Nos últimos dez Brasileiros, apenas quatro campeões ‘relaxaram’ faltando cinco rodadas



Com 11 pontos de vantagem na 33ª Rodada, o Corinthians de 2015 pôde tirar o pé do acelerador no fim (Foto: Ari Ferreira/Lancepress!)

Com 11 pontos de vantagem na 33ª Rodada, o Corinthians de 2015 pôde tirar o pé do acelerador no fim (Foto: Ari Ferreira/Lancepress!)

Desde 2006, quando o Brasileirão passou a ser disputado por 20 clubes, quatro edições chegaram à 34ª Rodada com o campeão praticamente definido (2007, 2012, 2013 e 2015). Nas outras seis, o campeão só consolidou seu título nas cinco últimas rodadas, a exemplo do que vai acontecer em 2016. Para se ter uma ideia do esforço que será necessário fazer, dos times que levaram a taça de maneira mais apertada, nenhum deles perdeu nas rodadas finais.

Algumas equipes como o São Paulo de 2007, o Fluminense de 2012, o Cruzeiro de 2013 e o Corinthians de 2015, fizeram uma campanha tão superior aos companheiros que chegaram na reta final com vantagens irreversíveis. Até pelo relaxamento natural, o aproveitamento desses times não foi dos melhores nos últimos cinco jogos da competição. Veja a lista:

São Paulo (2007)
Vantagem faltando cinco rodadas: 15 pontos
Vantagem na última rodada: 15 pontos
Campeão na: 34ª Rodada
Retrospecto: 2 vitórias, 1 empate e 2 derrotas – 46,7%

Fluminense (2012)
Vantagem faltando cinco rodadas: 8 pontos
Vantagem na última rodada: 5 pontos
Campeão na: 36ª Rodada
Retrospecto: 1 vitória, 2 empates e 2 derrotas – 33,3%

Cruzeiro (2013)
Vantagem faltando cinco rodadas: 13 pontos
Vantagem na última rodada: 11 pontos
Campeão na: 34ª Rodada
Retrospecto: 1 vitória, 2 empates e 2 derrotas – 33,3%

Corinthians (2015)
Vantagem faltando cinco rodadas: 11 pontos
Vantagem na última rodada: 12 pontos
Campeão na: 35ª Rodada
Retrospecto: 2 vitórias, 2 empates e 1 derrota – 53,3%

Nas outras edições, porém, a situação do campeão não estava tão confortável na 33ª rodada. Em 2009, por exemplo, o Flamengo estava quatro pontos atrás do líder, já o Corinthians, em 2011, estava empatado em pontos na primeira posição. O São Paulo de 2008 e o Fluminense de 2010, tinham apenas um ponto de margem na liderança. O São
Paulo de 2006 e o Cruzeiro de 2014 tinham os mesmo cinco pontos de vantagem que o Palmeiras ostenta atualmente e acabaram decidindo o campeonato com duas rodadas de antecedência. Confira a lista:

São Paulo (2006)
Vantagem faltando cinco rodadas: 5 pontos
Vantagem na última rodada: 9 pontos
Campeão na: 36ª Rodada
Retrospecto: 3 vitórias e 2 empates – 73,3%

São Paulo (2008)
Vantagem faltando cinco rodadas: 1 ponto
Vantagem na última rodada: 3 pontos
Campeão na: 38ª Rodada
Retrospecto: 4 vitórias e 1 empate – 86,7%

Flamengo (2009)
Distância para o líder faltando cinco rodadas: 4 pontos
Vantagem na última rodada: 2 pontos
Campeão na: 38ª Rodada
Retrospecto nos últimos 5 jogos: 4 vitórias e 1 empates – 86,7%

Fluminense (2010)
Vantagem faltando cinco rodadas: 1 ponto
Vantagem na última rodada: 2 pontos
Campeão na: 38ª Rodada
Retrospecto: 4 vitórias e 1 empate – 86,7%

Corinthians (2011)
Vantagem faltando cinco rodadas: 0 ponto
Vantagem na última rodada: 2 pontos
Campeão na: 38ª Rodada
Retrospecto: 4 vitórias e 1 empate – 86,7%

Cruzeiro (2014)
Vantagem faltando cinco rodadas: 5 pontos
Vantagem na última rodada: 10 pontos
Campeão na: 36ª Rodada
Retrospecto: 4 vitórias e 1 empate – 86,7%



MaisRecentes

FPF fatura mais de R$ 3 milhões com bilheteria, sendo quase R$ 1 milhão com jogos do Palmeiras



Continue Lendo

Sem alternativas contra a Ponte, Palmeiras bate recorde de cruzamentos e passes errados



Continue Lendo

Em três meses, São Paulo já marcou metade dos gols que anotou na temporada passada



Continue Lendo