Grandes do Rio acumulam quase R$ 4,5 milhões de prejuízo com bilheteria no Carioca



Grandes da Série A não conseguem encher os estádios tampouco seus cofres com lucro de bilheteria (Foto: Thiago Ribeiro/AGIF)

Os fatores são incontáveis para justificar o insucesso de público no Campeonato Carioca: regulamento esdrúxulo, violência, crise financeira, jogos com pouca atratividade, estádio em condições ruins, além do alto custo para a realização das partidas. Tudo isso justifica o enorme prejuízo dos quatro grandes clubes do estado com bilheteria na competição. Até aqui, antes do segundo confronto da final, o saldo negativo é de quase R$ 4,5 milhões.

O blog levantou os números de renda líquida considerando a divisão proposta pela FERJ que, quando um time considerado pequeno manda um jogo contra um grande, o resultado financeiro é dividido, assim como acontece nos clássicos do estadual carioca. Além disso, consideramos as verbas referentes às vendas dos mandos de campo para outras praças.

Se somarmos os outros clubes do estadual, o prejuízo diminui para R$ 4,1 milhões, pois o Boavista, o Nova Iguaçu e a Portuguesa terminaram com saldo positivo devido, justamente, às cotas que receberam quando os mandos de campo foram vendidos para outros estados.

Os clubes com os maiores prejuízos da competição são os finalistas do estadual. Ou Botafogo (R$ 2,2 milhões) ou Vasco (R$ 1,2 milhão) vão fechar o campeonato com a taça, porém com um enorme rombo com suas partidas como mandantes. O time de São Januário ainda foi prejudicado com dois jogos com portões fechados. A esperança é de que o segundo jogo da final possa amenizar as finanças do Cruz-Maltino.

Veja a lista completa no quadro abaixo:

Ranking de Renda Líquida do Campeonato Carioca-2018



MaisRecentes

Brasileirão-2018: a edição de poucos gols, bom público e dos visitantes fracos



Continue Lendo

Chapecoense bate o Inter e se destaca na Seleção da 25ª Rodada do Brasileirão-2018



Continue Lendo

Palmeiras x Corinthians foi o jogo mais ‘caro’ do Brasileirão-2018; veja a lista



Continue Lendo