Grêmio encanta, goleia e domina a Seleção da 4ª Rodada do Brasileirão-2018



Grêmio massacrou o Santos e dominou a Seleção da 4ª Rodada do Brasileirão-2018 (Foto: Lucas Uebel/Grêmio)

Não há como falar dos mais recentes jogos do Campeonato Brasileiro sem exaltar a atuação do Grêmio no massacre sobre o Santos por 5 a 1, na Arena em Porto Alegre. A apresentação do último domingo talvez tenha sido aquela que mais escancarou a superioridade de uma equipe em relação a um adversário da mesma divisão. Com essa fantástica atuação não haveria como o Tricolor gaúcho não dominar a Seleção da 4ª Rodada do Brasileirão-2018.

O Grêmio foi representado por cinco personagens no selecionado. São eles: o lateral-esquerdo Cortez, os volantes Maicon (Craque da Rodada) e Arthur, o atacante Éverton e o técnico Renato Gaúcho. Vale mencionar também o meia-atacante Luan, que participou diretamente do atropelamento do Peixe.

Outra equipe que se destacou na 4ª rodada foi o Flamengo, que venceu o Internacional por 2 a 0, no Maracanã, para mais de 55 mil pagantes. Pelo desempenho, que levou o time a ficar mais uma rodada na liderança do Brasileirão, três jogadores estão entre os melhores: o goleiro Diego Alves, e os meias Éverton Ribeiro e Lucas Paquetá.

Completam a lista o lateral-direito Marcos Rocha, do Palmeiras, os zagueiros Dedé, do Cruzeiro, e Henrique, do Corinthians, e o atacante Kelvin, do Vasco.

IMPORTANTE: A Seleção da Rodada, como sempre, é definida de acordo com as notas dadas pela redação do LANCE! durante a cobertura dos jogos do Brasileirão. Entram na lista os jogadores que receberam a melhor avaliação em sua posição.

Técnico: Renato Gaúcho – Grêmio – 8,0

Confira as notas e os desempenhos de cada integrante da Seleção da 4ª Rodada:

Diego Alves – goleiro – Flamengo – 7,0

Fez pelo menos três defesas difíceis que garantiram a vitória, inclusive uma delas quando o placar ainda estava empatado em 0 a 0.

Marcos Rocha – lateral-direito – Palmeiras – 7,5

Fez uma grande partida, principalmente no setor defensivo, levando vantagem na marcação sobre os adversários, e foi premiado com o belo gol aproveitado rebote de chute de Dudu.

Dedé – zagueiro – Cruzeiro – 7,5

Passo a passo vem recuperando a sua importância para o time. Além da solidez defensiva, decidiu a partida contra o Botafogo ao marcar o gol da vitória da Raposa.

Henrique – zagueiro – Corinthians – 7,0

Salvou o Timão de uma derrota em casa ao acertar belo cabeceio e balançar a rede após cruzamento de Jadson. Também foi seguro na zaga.

Cortez – lateral-esquerdo – Grêmio – 7,0

Foi um dos principais motores do time enquanto teve fôlego, participou de várias jogadas de ataque e, com liberdade, foi presença constante no setor ofensivo.

Maicon – volante – Grêmio – 8,0 (CRAQUE)

Grande articulador nas saídas de bola do Tricolor gaúcho (acertou quase cem passes), fez mais um grande jogo, dessa vez marcando dois gols. Um golaço em chute no ângulo de fora da área e outro em cobrança de falta.

Arthur – volante – Grêmio – 7,5

Acertou quase cem passes no duelo contra o Santos, além disso deu uma assistência para Maicon. Joga em um nível acima dos companheiros, tem uma noção de posicionamento e condução de jogo que não são normais.

Éverton Ribeiro – meia – Flamengo – 8,0

Uma de suas melhores atuações com a camisa do Fla. Buscou o jogo, teve uma ótima movimentação e marcou um golaço em jogada individual no fim do jogo.

Lucas Paquetá – meia – Flamengo – 7,5

É o melhor jogador do time no ano, muito versátil cumprindo versões diversas de acordo com a necessidade da partida. Marcou um belo gol de fora da área após rebote da barreira.

Kelvin – atacante – Vasco – 7,5

Voltou em grande estilo. Fez grande jogada e deu assistência para Andrés Ríos marcar, depois anotou um bonito gol de cabeça para fechar a goleada sobre o América-MG.

Éverton – atacante – Grêmio – 7,5

Outra atuação diferenciada do atacante gremista. Além de marcar um gol aproveitando cruzamento de Léo Moura, fez grande jogada e deu assistência para Arthur fechar a goleada sobre o Santos.

Técnico: Renato Gaúcho – Grêmio – 8,0

O que o seu time tem feito nos últimos anos é fantástico diante da realidade do futebol brasileiro, e parece ter mais espaço para crescer e atingir um patamar de excelência. É a equipe que melhor pratica o esporte no Brasil e venceu o Santos como se fosse um adversário de divisões inferiores.



MaisRecentes

Veja quantos jogadores diferentes cada clube utilizou no Brasileirão-2018



Continue Lendo

Internacional atropela o Fluminense e domina a Seleção da 18ª Rodada do Brasileirão-2018



Continue Lendo

Santos é o clube de Série A há mais jogos sem vencer na temporada



Continue Lendo