Lucas Lima é o craque e Tite é o técnico da Seleção da Primeira Fase do Paulistão 2016



Confira a Seleção da 1ª Fase do Paulistão 2016 (Crédito: Arte Lance!)

Confira a Seleção da 1ª Fase do Paulistão 2016 (Crédito: Arte Lance!)

Chegou ao fim a primeira fase do Paulistão 2016. As 15 rodadas da competição classificaram oito times para as quartas de final do estadual. Santos, São Bento, Palmeiras, São Bernardo, Osasco Audax, São Paulo, Corinthians e Red Bull são, a partir de agora, os candidatos ao título.

As atuações dessas equipes refletem diretamente na formação da Seleção da Primeira Fase, embora alguns deles não tenham fornecido atletas. Há também o caso de William Pottker, dono de um grande campeonato pelo Linense, que não conseguiu ir à segunda fase.

O Corinthians, melhor time dessa primeira etapa, está representado por três atletas (Fagner, Felipe e Rodriguinho) e seu treinador, o grande responsável pela campanha: Tite.

Thiago Maia e Lucas Lima, o principal nome e craque da competição até aqui, são os representantes do Santos. Já Fernando Prass e Dudu são os nomes do Palmeiras no selecionado.

Quem também tem dois jogadores entre os 11 é o São Bento. Marcelo Cordeiro e João Paulo ajudaram a equipe de Sorocaba a garantir uma das vagas nas quartas de final.

Para completar, o artilheiro da competição marca presença entre os melhores das primeiras 15 rodadas. Com 11 gols, o centroavante Roger, do Red Bull, é o comandante do ataque.

A Seleção da Primeira Fase, como sempre, é definida de acordo com a média das notas dadas pela redação do LANCE! durante a cobertura dos jogos do campeonato. Entram na lista os jogadores que receberam a melhor avaliação em sua posição.

Fernando Prass – goleiro – Palmeiras – 6,2

Jogou todas as partidas da competição até aqui e se manteve estável para salvar o Palmeiras, que fez um campeonato absolutamente instável. Defendeu pênalti no clássico contra o Corinthians.

Fagner – lateral-direito – Corinthians – 6,4

Melhor lateral em atividade no país. Esbanja regularidade e neste campeonato tomou o protagonismo em algumas partidas com belos gols e assistências decisivas. Principal nome corintiano.

Felipe – zagueiro – Corinthians – 6,5

Outro que exibiu estabilidade durante o Paulistão. Faz as bolas difíceis parecerem fáceis. A cada partidas mostra sua evolução na carreira. Disparado o melhor zagueiro da primeira fase.

João Paulo – zagueiro – São Bento – 6,2

Representante da segunda defesa menos vazada da competição. Só não participou de uma partida e ajudou a levar o time de Sorocaba às quartas de final.

Marcelo Cordeiro – lateral-esquerdo – São Bento – 6,4

Capitão do time, homem das bolas paradas, principal jogador e boas apresentações. Tudo isso fez com que ele fosse, sem concorrência, o melhor lateral-esquerdo do torneio.

Thiago Maia – volante – Santos – 6,4

Apesar de não ter repetido ainda o nível do ano passado, continua jogando como se fosse um veterano. Tem a melhor transição da defesa para o ataque do campeonato. Bom na marcação e na armação.

Rodriguinho – meia – Corinthians – 6,4

Um achado de Tite. Dá ritmo ao meio-campo do Timão jogando atrás dos homens de frente. Arma o jogo e chega para finalizar. Titular absoluto do time e da Seleção do Campeonato até aqui.

Lucas Lima – meia – Santos – 6,8

Craque da primeira fase e pra lá de diferenciado. Faz o que quer com a bola e tem poder de mudar a história de um jogo com sua habilidade. Difícil encontrar atleta que tenha jogado melhor.

Dudu – meia-atacante – Palmeiras – 6,4

É o principal nome do Verdão depois de Fernando Prass. Quando não conseguiu fazer a diferença com habilidade e técnica, compensou com o esforço e a entrega.

William Pottker – atacante – Linense – 6,5

Uma das principais surpresas do campeonato. Segurou as pontas do time e decidiu jogos com qualidade na finalização, força física e personalidade no comando de ataque. Marcou sete gols.

Roger – atacante – Red Bull – 6,7

Com 11 gols e artilheiro do Paulistão, não poderia ficar de fora da Seleção. Seu poder de decisão levou pontos importantes para o Red Bull, que acabou por conquistar uma vaga nas quartas.

Técnico: Tite – Corinthians – 6,4

Improvável ser outro treinador a figurar aqui na Seleção da primeira fase. Perdeu várias peças de seu time titular e montou uma equipe extremamente competitiva que disparou na liderança da tabela geral.



  • thiago

    cade o centurion o kelvin wesley kardec cade ?kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  • Armando Severino Rosa

    Só não concordo com Fagner, na minha opinião o Vitor Ferraz do Santos tem um repertório de jogadas muito maior que o Fagner e ele está arrebentando na lateral, sem contar com inúmeras assistências e gols de falta.

  • Thiago Rodrigues de Assis

    Cade o zeca afff

  • Ganesh

    E o apito amigo pq não aparece ai??

    • Foo Fighters Man

      Pq o l i x o palmeirense não é o tema da matéria.

  • Robson

    Já to até vendo, gambás eliminados da libertadores e no dia seguinte o Tite assumindo a seleção, aí eu quero ver quem vai fazer esse time meia boca jogar bola.

  • Bruna Barros

    Não tirando o mérito do Marcelo Cordeiro do time do São Bento, mas o que o Zeca do time do Santos joga pela esquerda é absurdo, não tem comparação com os da mesma posição.

MaisRecentes

Falcao Garcia ressurge no Monaco e volta a se destacar na artilharia europeia. Veja os números!



Continue Lendo

Custa caro! Veja quanto os ‘pequenos’ cobraram no ingresso contra os grandes no Paulistão-2016



Continue Lendo

Lucas continua como o brasileiro com mais gols na elite da Europa e Messi dispara na artilharia



Continue Lendo