Flamengo e Cruzeiro atropelam e dominam a Seleção da 30ª Rodada do Brasileirão-2018



Flamengo e Cruzeiro golearam e dominaram a Seleção da 30ª Rodada (Foto: Montagem/PhotoPremium/Fernando Michel)

Apesar de a disputa pela liderança ainda estar intensa, o Palmeiras conseguiu abrir quatro pontos para o vice-líder, sua maior vantagem na competição até aqui. Atrás dele está o Flamengo, que goleou o Paraná e reafirmou sua candidatura ao título. A dupla se enfrenta no próximo sábado. O Cruzeiro, depois de vencer a Copa do Brasil, bateu a Chapecoense sem misericórdia. Por essas e outras, Fla e Raposa dominaram a Seleção da 30ª Rodada do Brasileirão-2018.

O Flamengo foi até o Paraná e venceu o time da casa por 4 a 0, sem tomar conhecimento do adversário, e para continuar firme na briga pelo Brasileiro. Vitinho e Uribe se destacaram pela equipe carioca, além do técnico Dorival Júnior, o melhor de sua função. Os três estão no selecionado.

Já o Cruzeiro recebeu a Chape no Independência e comemorou o título da Copa do Brasil vencendo por 3 a 0. Com seu time titular, definiu o resultado ainda no primeiro tempo, devido às atuações de Dedé, Ariel Cabral e Arrascaeta. Todos fazem parte da lista dos melhores da rodada.

Outro clube que se destacou na 30ª Rodada foi o Santos, que foi até o Beira-Rio para enfrentar o Internacional e trouxe na mala um ponto após emocionante empate em 2 a 2. O goleiro Vanderlei e o atacante Gabriel fizeram a diferença no duelo e se garantiram entre os 11.

O Craque da 30ª Rodada, por sua vez, veio da vitória do Palmeiras sobre o Ceará por 2 a 1. Trata-se do volante Bruno Henrique, autor dos dois gols do Verdão que garantiram o triunfo, os três pontos e outra semana tranquila na liderança.

Completam a Seleção os laterais Claudio Winck e Sander, do Sport, e o zagueiro Digão, do Fluminense.

IMPORTANTE: A Seleção da Rodada, como sempre, é definida de acordo com as notas dadas pela redação do LANCE! durante a cobertura dos jogos do Brasileirão. Entram na lista os jogadores que receberam a melhor avaliação em sua posição.

Técnico: Dorival Júnior – Flamengo – 7,5

Confira as notas e os desempenhos de cada integrante da Seleção da 30ª Rodada:

Vanderlei – goleiro – Santos – 7,5

Fez quatro defesas incríveis que impediram não só uma derrota, como também uma goleada para Internacional no Beira-Rio. Foi herói.

Claudio Winck – lateral-direito – Sport – 7,0

Marcou o gol da vitória de seu time por 2 a 1 sobre o Vasco, na Ilha do Retiro. Foi oportunista na jogada e mostrou apoio ao ataque.

Dedé – zagueiro – Cruzeiro – 7,5

Como se não bastasse uma partida impecável no setor defensivo, com desarmes e interceptações, foi ao ataque para marcar de cabeça.

Digão – zagueiro – Fluminense – 6,5

Foi um dos grandes responsáveis pela vitória do Flu sobre o Atlético-MG, fazendo uma partida muito segura em uma zaga bastante testada.

Sander – lateral-esquerdo – Sport – 7,0

Deu assistência para os dois gols da vitória do Sport sobre o Vasco e mostrou que não é forte apenas no setor defensivo. Grande jogo.

Bruno Henrique – volante – Palmeiras – 7,5 (CRAQUE)

É um dos mais importantes jogadores do Verdão na temporada. Marcou os dois gols da vitória sobre o Ceará, sendo que o segundo foi um golaço em paulada de fora da área.

Ariel Cabral – volante – Cruzeiro – 7,0

Fez grande partida no triunfo sobre a Chape, destruindo e construindo o jogo no meio, além de dar assistência para Thiago Neves abrir o placar.

Arrascaeta – meia – Cruzeiro – 7,5

Decisivo na Copa do Brasil, decisivo no Brasileirão. Fez o segundo gol da vitória sobre a Chape e deu assistência para Dedé fechar o placar.

Gabriel – atacante – Santos – 7,5

Que fase vive Gabigol! Quase marcou um belo gol em contra-ataque, depois marcou um golaço, com muita categoria, e ainda participou diretamente do segundo.

Vitinho – atacante – Flamengo – 7,0

Vem crescendo junto com o time e com a chegada de Dorival. Marcou o segundo gol da goleada e ainda deu assistência para Uribe fazer o terceiro.

Uribe – atacante – Flamengo – 7,5

Finalmente tem justificado sua contratação. Além da boa movimentação no ataque, deu assistência para Paquetá abrir o placar e ainda garantiu o seu tento na goleada.

Técnico: Dorival Júnior – Flamengo – 7,5

Deu outra cara para o Fla. Mesmo que ainda não tenha sido testado por equipes mais fortes, já mostrou que a postura do time é outra com a sua chegada. Contra o Paraná, não tomou conhecimento da fraqueza do rival e fez o que tinha que fazer: goleou.



MaisRecentes

Fair play financeiro? Palmeiras domina arrecadação do Brasileirão-2018



Continue Lendo

Palmeiras e Rojas fecham Brasileirão no topo da lista de amarelos por reclamação



Continue Lendo

No Brasileirão-2018, 67% dos jogos no Rio de Janeiro tiveram prejuízo com bilheteria



Continue Lendo