Palmeiras e Atlético-PR dominam a Seleção da 19ª Rodada do Brasileirão-2018



Palmeiras de Deyverson e Atlético-PR de Raphael Veiga dominaram a Seleção da 19ª Rodada (Foto: Montagem/Ag. Palmeiras/AGB)

Chegou ao fim a primeira metade do Campeonato Brasileiro com o São Paulo como o principal destaque da competição. Líder, melhor ataque, time mais eficiente, entre outras coisas, o Tricolor ficou com o Troféu Osmar Santos, título simbólico do primeiro turno, oferecido pelo LANCE!. No entanto não foi o time que mais se destacou no último fim de semana, já que Atlético-PR e Palmeiras brilharam mais e dominaram a Seleção da 19ª Rodada do Brasileirão-2018.

Sob o comando de Deyverson, Craque da 19ª Rodada, com dois gols, o Verdão venceu o Vitória por 3 a 0, fora de casa, e levou, além do centroavante, o meia-atacante Dudu, e o lateral-direito Marcos Rocha. Os três responsáveis diretos pela construção do placar, que poderia ter sido ainda mais elástico.

Enquanto isso, o Atlético-PR precisou de apenas vinte minutos para vencer o Flamengo, na Arena Baixada, por 3 a 0. Graças ao técnico Tiago Nunes, o melhor da 19ª Rodada, o Furacão definiu o jogo rapidamente e contou com boas atuações do goleiro Santos e do meia Raphael Veiga, ambos presentes no selecionado.

Outro que venceu fora de casa foi o Atlético-MG. O placar de 3 a 0 sobre o Botafogo teve grande influência do meia-atacante Chará e do volante Matheus Galdezani, representantes do Galo entre os melhores da rodada.

Completam a lista os zagueiros Arboleda, do São Paulo, e Kannemann, do Grêmio, o lateral-esquerdo Dodô, do Santos, e o meio-campista Patrick, do Internacional.

IMPORTANTE: A Seleção da Rodada, como sempre, é definida de acordo com as notas dadas pela redação do LANCE! durante a cobertura dos jogos do Brasileirão. Entram na lista os jogadores que receberam a melhor avaliação em sua posição.

Técnico: Tiago Nunes – Atlético-PR – 7,5

Confira as notas e os desempenhos de cada integrante da Seleção da 19ª Rodada:

Santos – goleiro – Atlético-PR – 7,0

Mesmo com grande vantagem no placar, fez pelo menos duas grandes defesas que ajudaram a sacramentar a vitória do Furacão.

Marcos Rocha – lateral-direito – Palmeiras – 7,0

Voltou a jogar e já fez uma grande partida. Além de aparecer muito bem no ataque e quase marcar, deu passe para Deyverson abrir o placar.

Arboleda – zagueiro – São Paulo – 7,5

Impecável. Ganhou praticamente todas as disputadas por cima e por baixo contra o ataque da Chape. Vive grande fase na zaga tricolor.

Kannemann – zagueiro – Grêmio – 7,0

Que baita zagueiro! Fez uma partidaça contra o Corinthians. Desarmou seis vezes e não deu chances aos atacantes adversários.

Dodô – lateral-esquerdo – Santos – 7,0

Consciência tática para defender no primeiro tempo e subindo com precisão para ajudar na frente. Muita regularidade na função.

Matheus Galdezani – volante – Atlético-MG – 7,0

Deu uma precisa assistência para Luan abrir o placar contra o Botafogo e ainda criou outras chances para os companheiros finalizarem.

Patrick – volante – Internacional – 7,0

É o motor do meio-campo do Colorado. Ataca e defende com muita intensidade, além de ser o desafogo driblando em velocidade.

Chará – meia-atacante – Atlético-MG – 7,5

Grande partida do colombiano, que deu assistência para Cazares marcar um gol e ainda foi o principal articulador de jogadas da equipe.

Raphael Veiga – meia – Atlético-PR – 7,5

Foi o melhor da vitória por 3 a 0 sobre o Flamengo, na Arena da Baixada, com um gol marcado e assistência para Pablo abrir o placar.

Dudu – meia-atacante – Palmeiras – 8,0

Participou dos três gols da vitória palmeirense. Lançou Marcos Rocha no lance do primeiro, cobrou escanteio para Deyverson no segundo e foi o autor do terceiro em lindo lance individual após passe de Lucas Lima.

Deyverson – atacante – Palmeiras – 8,0 (CRAQUE)

Vive, definitivamente, a sua melhor fase no clube. Prestigiado com Felipão, marcou dois gols contra o Vitória: um em chute de primeira de fora da área e outra em belo cabeceio após escanteio cobrado por Dudu. Renasceu.

Técnico: Tiago Nunes – Atlético-PR – 7,5

Deu uma outra cara ao Furacão após a saída de Fernando Diniz. Time é bem mais equilibrado, compacto e explora a dinâmica de seus atacantes. Foi assim que bateu o Flamengo em 20 minutos e conquistou uma grande vitória.



MaisRecentes

É possível admirar o estilo Fernando Diniz no São Paulo sem ser um Dinizete fanático



Continue Lendo

Corinthians vai de ‘melhor técnico do Brasil’ ao alto risco de eliminação no Paulista



Continue Lendo

Empolgação ou desonestidade? Estreia no Paulista pareceu rodada da Premier League



Continue Lendo