No Brasileirão, Botafogo usou 98% de sua bilheteria para arcar com as despesas de jogos



Os clubes cariocas sofreram durante o Brasileirão-2016 por não terem uma “casa” para jogar em boa parte da competição. A solução foi sair do estado e encontrar uma alternativa. Fluminense se fixou no Giulite Coutinho e o Botafogo no Luso-Brasileiro, chamado de Arena Botafogo. Já o Flamengo viveu de forma itinerante até poder contar com o Maracanã.

No entanto os prejuízos não vieram apenas dentro de campo, a parte financeira também foi afetada, basta olhar para os números de renda líquida de Flu e Bota para ver o estrago causado. Juntos, tiveram 82% de suas rendas comprometidas com o pagamento das despesas de seus jogos como mandante.

Se esse número já é expressivo na combinação dos dois times, isoladamente os dados chamam mais a atenção. O Botafogo usou 98% do que arrecadou com bilheteria para arcar com as despesas de seus jogos em “casa”, ou seja, teve apenas 2% de lucro, equivalente a pouco mais de R$ 70 mil em 19 partidas. Veja no quadro:

Despesas com os jogos de Botafogo e Fluminense como mandantes, representaram mais de 80% de suas bilheterias no Brasileirão-2016

Despesas com os jogos de Botafogo e Fluminense como mandantes representaram mais de 80% de suas bilheterias no Brasileirão-2016

O Fluminense, por sua vez, teve 70% de seu faturamento total nos jogos como mandante destinados ao pagamento de despesas das partidas. Dos mais de R$ 5 milhões arrecadados, ficou com apenas R$ 1,5 milhão.

Enquanto isso, o Flamengo teve a situação mais tranquila. Suas despesas com as partidas representaram quase 47% de sua renda bruta, a terceira maior do campeonato. O cenário é mais confortável também pelo fato de o Rubro-negro cobrar um ingresso médio mais caro dos que os rivais do estado. Confira os números na galeria abaixo:

 

 



  • Alberto Siqueira

    Resumindo, juntando os outros 3 não chegam nem perto do Flamengo

    • Baré Fogo

      Isso é para ver como incompetente são os dirigentes do time da molambada. Nem mesmo nadando no dinheiro e ainda contando com ajudas extra-campo não ganharam p…. nenhuma.

      • Alberto Siqueira

        É que ainda estamos semeando, se vc já está achando que estamos nadando em dinheiro, imagine quando estivermos colhendo os frutos, e outra, o Mengão ruma para ter a hegemonia no continente, até pq ser melhor do rio com esses 3 aí é fácil, se os dirigentes do Flamengo são incompetentes, o que dizer dos dirigentes do seu time, um nanico comparado ao Mengão. SRN

        • Baré Fogo

          Quando falo em nadar em dinheiro, é fácil perceber que se trata de uma figura de linguagem, onde o faturamento do seu time é absurdamente superior ao do Botafogo. E isso acontece, não porque o “framengo” é isso ou aquilo e sim porque nossa sociedade é mercantilista e enxerga na quantidade de pessoas (muitas deles torcedores nominais que não sabem nem aonde fica a Gávea ou sabe um nome de jogador sequer do time) oportunidade de faturamento.
          Quanto a ser nanico ou pseudo grande, você não deve ser nenhum adolescente e, portanto, já deve estar cansado de ouvir uma regrinha básica sobre discussões estéreis sobre preferências políticas, religiosas e futebolísticas. Assim sendo, o que para você é nanico, para mim é seleto. Se para você quantidades de títulos é o que vale, para mim, vale muito mais a qualidade deles. Lembro que seu time conseguiu a façanha de ser campeão de um mesmo campeonato duas vezes no mesmo ano. Tem título carioca computado não para o Botafogo, que aconteceu até WO em algumas partidas e os times disputaram a maioria delas com o time reserva. Mas está lá nas estatísticas mais um título para o time que nem me lembro qual foi. Esses exemplos servem apenas para ilustrar alguns valores que norteiam a opção por um time ou outro. Não será a sua opinião ou a de quem qualquer que irá mudar as relações de cada um com seu clube de coração. Agora o que eu mais uma vez acho instigante é entender o que explica um torcedor de outro time viver bisbilhotando notícias e opiniões de botafoguenses. Será falta de assunto ou nível aceitável de argumentação da sua torcida?

          • Alberto Siqueira

            Bisbilhotando? Será que vc não viu que a reportagem fala sobre o Flamengo? E outra, vc quem comentou sobre o que falei, não foi o contrário. SRN

MaisRecentes

FPF fatura mais de R$ 3 milhões com bilheteria, sendo quase R$ 1 milhão com jogos do Palmeiras



Continue Lendo

Sem alternativas contra a Ponte, Palmeiras bate recorde de cruzamentos e passes errados



Continue Lendo

Em três meses, São Paulo já marcou metade dos gols que anotou na temporada passada



Continue Lendo