Palmeiras e Atlético-PR dominam a Seleção da 19ª Rodada do Brasileirão-2018



Palmeiras de Deyverson e Atlético-PR de Raphael Veiga dominaram a Seleção da 19ª Rodada (Foto: Montagem/Ag. Palmeiras/AGB)

Chegou ao fim a primeira metade do Campeonato Brasileiro com o São Paulo como o principal destaque da competição. Líder, melhor ataque, time mais eficiente, entre outras coisas, o Tricolor ficou com o Troféu Osmar Santos, título simbólico do primeiro turno, oferecido pelo LANCE!. No entanto não foi o time que mais se destacou no último fim de semana, já que Atlético-PR e Palmeiras brilharam mais e dominaram a Seleção da 19ª Rodada do Brasileirão-2018.

Sob o comando de Deyverson, Craque da 19ª Rodada, com dois gols, o Verdão venceu o Vitória por 3 a 0, fora de casa, e levou, além do centroavante, o meia-atacante Dudu, e o lateral-direito Marcos Rocha. Os três responsáveis diretos pela construção do placar, que poderia ter sido ainda mais elástico.

Enquanto isso, o Atlético-PR precisou de apenas vinte minutos para vencer o Flamengo, na Arena Baixada, por 3 a 0. Graças ao técnico Tiago Nunes, o melhor da 19ª Rodada, o Furacão definiu o jogo rapidamente e contou com boas atuações do goleiro Santos e do meia Raphael Veiga, ambos presentes no selecionado.

Outro que venceu fora de casa foi o Atlético-MG. O placar de 3 a 0 sobre o Botafogo teve grande influência do meia-atacante Chará e do volante Matheus Galdezani, representantes do Galo entre os melhores da rodada.

Completam a lista os zagueiros Arboleda, do São Paulo, e Kannemann, do Grêmio, o lateral-esquerdo Dodô, do Santos, e o meio-campista Patrick, do Internacional.

IMPORTANTE: A Seleção da Rodada, como sempre, é definida de acordo com as notas dadas pela redação do LANCE! durante a cobertura dos jogos do Brasileirão. Entram na lista os jogadores que receberam a melhor avaliação em sua posição.

Técnico: Tiago Nunes – Atlético-PR – 7,5

Confira as notas e os desempenhos de cada integrante da Seleção da 19ª Rodada:

Santos – goleiro – Atlético-PR – 7,0

Mesmo com grande vantagem no placar, fez pelo menos duas grandes defesas que ajudaram a sacramentar a vitória do Furacão.

Marcos Rocha – lateral-direito – Palmeiras – 7,0

Voltou a jogar e já fez uma grande partida. Além de aparecer muito bem no ataque e quase marcar, deu passe para Deyverson abrir o placar.

Arboleda – zagueiro – São Paulo – 7,5

Impecável. Ganhou praticamente todas as disputadas por cima e por baixo contra o ataque da Chape. Vive grande fase na zaga tricolor.

Kannemann – zagueiro – Grêmio – 7,0

Que baita zagueiro! Fez uma partidaça contra o Corinthians. Desarmou seis vezes e não deu chances aos atacantes adversários.

Dodô – lateral-esquerdo – Santos – 7,0

Consciência tática para defender no primeiro tempo e subindo com precisão para ajudar na frente. Muita regularidade na função.

Matheus Galdezani – volante – Atlético-MG – 7,0

Deu uma precisa assistência para Luan abrir o placar contra o Botafogo e ainda criou outras chances para os companheiros finalizarem.

Patrick – volante – Internacional – 7,0

É o motor do meio-campo do Colorado. Ataca e defende com muita intensidade, além de ser o desafogo driblando em velocidade.

Chará – meia-atacante – Atlético-MG – 7,5

Grande partida do colombiano, que deu assistência para Cazares marcar um gol e ainda foi o principal articulador de jogadas da equipe.

Raphael Veiga – meia – Atlético-PR – 7,5

Foi o melhor da vitória por 3 a 0 sobre o Flamengo, na Arena da Baixada, com um gol marcado e assistência para Pablo abrir o placar.

Dudu – meia-atacante – Palmeiras – 8,0

Participou dos três gols da vitória palmeirense. Lançou Marcos Rocha no lance do primeiro, cobrou escanteio para Deyverson no segundo e foi o autor do terceiro em lindo lance individual após passe de Lucas Lima.

Deyverson – atacante – Palmeiras – 8,0 (CRAQUE)

Vive, definitivamente, a sua melhor fase no clube. Prestigiado com Felipão, marcou dois gols contra o Vitória: um em chute de primeira de fora da área e outra em belo cabeceio após escanteio cobrado por Dudu. Renasceu.

Técnico: Tiago Nunes – Atlético-PR – 7,5

Deu uma outra cara ao Furacão após a saída de Fernando Diniz. Time é bem mais equilibrado, compacto e explora a dinâmica de seus atacantes. Foi assim que bateu o Flamengo em 20 minutos e conquistou uma grande vitória.



MaisRecentes

Botafogo vence clássico e domina a Seleção da 33ª Rodada do Brasileirão-2018



Continue Lendo

Atlético-PR é o terceiro clube de Série A a bater a marca de 100 gols na temporada



Continue Lendo

Neymar lidera artilharia brasileira na elite europeia, mas vantagem diminui; veja rankings



Continue Lendo