Flamengo e Palmeiras dominam a Seleção da 28ª Rodada do Brasileirão-2018



Flamengo e Palmeiras juntos levaram sete jogadores para a Seleção da 28ª Rodada (Foto: Montagem/RM Sports/Palmeiras)

Depois de algum tempo, o líder do Campeonato Brasileiro finalmente conseguiu abrir três pontos de diferença para o segundo colocado. Essa façanha foi alcançada pelo Palmeiras, que venceu o São Paulo e se garantiu na liderança da competição. O desfecho só não foi melhor para os palmeirenses porque o Flamengo bateu o Corinthians e voltou para a briga pelo título. Diante dessas vitórias Verdão e Fla dominaram a Seleção da 28ª Rodada do Brasileirão-2018.

A vitória do Alviverde sobre o Tricolor paulista, no Morumbi, por 2 a 0, foi muito tranquila e garantiu a vantagem na primeira posição. Destaques para o zagueiro Gustavo Gómez, o lateral-direito Mayke, o meio-campista Moisés, e o técnico Felipão, o melhor em sua função na 28ª Rodada. Todos estão no selecionado.

Já o Flamengo venceu o Corinthians, na Arena, por 3 a 0 e mostrou recuperação na briga pelo título brasileiro. Lucas Paquetá, que marcou duas vezes, foi o Craque da 28ª Rodada. Além dele, o goleiro César, e o lateral-esquerdo Renê representam o clube carioca entre os melhores.

Outro clube que se destacou na rodada foi o Fluminense, que goleou o Paraná no Maracanã por 4 a 0. Jadson e Everaldo foram os comandantes da vitória e entraram para a Seleção.

Completam a lista o zagueiro Adryelson, do Sport, o meia-atacante Élber, do Bahia, e o atacante Nikão, do Atlético-PR.

IMPORTANTE: A Seleção da Rodada, como sempre, é definida de acordo com as notas dadas pela redação do LANCE! durante a cobertura dos jogos do Brasileirão. Entram na lista os jogadores que receberam a melhor avaliação em sua posição.

Técnico: Felipão – Palmeiras – 7,5

Confira as notas e os desempenhos de cada integrante da Seleção da 28ª Rodada:

César – goleiro – Flamengo – 7,0

Fez duas grandes defesas em um mesmo lance, quando o jogo ainda estava empatado em 0 a 0. Contribuiu demais para a vitória.

Mayke – lateral-direito – Palmeiras – 7,5

Entrou após Marcos Rocha sentir a panturrilha e foi um dos destaques da vitória sobre o São Paulo, participando do lance que originou o primeiro gol, depois puxou o contra-ataque e cruzou na cabeça de Deyverson no lance do segundo.

Adryelson – zagueiro – Sport – 7,0

Estreou no Brasileirão pelo Sport em um jogo difícil contra o Inter e deu conta do recado. Além de garantir na defesa, empatou o jogo com um gol de cabeça.

Gustavo Gómez – zagueiro – Palmeiras – 7,0

Faz uma atuação melhor do que a outra, e dessa vez brilho em um clássico, abrindo o placar para a vitória, em um belo cabeceio, e foi impecável no setor defensivo.

Renê – lateral-esquerdo – Flamengo – 7,0

Além de fazer cinco desarmes certos, tendo papel importante no esquema fora de casa, fechou a vitória com um gol após contra-ataque de Rodinei.

Jadson – volante – Fluminense – 8,0

Teve dia de artilheiro e marcou duas vezes na goleada sobre o Paraná. Abriu o placar para a vitória e ainda anotou o terceiro gol.

Moisés – volante – Palmeiras – 7,5

Grande jogo. Controlou o meio-campo e até o nervosismo de seus companheiros para evitar provocação. Deu lindo drible no gol de Deyverson.

Élber – meia-atacante – Bahia – 8,0

Foi oportunista ao aproveitar desvio de Nilton e marcar o gol que abriu o placar contra o Grêmio logo no início do jogo. Depois, voltou a mostrar faro de artilheiro e fez o segundo, quando o time já estava com um homem a menos.

Lucas Paquetá – meia – Flamengo – 8,0

Dentro da área em cobranças de escanteio, aproveitou duas oportunidades para marcar dois gols, um de cabeça e outro após bola sobrar de frente para a meta. Ambos os lances definiram vitória em partida difícil fora de casa.

Nikão – meia-atacante – Atlético-PR – 7,5

Deu assistência para Marcelo Cirino abrir o placar com um minuto de jogo, depois aproveitou lançamento longo, ganhou do zagueiro e marcou o terceiro da goleada por 4 a 0 sobre o Paraná.

Everaldo – atacante – Fluminense – 7,5

Um dos destaques do Flu nas últimas partidas, deu duas assistências: uma para Richard, e outra para Jadson marcar o terceiro gol do jogo.

Técnico: Felipão – Palmeiras – 7,5

Foi ao Morumbi e venceu o São Paulo sem dificuldades, quebrando um tabu de 16 anos sem vitória do Verdão no estádio. Mesclou seus dois times e abriu três pontos na liderança. Mais um capítulo de um grande trabalho que faz no clube.

Obs.: A partida entre Cruzeiro e Ceará, que pertence à 28ª Rodada, foi adiada para o dia 24/10 e, portanto, não foi considerada para a Seleção.



MaisRecentes

Corinthians x Cruzeiro registra a maior renda do Brasil em 2018; veja ranking



Continue Lendo

Rodada do Brasileirão-2018 tem maior público pagante desde a edição 2015



Continue Lendo

Destino antes incomum, Inglaterra passa a ser refúgio brasileiro na Europa



Continue Lendo