Flamengo fecha 2017 como o melhor ataque do Brasil; Palmeiras tem a maior média de gols



Flamengo e Palmeiras fizeram temporada abaixo das expectativas, mas ficaram com os melhores ataques (Foto: Montagem)

O ano de 2017 foi terrível para Flamengo e Palmeiras, já seria pelo tamanho dos clubes e ficou ainda pior diante das expectativas criadas no início da temporada. Ambos acumularam fracassos e só podem usar os últimos doze meses como lições do que não fazer para alcançar o sucesso. Mesmo assim, com todos os erros possíveis, conseguiram se destacar com os melhores ataques do país no ano. (Veja os rankings na galeria abaixo)

Enquanto o Fla ficou em primeiro lugar no ranking de gols marcados, o Verdão foi o time mais eficiente no quesito, e terminou a temporada com a melhor média de tentos por partida. Embora o setor ofensivo dessas duas equipes tenha sido minimamente bem sucedido, fica claro que algo esteve em desequilíbrio.

De nada adiantou demonstrar essa qualidade durante o ano se ela não foi traduzida em resultados ou títulos. Os cariocas ainda comemoraram um título estadual e chegaram a disputar duas finais, muito pouco para o que prometia, é verdade, mas os paulistas nem isso conseguiram. Ficaram com um vice-campeonato brasileiro que, se não fosse pela incompetência dos rivais pelo posto, teria se tornado uma quarta posição.

Em um post anterior neste blog, mostramos que os melhores times do Brasil na temporada não foram aqueles que tiveram os melhores ataques, mas sim as melhores defesas. Corinthians, Grêmio e Cruzeiro sobraram no quesito equilíbrio e poder de decisão. Faltou tudo isso aos dois clubes que eram favoritíssimos a ganhar os títulos de 2017. É verdade que o Flamengo teve uma das melhores defesas entre os clubes de Série A, mas nos momentos mais importantes não correspondeu. Já o Palmeiras foi uma bagunça defensiva e nada funcionou.

Outro grande exemplo de desequilíbrio foi o Fluminense, que marcou 118 gols, esteve entre os melhores ataques durante todo o ano, mas encerrou sua temporada como a pior defesa do país, em média.  Pode até ser legal ver seu time marcar muitos gols, mais do que os rivais, mas em um desfecho como esse, o status pouco importa, quem levantou as taças nem se preocupou com isso.

Pode ser menos bonito, menos interessante, mais chato, e isso temos que deixar bastante claro, mas o melhor time é aquele que ganha (se não houver interferência de arbitragem, é claro), beleza não é critério de desempate e número de gols só vale quando a pontuação é igual.

Confira os rankings na galeria abaixo:

 



MaisRecentes

Fair play financeiro? Palmeiras domina arrecadação do Brasileirão-2018



Continue Lendo

Palmeiras e Rojas fecham Brasileirão no topo da lista de amarelos por reclamação



Continue Lendo

No Brasileirão-2018, 67% dos jogos no Rio de Janeiro tiveram prejuízo com bilheteria



Continue Lendo