Início do Paulistão-2018 tem a pior média de gols dos últimos 27 anos



Jailson evitou um gol de pênalti do Red Bull em partida no Allianz Parque neste Paulistão (Foto: Flickr Palmeiras)

Não é exagero dizer que o que falta no Paulistão-2o18 é qualidade técnica, seja nos grandes clubes, seja naqueles considerados menores, e isso é refletido diretamente nos resultados em campo, tanto é que esta edição do estadual paulista tem a menor média de gols dos últimos 27 anos. Isso se comparado, é claro, com as quatro primeiras rodadas dos campeonatos anteriores.

Vale ressaltar também que a pré-temporada de alguns times foram abreviadas, o que pode interferir no desempenho. Até o momento foram marcados 66 gols em 32 partidas, o que dá uma média de 2,06 tentos por jogo, índice extremamente baixo, principalmente em relação às competições passadas, que vinham apresentando estatísticas satisfatórias, mesmo com o nível técnico baixo. Desde o Paulistão-1991, quando a média de gols após as quatro primeiras rodadas foi de 1,68 gol por partida, não tínhamos um início tão ruim nesse quesito.

Para se ter uma noção do quanto os números de 2018 são baixos, não é preciso recorrer a edições antigas, basta pegar as quatro primeiras rodadas do campeonato de 2017, quando a média de gols era de 2,81 por partida. Em 2012, por exemplo, o índice era de 2,82, no ano anterior de 2,9 e em 2010 de 3,25. Mais uma vez, não há necessidade de ser saudosista, um passado recente mostrou ser melhor.

No levantamento realizado desses últimos 27 anos, uma edição chamou bastante a atenção pelo alto número de gols nas primeiras rodadas, que foi a de 2001. Naquele campeonato, no término das quatro rodadas iniciais, a média de tentos era de 4 por partida. A curiosidade do campeonato era que o empate no tempo normal forçava uma decisão por pênaltis que dava um ponto extra ao vencedor. No caso de empate sem gols, a equipe ganhadora nas penalidades levava apenas o ponto extra. Talvez isso tenha motivado os times a buscarem balançar a rede.

Nas edições 1998, 1999, 2000 e 2002, a primeira fase do campeonato foi disputada sem a presença dos quatro grandes do estado (Corinthians, Palmeiras, Santos e São Paulo) e mesmo assim a média de gols nas quatro primeiras rodadas de cada um dessas competições foi maior do que a registrada no Paulistão atual.

Veja a média de gols do Paulistão após as quatro primeiras rodadas, desde 1991, no quadro abaixo:

Média de Gols do Paulistão desde a edição 1991 após as quatro primeiras rodadas



MaisRecentes

Venha sem preconceitos, pois precisamos falar da fase de Felipe Melo no Palmeiras



Continue Lendo

No futebol nossa torcida é mais contra ou a favor? Até que ponto a paixão nos cega?



Continue Lendo

Mesmo sem estar com a barriga cheia, Palmeiras parece não ter fome em 2019



Continue Lendo