Flamengo, Palmeiras e Vasco dominam a Seleção da 22ª Rodada do Brasileirão-2017



Mais um fim de semana em que vimos um fato incomum em 2017: uma derrota do Corinthians, em casa. Dessa vez o algoz do Timão foi o Atlético-GO, que venceu o líder do campeonato por 1 a 0, com gol do zagueiro Gilvan, e atuação espetacular do goleiro Marcos, ambos entraram para a Seleção da 22ª Rodada do Brasileirão-2017 (Veja a lista completa na galeria).

No entanto os maiores destaques ficaram por conta de Flamengo, Palmeiras e Vasco, que dominaram o selecionado nessa rodada.

O Fla foi representado por três jogadores: Willian Arão, Diego e Éverton. Os três foram personagens importantes na vitória por 2 a 0 sobre o Atlético-PR, na Ilha do Urubu.

Já o Verdão derrotou o São Paulo mais uma vez no Allianz Parque com placar de 4 a 2. Foi desse clássico que saiu o Craque da Rodada, o atacante Willian, autor de dois gols. Junto com ele, Keno, que marcou um golaço, também representa a equipe palmeirense.

O Vasco foi o time que mais forneceu personagens para a lista de melhores da rodada. Comandados pelo técnico Valdir Bigode, o melhor do fim de semana, Anderson Martins, Ramon e Nenê, são os vascaínos que se destacaram no triunfo no clássico contra o Fluminense, por 1 a 0.

Completa o selecionado o lateral-direito Arnaldo, do Botafogo, que venceu o Bahia, por 2 a 1, fora de casa.

IMPORTANTE: A Seleção da Rodada, como sempre, é definida de acordo com as notas dadas pela redação do LANCE! durante a cobertura dos jogos do Brasileirão. Entram na lista os jogadores que receberam a melhor avaliação em sua posição.

Obs.: A partida entre Grêmio x Sport, adiada para o dia 2/9 e válida também pela 22ª Rodada, não entrará para essa Seleção

Técnico: Valdir Bigode - Vasco - 7,5

Técnico: Valdir Bigode – Vasco – 7,5

Confira as notas e os desempenhos de cada integrante da Seleção:

Marcos – goleiro – Atlético-GO – 8,5

Era o terceiro goleiro e teve atuação espetacular. Fez defesas milagrosas que garantiram a vitória sobre o líder do campeonato. Lembrou seu xará, São Marcos, ídolo do maior rival do Corinthians.

Arnaldo – lateral-direito – Botafogo – 7,0

Precisou e muito de sua velocidade para acompanhar os ponteiros do Bahia, na vitória de seu time, fora de casa.

Gilvan – zagueiro – Atlético-GO – 7,0

Tirou o que pôde na defesa e foi ao ataque para marcar, de cabeça, o gol da vitória de sua equipe. Já tinha feito outro cabeceio perigoso e não marcou.

Anderson Martins – zagueiro – Vasco – 6,5

Se jogar como jogou contra o Fluminense, o torcedor vascaíno pode contar com a volta de um grande jogador. Firme e preciso na marcação, deu qualidade nas saídas de bola.

Ramon – lateral-esquerdo – Vasco – 7,0

Marcou um golaço em chute de longe que atingiu o ângulo, sem chances para o goleiro. Definiu a vitória no clássico.

Willian Arão – volante – Flamengo – 7,5

Parece estar voltando à sua melhor forma, com confiança, dinamismo no meio-campo e as conhecidas infiltrações. Em uma delas aproveitou rebote e acertou um belo chute para marcar o seu gol.

Diego – meia – Flamengo – 8,0

Difícil entender como algum flamenguista pode constestá-lo. Procura os atalhos no campo, não dá moleza para os marcadores e aparece para concluir. Abriu o placar para a vitória do Flamengo.

Nenê – meia – Vasco – 7,5

Como titular e com a confiança do treinador, jogou solto e entregou o máximo que pôde. Levou vantagem na maioria das jogadas e quase marcou um golaço, de calcanhar.

Éverton – meia-atacante – Flamengo – 7,5

Mais uma vez mostrou sua importância no esquema fazendo um trabalho dedicado à marcação e também ao ataque, criando pelo menos cinco chances para os companheiros finalizarem.

Keno – atacante – Palmeiras – 7,5

Entrou no segundo tempo, mas foi fundamental para a vitória no clássico. Recebeu passe de Deyverson e marcou um golaço, com chute de primeira de fora da área. Foi o terceiro gol palmeirense no Allianz.

Willian – atacante – Palmeiras – 8,5 (CRAQUE)

Reforçou seu nome como o melhor jogador do Verdão na temporada. Marcou o gol de empate, aproveitando cruzamento de Michel Bastos, depois partiu sozinho e acertou um belíssimo chute colocado no ângulo, encobrindo Sidão e decretando a virada. No fim, deu assistência para Hyoran fechar o placar.

Técnico: Valdir Bigode – Vasco – 7,5

Conhecedor do elenco e de seus jogadores, aposto no melhor que tinha, recuperou alguns atletas que estavam em baixa e montou um time que fez um belo clássico contra o Fluminense. Tem muito mérito na performance de Nenê.



MaisRecentes

Corinthians e Palmeiras dominam a Seleção da 35ª Rodada do Brasileirão-2017



Continue Lendo

Corinthians encaminha título e é maioria na Seleção da 34ª Rodada do Brasileirão-2017



Continue Lendo

Vitória bate o Palmeiras e se destaca na Seleção da 33ª Rodada do Brasileirão-2017



Continue Lendo