vitória palmeirense. Recebeu assistência perfeita de Deyverson e teve muita calma para abrir o placar logo após perder chance incrível. Em seguida retribuiu presente a Deyverson, mas o companheiro não marcou. Ainda teve tempo de sofrer pênalti no fim.

Gilberto – atacante – Bahia – 7,5

Outro que teve atuação acima da média na rodada. Marcou o gol que abriu o placar, depois de grande jogada de Gregore. Teve tempo ainda de construir lance individual que culminou no segundo tento do Bahia.

Ricardo Oliveira – atacante – Atlético-MG – 7,5

Na véspera do jogo, convocou a torcida atleticana para comparecer ao estádio e foi atendido por um Horto que pulsou com o time. Além disso, deu tudo dentro de campo, participando do gol da vitória.

Técnico: Felipão – Palmeiras – 7,0

Definitivamente, mudou a cara e mostrou ser o que o time precisava há muito tempo. Dentro de sua administração do elenco, colocou em campo um time competitivo, que bateu um adversário difícil e ainda colocou em campo jogador que teve participação direta no primeiro gol.



MaisRecentes

Fair play financeiro? Palmeiras domina arrecadação do Brasileirão-2018



Continue Lendo

Palmeiras e Rojas fecham Brasileirão no topo da lista de amarelos por reclamação



Continue Lendo

No Brasileirão-2018, 67% dos jogos no Rio de Janeiro tiveram prejuízo com bilheteria



Continue Lendo