Palmeiras arrecada mais com bilheteria no Brasileirão do que toda a Série B



Palmeiras lidera ranking de arrecadação na Série A e fatura mais do que toda a Série B (Foto: Cesar Greco/Palmeiras)

Se o Palmeiras tem uma vantagem considerável em relação aos concorrentes da Série A em termos de bilheteria, imagine então a comparação com os clubes da Série B do Brasileirão. Não é exagero dizer que a distância é ainda maior, até porque os números mostram isso. O Verdão não só supera todos os clubes da segunda divisão, como também tem uma renda bruta total maior do que a soma da arrecadação das 20 agremiações, sendo o único da elite do futebol brasileiro a ter esse status.

Até o momento, restando uma partida em casa que deve render mais alguns milhões ao clube, o Palmeiras faturou R$ 33.670.935,82 em arrecadação bruta nos seus 18 jogos como mandante no Campeonato Brasileiro. Somando a renda bruta dos 20 clubes da Série B, ou seja, dos 380 duelos da competição, o resultado é de R$ 30.469.654,00, mais de R$ 3 milhões menor do que o apresentado pelo Alviverde.

Para se ter uma ideia, o clube que mais arrecadou com bilheteria na segunda divisão foi o campeão Fortaleza, que em seus 19 jogos em casa acumulou R$ 7.866.920,00. Isso representa um valor quatro vezes menor do que o campeão da Série A, que arrecada quase R$ 1,9 milhão em cada partida com mandante, bem diferente dos R$ 414 mil por cada mando dos cearenses.

No momento, o vice-líder do ranking na Série A é o Corinthians, com quase R$ 25,4 milhões arrecadados em 19 jogos, porém o Flamengo, que vem na terceira colocação com R$ 24,6 milhões, ainda terá uma partida em casa na última rodada que deverá torná-lo o segundo colocado nesse quesito. A quarta posição ficou com o São Paulo, que acumulou R$ 23,1 milhões ao longo do campeonato. Verdão, Timão, Fla e Tricolor são os únicos quatro clubes que bateram a marca de R$ 20 milhões nesta edição do Brasileirão.

Na Série B, coincidentemente ou não, as quatro melhores rendas brutas da competição são dos quatro clubes que garantiram acesso para a primeira divisão: Fortaleza, CSA, Avaí e Goiás. Pelos valores arrecadados nenhum deles chega perto daqueles que tiveram as maiores bilheterias da Série A, mas os cearenses, por exemplo, tiveram uma arrecadação melhor do que Cruzeiro, Santos, Atlético-MG, Atlético-PR e Botafogo. A agremiação carioca, inclusive, é superada pelo CSA por uma diferença de R$ 74,50.

Confira os rankings citados acima na galeria abaixo:



MaisRecentes

Fair play financeiro? Palmeiras domina arrecadação do Brasileirão-2018



Continue Lendo

Palmeiras e Rojas fecham Brasileirão no topo da lista de amarelos por reclamação



Continue Lendo

No Brasileirão-2018, 67% dos jogos no Rio de Janeiro tiveram prejuízo com bilheteria



Continue Lendo