Nos últimos dez Brasileiros, apenas quatro campeões ‘relaxaram’ faltando cinco rodadas



Com 11 pontos de vantagem na 33ª Rodada, o Corinthians de 2015 pôde tirar o pé do acelerador no fim (Foto: Ari Ferreira/Lancepress!)

Com 11 pontos de vantagem na 33ª Rodada, o Corinthians de 2015 pôde tirar o pé do acelerador no fim (Foto: Ari Ferreira/Lancepress!)

Desde 2006, quando o Brasileirão passou a ser disputado por 20 clubes, quatro edições chegaram à 34ª Rodada com o campeão praticamente definido (2007, 2012, 2013 e 2015). Nas outras seis, o campeão só consolidou seu título nas cinco últimas rodadas, a exemplo do que vai acontecer em 2016. Para se ter uma ideia do esforço que será necessário fazer, dos times que levaram a taça de maneira mais apertada, nenhum deles perdeu nas rodadas finais.

Algumas equipes como o São Paulo de 2007, o Fluminense de 2012, o Cruzeiro de 2013 e o Corinthians de 2015, fizeram uma campanha tão superior aos companheiros que chegaram na reta final com vantagens irreversíveis. Até pelo relaxamento natural, o aproveitamento desses times não foi dos melhores nos últimos cinco jogos da competição. Veja a lista:

São Paulo (2007)
Vantagem faltando cinco rodadas: 15 pontos
Vantagem na última rodada: 15 pontos
Campeão na: 34ª Rodada
Retrospecto: 2 vitórias, 1 empate e 2 derrotas – 46,7%

Fluminense (2012)
Vantagem faltando cinco rodadas: 8 pontos
Vantagem na última rodada: 5 pontos
Campeão na: 36ª Rodada
Retrospecto: 1 vitória, 2 empates e 2 derrotas – 33,3%

Cruzeiro (2013)
Vantagem faltando cinco rodadas: 13 pontos
Vantagem na última rodada: 11 pontos
Campeão na: 34ª Rodada
Retrospecto: 1 vitória, 2 empates e 2 derrotas – 33,3%

Corinthians (2015)
Vantagem faltando cinco rodadas: 11 pontos
Vantagem na última rodada: 12 pontos
Campeão na: 35ª Rodada
Retrospecto: 2 vitórias, 2 empates e 1 derrota – 53,3%

Nas outras edições, porém, a situação do campeão não estava tão confortável na 33ª rodada. Em 2009, por exemplo, o Flamengo estava quatro pontos atrás do líder, já o Corinthians, em 2011, estava empatado em pontos na primeira posição. O São Paulo de 2008 e o Fluminense de 2010, tinham apenas um ponto de margem na liderança. O São
Paulo de 2006 e o Cruzeiro de 2014 tinham os mesmo cinco pontos de vantagem que o Palmeiras ostenta atualmente e acabaram decidindo o campeonato com duas rodadas de antecedência. Confira a lista:

São Paulo (2006)
Vantagem faltando cinco rodadas: 5 pontos
Vantagem na última rodada: 9 pontos
Campeão na: 36ª Rodada
Retrospecto: 3 vitórias e 2 empates – 73,3%

São Paulo (2008)
Vantagem faltando cinco rodadas: 1 ponto
Vantagem na última rodada: 3 pontos
Campeão na: 38ª Rodada
Retrospecto: 4 vitórias e 1 empate – 86,7%

Flamengo (2009)
Distância para o líder faltando cinco rodadas: 4 pontos
Vantagem na última rodada: 2 pontos
Campeão na: 38ª Rodada
Retrospecto nos últimos 5 jogos: 4 vitórias e 1 empates – 86,7%

Fluminense (2010)
Vantagem faltando cinco rodadas: 1 ponto
Vantagem na última rodada: 2 pontos
Campeão na: 38ª Rodada
Retrospecto: 4 vitórias e 1 empate – 86,7%

Corinthians (2011)
Vantagem faltando cinco rodadas: 0 ponto
Vantagem na última rodada: 2 pontos
Campeão na: 38ª Rodada
Retrospecto: 4 vitórias e 1 empate – 86,7%

Cruzeiro (2014)
Vantagem faltando cinco rodadas: 5 pontos
Vantagem na última rodada: 10 pontos
Campeão na: 36ª Rodada
Retrospecto: 4 vitórias e 1 empate – 86,7%



MaisRecentes

Vinicius Junior é o Craque e Vitória se destaca na Seleção da 21ª Rodada do Brasileirão-2017



Continue Lendo

No Brasileirão, Corinthians se dá melhor quando não tem vantagem na posse de bola



Continue Lendo

Aproveitamento do Corinthians na temporada 2017 seria Top 10 na elite da Europa



Continue Lendo