Geromel é o Craque, e Palmeiras tem maioria na Seleção da 32ª Rodada do Brasileirão-2018



Geromel e Palmeiras foram os destaques na Seleção da 32ª Rodada do Brasileirão-2018 (Foto: Montagem/Grêmio/Palmeiras)

Após mais um final de semana de competição, a vantagem do líder para o vice-líder aumentou mais um pouco, faltando apenas seis partidas para o término do nacional. E o time que comemora essa reta final é o Palmeiras, dono da primeira posição na tabela, cinco pontos à frente do Internacional. Após a vitória por 3 a 2 sobre o Santos, o Verdão ficou mais próximo do título e foi maioria na Seleção da 32ª Rodada do Brasileirão-2018.

O Alviverde levou três jogadores para o selecionado, destaques do triunfo em um duro clássico no Allianz Parque: o lateral-esquerdo Victor Luis, o o volante Thiago Santos e o meia-atacante Dudu. Todos essenciais para o resultado e para a ótima vantagem na liderança.

Já o Craque da 32ª Rodada saiu da vitória do Grêmio sobre o Atlético-MG por 1 a 0, no Independência e não se trata de um atacante, de um meia, ou de um camisa 10, mas sim de um zagueiro, talvez o melhor em atividade no país: Pedro Geromel, que fez gol e tirou outro em cima da linha, além de todo o seu domínio da zaga gremista.

Outro clube que se destacou na 32ª Rodada foi o Botafogo, que bateu o Corinthians, em casa, por 1 a 0, graças aos serviços de Rodrigo Lindoso, autor do gol, e de Gatito Fernández, o salvador da pátria. Ambos estão entre os melhores.

Por sua vez, o Internacional, que é o adversário mais próximo do Palmeiras, neste momento, na disputa pelo título, também levou dois atletas para a Seleção: o zagueiro Rodrigo Moledo, e o meia D’Alessandro. Os dois marcaram os gols do time na vitória sobre o Atlético-PR, no Beira-Rio.

Por fim, o Cruzeiro venceu o América-MG por 2 a 1, no Independência, e também teve seu destaque na 32ª Rodada fornecendo dois personagens para o selecionado: o meia Arrascaeta, autor de um golaço, e o técnico Mano Menezes.

Completam a lista o lateral-direito Rodinei, do Flamengo, e o atacante Maxi López, do Vasco.

IMPORTANTE: A Seleção da Rodada, como sempre, é definida de acordo com as notas dadas pela redação do LANCE! durante a cobertura dos jogos do Brasileirão. Entram na lista os jogadores que receberam a melhor avaliação em sua posição.

Técnico: Mano Menezes – Cruzeiro – 7,0

Confira as notas e os desempenhos de cada integrante da Seleção da 32ª Rodada:

Gatito Fernández – goleiro – Botafogo – 7,5

Voltou a fazer milagres com a camisa do Bota. Dessa vez contra o Corinthians, nos momentos finais do jogo, defendeu finalização de Léo Santos e garantiu os três pontos.

Rodinei – lateral-direito – Flamengo – 6,5

Mostrou estrela ao ser colocado em campo e com menos de cinco minutos marcou o gol de empate diante do São Paulo, no Morumbi.

Pedro Geromel – zagueiro – Grêmio – 8,0

Fez tudo o que pôde para a vitória no Independência. Primeiro marcou um gol de oportunismo, que acabou sendo o da vitória, depois, salvou tento certo do Atlético-MG tirando a bola quase em cima da linha. Sem contar tudo o que afastou de perigo durante o jogo.

Rodrigo Moledo – zagueiro – Internacional – 7,0

Teve a infelicidade de desvia a bola para sua própria meta no tento do Atlético-PR, porém tomou a iniciativa e foi para o ataque algumas vezes, em uma delas completou cruzamento de Wellington Silva e empatou o duro duelo.

Victor Luis – lateral-esquerdo – Palmeiras – 6,5

Além de ter sido um dos melhores em campo com grande aplicação tática, foi decisivo ao marcar o gol da vitória do Verdão em cobrança de falta.

Thiago Santos – volante – Palmeiras – 7,0

Foi um monstro dentro de campo, entregou tudo o que poderia e o que não poderia para garantir a vitória palmeirense, e atuou até como lateral-direito. Fez seis desarmes certos no clássico.

Rodrigo Lindoso – volante – Botafogo – 7,5

Outra vez foi decisivo e marcou o gol da vitória de seu time contra um adversário direto na tabela. Foi seu nono tento na temporada.

Dudu – meia-atacante – Palmeiras – 7,0

No momento, é o melhor jogador em atividade no país e outra vez foi responsável direto pela vitória de seu time. Marcou o gol que abriu o placar e deu assistência para o tento de Edu Dracena.

D’Alessandro – meia – Internacional – 7,0

Jogou muita bola, principalmente após seu time ficar atrás no placar. Chamou a responsabilidade, distribuiu o jogo e bateu o pênalti que gerou o gol da vitória.

Arrascaeta – meia-atacante – Cruzeiro – 7,5

É outro jogador acima da média no cenário nacional e marcou um golaço no clássico diante do América-MG. Passa por grande fase, principalmente após a conquista da Copa do Brasil.

Maxi López – atacante – Vasco – 7,0

Sua vinda para o Vasco mudou o destino do clube neste ano, definitivamente. Apesar de ainda não ter garantido a permanência na Série A, tem sido decisivo para a conquista dos pontos, e não foi diferente no clássico contra o Flu ao converter pênalti para definir a vitória.

Técnico: Mano Menezes – Cruzeiro – 7,0

Mesmo com vaga na Libertadores garantida, com um importante título nacional conquistado, e com pouca coisa a fazer no Brasileirão, seu time cresceu de produção na competição e venceu mais uma partida com grande superioridade.



MaisRecentes

Contra o Flu, Dudu igualou recorde de faltas sofridas em um jogo do Brasileirão-2018



Continue Lendo

Palmeiras bate o Flu e domina a Seleção da 34ª Rodada do Brasileirão-2018



Continue Lendo

Botafogo vence clássico e domina a Seleção da 33ª Rodada do Brasileirão-2018



Continue Lendo