Gabigol brilha, e Santos e Palmeiras dominam Seleção da 22ª Rodada do Brasileirão-2018



Gabriel foi o Craque, e o Santos, junto com o Palmeiras, dominaram a Seleção da 22ª Rodada (Foto: Montagem/Santos/Palmeiras)

A vantagem do líder São Paulo diminuiu após o empate em casa, em 1 a 1, com o Fluminense. Agora, a distância do primeiro para o quinto colocado é de seis pontos, deixando a briga pelo título ainda mais equilibrada. Isso porque o Palmeiras venceu a Chape, na Arena Condá, e se manteve vivo na disputa. No entanto, o destaque do fim de semana ficou por conta de Gabigol, que marcou três vezes contra o Vasco, no Maracanã na vitória do Santos por 3 a 0. Verdão e Peixe dominaram a Seleção da 22ª Rodada do Brasileirão-2018.

Sob o comando de Gabigol, autor de três tentos e Craque da 22ª Rodada, o Santos atropelou o Vasco e levou outros quatro personagens para o selecionado: os laterais Victor Ferraz e Dodô, o meio-campista Carlos Sánchez e o técnico Cuca.

Já o Palmeiras, venceu pela primeira vez em Chapecó, quebrou a invencibilidade do time da casa na competição e está representado por três jogadores na lista: o zagueiro Luan, o volante Felipe Melo e o meia-atacante Hyoran.

Outro destaque foi o Ceará, que bateu o Flamengo por 1 a 0, no Maracanã. O goleiro Éverson e o zagueiro Luiz Otávio estão entre os melhores da rodada, após o grande feito da equipe cearense.

Completam a Seleção os atacantes Pablo, do Atlético-PR, e Jael, do Grêmio.

IMPORTANTE: A Seleção da Rodada, como sempre, é definida de acordo com as notas dadas pela redação do LANCE! durante a cobertura dos jogos do Brasileirão. Entram na lista os jogadores que receberam a melhor avaliação em sua posição.

Técnico: Cuca – Santos – 7,5

Confira as notas e os desempenhos de cada integrante da Seleção da 22ª Rodada:

Éverson – goleiro – Ceará – 7,0

Foi um dos principais responsáveis por garantir que o Flamengo não saísse com a vitória no Maracanã. Fez grande defesa em chute de Diego, já no fim da partida.

Victor Ferraz – lateral-direito – Santos – 7,0

Importante demais no funcionamento de todo o time, principalmente na segurança defensiva. Fez duas interceptações e ainda bloqueou finalizações do Vasco.

Luan – zagueiro – Palmeiras – 7,0

Cresce a cada partida sob o comando de Felipão. Joga sério, simples, rebate todas que pode e dificilmente perde uma disputa com o rival.

Luiz Otávio – zagueiro – Ceará – 7,0

Outro que fez grande partida no Maracanã e afastou o perigo de todas as maneiras possíveis da zaga cearense.

Dodô – lateral-esquerdo – Santos – 7,0

Deu assistência para o primeiro gol de Gabigol contra o Vasco e foi praticamente impecável no setor defensivo. É muito regular.

Felipe Melo – volante – Palmeiras – 7,0

Fez uma de suas melhores partidas pelo clube. Marcou muito, trocou passes precisos, quase anotou gol de cabeça e ainda deu uma linda assistência para Hyoran balançar a rede.

Carlos Sánchez – volante – Santos – 8,0

Partidaça do meio-campista uruguaio. Ao lado de Gabigol, destruiu o Vasco no Maracanã. Fez grande jogada que terminou em assistência para o camisa 10 do Peixe fazer o segundo gol.

Hyoran – meia-atacante – Palmeiras – 7,5

Teve ótima atuação contra o ex-time. Marcou, de cabeça, o gol que abriu o placar em Chapecó, depois fez grande jogada para Borja brigar com a defesa e marcar o segundo.

Gabriel – atacante – Santos – 9,0 (CRAQUE)

Com Cuca, tem feito uma partida melhor do que a outra e, contra o Vasco, confirmou a evolução marcando três gols na vitória por 3 a 0, no Maracanã. Muito eficiente, anotou os três tentos dando apenas um toque na bola, de primeira. Espetacular performance.

Pablo – atacante – Atlético-PR – 8,0

Mais um que vive excelente fase. Contra o Bahia, marcou um golaço, com direito a drible desconcertante e finalização precisa, além de assistência para gol de Rony.

Jael – atacante – Grêmio – 7,5

Estava em modo cruel contra o Botafogo. Bateu pênalti com cavadinha e abriu o placar para os gaúchos, depois aproveitou cruzamento, matou no peito e marcou o segundo dele na goleada por 4 a 0.

Técnico: Cuca – Santos – 7,5

Em pouco tempo de clube, mudou completamente o desempenho e a postura do time. Chega ser até impressionante como conseguiu tamanha mudança. Conquistou uma vitória sem contestação, fora de casa, que dá ânimo à equipe para o restante da temporada.



MaisRecentes

Brasileirão-2018: a edição de poucos gols, bom público e dos visitantes fracos



Continue Lendo

Chapecoense bate o Inter e se destaca na Seleção da 25ª Rodada do Brasileirão-2018



Continue Lendo

Palmeiras x Corinthians foi o jogo mais ‘caro’ do Brasileirão-2018; veja a lista



Continue Lendo