Início do Paulistão-2019 tem a pior média de gols dos últimos 28 anos



Paulistão-2019 tem média de 1,84 gol por jogo, a pior desde a edição 1991 da competição (Foto: Flickr Palmeiras)

Não é exagero dizer que o que falta no Paulistão-2019 é qualidade técnica, seja nos grandes clubes, seja naqueles considerados menores, e isso é refletido diretamente nos resultados em campo, tanto é que o início desta edição do estadual paulista tem a menor média de gols dos últimos 28 anos. Isso se comparado, é claro, com as quatro primeiras rodadas dos campeonatos anteriores.

Até o momento foram marcados 59 gols em 32 partidas, o que dá uma média de 1,84 tento por jogo, índice extremamente baixo, principalmente em relação às competições passadas, que vinham apresentando estatísticas satisfatórias, mesmo com o nível técnico baixo. Desde o Paulistão-1991, quando a média de gols após as quatro primeiras rodadas foi de 1,68 gol por partida, não tínhamos um início tão ruim nesse quesito. A marca de 2018, com média de 2,06, era a menor do período antes de ser superada pela atual.

Para se ter uma noção do quanto os números de 2019 são baixos, não é preciso recorrer a edições antigas, basta pegar as quatro primeiras rodadas do campeonato de 2017, quando a média de gols era de 2,81 por partida. Em 2012, por exemplo, o índice era de 2,82, no ano anterior de 2,9 e em 2010 de 3,25. Mais uma vez, não há necessidade de ser saudosista, um passado recente mostrou ser melhor.

No levantamento realizado desses últimos 28 anos, uma edição chamou bastante a atenção pelo alto número de gols nas primeiras rodadas, que foi a de 2001. Naquele campeonato, no término das quatro rodadas iniciais, a média de tentos era de 4 por partida. A curiosidade do campeonato era que o empate no tempo normal forçava uma decisão por pênaltis que dava um ponto extra ao vencedor. No caso de empate sem gols, a equipe ganhadora nas penalidades levava apenas o ponto extra. Talvez isso tenha motivado os times a buscarem balançar a rede.

Nas edições 1998, 1999, 2000 e 2002, a primeira fase do campeonato foi disputada sem a presença dos quatro grandes do estado (Corinthians, Palmeiras, Santos e São Paulo) e mesmo assim a média de gols nas quatro primeiras rodadas de cada um dessas competições foi maior do que a registrada no Paulistão atual.

Veja a média de gols do Paulistão após as quatro primeiras rodadas, desde 1991, no quadro abaixo:

Média de Gols do Paulistão após a 4ª Rodada desde 1991



MaisRecentes

Venha sem preconceitos, pois precisamos falar da fase de Felipe Melo no Palmeiras



Continue Lendo

No futebol nossa torcida é mais contra ou a favor? Até que ponto a paixão nos cega?



Continue Lendo

Mesmo sem estar com a barriga cheia, Palmeiras parece não ter fome em 2019



Continue Lendo