Flamengo e Palmeiras abrem vantagem e dominam a Seleção da 29ª Rodada do Brasileirão-2016



Confira a Seleção da 29ª Rodada do Brasileirão-2016 (Crédito: Arte Lance!)

Confira a Seleção da 29ª Rodada do Brasileirão-2016 (Crédito: Arte Lance!)

Não poderia ser diferente. Líder e vice-líder do Brasileirão são os protagonistas da Seleção da 29ª Rodada. Flamengo e Palmeiras forneceram, juntos, oito personagens para o selecionado.

Do time carioca Pará, Rafael Vaz, Willian Arão e Felipe Vizeu foram os melhores de suas posições na rodada, já do Verdão os destaques foram Egídio, Tchê Tchê, Zé Roberto e o técnico Cuca. Apesar de ambos os times não terem apresentado grandes atuações, os lampejos individuais fizeram a diferença.

No entanto, o grande nome da rodada foi o goleiro Danilo Fernandes, do Internacional, que defendeu pênalti em momento decisivo e recuperou o ânimo de seu time, que logo em seguida marcou o gol da vitória.

Completam o selecionado o zagueiro Joel Carli, do Botafogo, o meia Robinho, do Cruzeiro e o atacante Lucas Fernandes, do Atlético-PR.

A Seleção da Rodada, como sempre, é definida de acordo com as notas dadas pela redação do LANCE! durante a cobertura dos jogos do Brasileirão. Entram na lista os jogadores que receberam a melhor avaliação em sua posição.

Confira as notas e o desempenho de cada integrante:

Danilo Fernandes – goleiro – Internacional – 8,0 (CRAQUE)

Foi o grande responsável por evitar uma derrota do Inter em casa. Fez grande defesa e ainda pegou um pênalti nos momentos finais da partida. Seu ato recoloco o time de volta ao jogo e, consequentemente, ter força para marcar o gol da vitória.

Pará – lateral-direito – Flamengo – 6,5

Chega a ser surpreendente o ótimo campeonato que vem fazendo. Outra bela atuação com segurança defensiva e eficiência ao iniciar jogadas.

Joel Carli – zagueiro – Botafogo – 7,0

Mais uma partida impecável no comando da zaga botafoguense. Como capitão, tem honrado o status e feito a diferença na posição.

Rafael Vaz – zagueiro – Flamengo – 7,0

Garantiu a segurança defensiva do Fla mesmo nos momentos de maior pressão do Santa Cruz. Boa partida.

Egídio – lateral-esquerdo – Palmeiras – 6,5

Atuação bastante estável, com poucos deslizes e eficiência no setor. Passes para iniciar jogadas e desarmes importantes.

Willian Arão – volante – Flamengo – 7,5

Além de dar o tom do meio-campo flamenguista e distribuir o jogo como poucos, marcou o segundo gol que deu conforto ao time.

Tchê Tchê – volante – Palmeiras – 7,5

Anotou belo gol em chute de primeira de fora da área logo no início da partida, praticamente decretando o resultado positivo.

Zé Roberto – meia – Palmeiras – 7,5

Novamente foi decisivo para o time jogando no meio-campo. Participou da jogada do primeiro gol e deu bela assistência para o segundo.

Robinho – meia – Cruzeiro – 7,5

Além de criar alternativas no ataque, desarmou no meio e foi importante na recomposição. Foi coroado com um gol no fim.

Lucas Fernandes – atacante – Atlético-PR – 7,5

Desequilibrou o jogo em favor do Atlético, sendo inferno constante para a equipe da Chapecoense. Não marcou mas teve atuação acima da média.

Felipe Vizeu – atacante – Flamengo – 7,5

Deu conta do recado ao substituir Guerrero e Damião. Bem posicionado e inteligente, marcou o gol que abriu o placar da vitória flamenguista.

Técnico: Cuca – Palmeiras – 7,5

Tem total controle do seu time e cria uma situação para cada partida que enfrenta. Apesar de uma atuação burocrática do Palmeiras, nunca deixou de ter o controle do jogo. Não é exagero dizer que poupou seu grupo para um confronto mais forte. Suas alterações na segunda etapa decretaram o placar.



MaisRecentes

Vinicius Junior é o Craque e Vitória se destaca na Seleção da 21ª Rodada do Brasileirão-2017



Continue Lendo

No Brasileirão, Corinthians se dá melhor quando não tem vantagem na posse de bola



Continue Lendo

Aproveitamento do Corinthians na temporada 2017 seria Top 10 na elite da Europa



Continue Lendo