Hernanes salva São Paulo e Atléticos dominam a Seleção da 20ª Rodada do Brasileirão-2017



Mesmo sem jogar, já que seu confronto contra a Chapecoense foi adiado para o dia 23 deste mês, o Corinthians foi o maior beneficiado com os tropeços de seus concorrentes mais “próximos” pelo título. Enquanto o Timão vai colocando uma mão na taça, os outros reles mortais do campeonato disputam seus espaços na tabela. Como fizeram Atlético-MG e Atlético-PR, que dominaram a Seleção da 20ª Rodada do Brasileirão-2017.

O Galo venceu o Flamengo facilmente por 2 a 0, em Minas Gerais, e forneceu quatro jogadores para o selecionado: o lateral-direito Marcos Rocha, o lateral-esquerdo Fábio Santos, e os atacantes Luan e Rafael Moura.

Já o Furacão goleou o Bahia por 4 a 1 na Arena da Baixada, confirmado a boa fase sob o comando de Fabiano Soares, técnico da rodada. Além dele, o zagueiro Thiago Heleno e o meia-atacante Nikão são os representantes do time paranaense na lista.

Outro destaque foi o Botafogo, que venceu a equipe reserva do Grêmio por 1 a 0, no Nilton Santos. Como destaques da partida, o goleiro Gatito e o meia Leandrinho, autor do gol da vitória, estão entre os melhores da rodada.

O Craque da Rodada, porém, veio do triunfo de virada do São Paulo sobre o Cruzeiro, por 3 a 2. Hernanes participou de todos os gols e teve a melhor nota entre os jogadores que disputaram as nove partidas dessa jornada.

Completam a Seleção o zagueiro Henrique, do Fluminense, e o atacante Sassá, do Cruzeiro.

IMPORTANTE: A Seleção da Rodada, como sempre, é definida de acordo com as notas dadas pela redação do LANCE! durante a cobertura dos jogos do Brasileirão. Entram na lista os jogadores que receberam a melhor avaliação em sua posição.

Técnico: Fabiano Soares - Atlético-PR - 7,0

Técnico: Fabiano Soares – Atlético-PR – 7,0

Confira as notas e os desempenhos de cada integrante da Seleção:

Gatito Fernández – goleiro – Botafogo – 7,5

Definitivamente está entre os melhores goleiros do Brasileirão e da temporada. Pegou mais um pênalti em 2017, o sétimo até aqui, e garantiu a vitória para o Botafogo.

Marcos Rocha – lateral-direito – Atlético-MG – 6,5

Teve atuação bastante eficiente no ataque, sempre perigoso pela lateral e foi bem na defesa, com quatro desarmes certos.

Thiago Heleno – zagueiro – Atlético-PR – 7,0

É um dos destaques da equipe em 2017. Esforçados, aguentou pancadas e machucados durante a partida, e foi coroado com um gol.

Henrique – zagueiro – Fluminense – 7,0

Contra um rápido e potencialmente envolvente ataque santista, foi praticamente impecável e saiu do Pacaembu sem ser vazado.

Fábio Santos – lateral-esquerdo – Atlético-MG – 7,5

Mais uma vez assumiu a responsabilidade de bater um pênalti e converter. Além disso, teve grande atuação no ataque e na defesa.

Leandrinho – meia – Botafogo – 7,5

Ganhou uma chance em uma função mais recuada para aproveitar a qualidade no passe. Chegou ao ataque e marcou um belo gol da vitória.

Hernanes – meia – São Paulo – 8,0 (CRAQUE)

Virou rotina, outra vez salvou o Tricolor de uma derrota em casa e tirou o time momentaneamente da zona de rebaixamento. Marcou um golaço de falta, outro de pênalti em uma situação de grande pressão e cobrou o escanteio para o gol de Arboleda.

Nikão – meia – Atlético-PR – 7,5

Tem sido o diferencial do time, partindo para cima, criando oportunidade para os companheiros e definindo. Converteu cobrança de pênalti e foi o melhor na goleada sobre o Bahia.

Luan – atacante – Atlético-MG – 7,5

Participou dos dois gols da vitória do Galo sobre o Flamengo. No primeiro sofreu o pênalti convertido por Fábio Santos, e no segundo deu assistência precisa para Rafael Moura concluir.

Sassá – atacante – Cruzeiro – 7,5

Poderia ter saído do Morumbi como herói da vitória da Raposa, se não fosse a virada do São Paulo e a arbitragem. Depois de bater pênalti na trave, se redimiu e marcou duas vezes. No primeiro finalizou com um voleio e no segundo roubou a bola e concluiu com categoria.

Rafael Moura – atacante – Atlético-MG – 7,5

No lugar de Fred, teve grande atuação, levando vantagem no confronto com os zagueiros rivais e foi premiado com um gol.

Técnico: Fabiano Soares – Atlético-PR – 7,0

Time já mostrou evolução sob o seu comando, fazendo partidas muito boas tecnicamente, demonstrando um estilo definido e um padrão de jogo. Já são quatro vitórias consecutivas no Brasileirão e arrancada na tabela. Goleada sobre o Bahia confirmou boa fase.



MaisRecentes

É possível admirar o estilo Fernando Diniz no São Paulo sem ser um Dinizete fanático



Continue Lendo

Corinthians vai de ‘melhor técnico do Brasil’ ao alto risco de eliminação no Paulista



Continue Lendo

Empolgação ou desonestidade? Estreia no Paulista pareceu rodada da Premier League



Continue Lendo