Flamengo e Cruzeiro atropelam e dominam a Seleção da 30ª Rodada do Brasileirão-2018



Flamengo e Cruzeiro golearam e dominaram a Seleção da 30ª Rodada (Foto: Montagem/PhotoPremium/Fernando Michel)

Apesar de a disputa pela liderança ainda estar intensa, o Palmeiras conseguiu abrir quatro pontos para o vice-líder, sua maior vantagem na competição até aqui. Atrás dele está o Flamengo, que goleou o Paraná e reafirmou sua candidatura ao título. A dupla se enfrenta no próximo sábado. O Cruzeiro, depois de vencer a Copa do Brasil, bateu a Chapecoense sem misericórdia. Por essas e outras, Fla e Raposa dominaram a Seleção da 30ª Rodada do Brasileirão-2018.

O Flamengo foi até o Paraná e venceu o time da casa por 4 a 0, sem tomar conhecimento do adversário, e para continuar firme na briga pelo Brasileiro. Vitinho e Uribe se destacaram pela equipe carioca, além do técnico Dorival Júnior, o melhor de sua função. Os três estão no selecionado.

Já o Cruzeiro recebeu a Chape no Independência e comemorou o título da Copa do Brasil vencendo por 3 a 0. Com seu time titular, definiu o resultado ainda no primeiro tempo, devido às atuações de Dedé, Ariel Cabral e Arrascaeta. Todos fazem parte da lista dos melhores da rodada.

Outro clube que se destacou na 30ª Rodada foi o Santos, que foi até o Beira-Rio para enfrentar o Internacional e trouxe na mala um ponto após emocionante empate em 2 a 2. O goleiro Vanderlei e o atacante Gabriel fizeram a diferença no duelo e se garantiram entre os 11.

O Craque da 30ª Rodada, por sua vez, veio da vitória do Palmeiras sobre o Ceará por 2 a 1. Trata-se do volante Bruno Henrique, autor dos dois gols do Verdão que garantiram o triunfo, os três pontos e outra semana tranquila na liderança.

Completam a Seleção os laterais Claudio Winck e Sander, do Sport, e o zagueiro Digão, do Fluminense.

IMPORTANTE: A Seleção da Rodada, como sempre, é definida de acordo com as notas dadas pela redação do LANCE! durante a cobertura dos jogos do Brasileirão. Entram na lista os jogadores que receberam a melhor avaliação em sua posição.

Técnico: Dorival Júnior – Flamengo – 7,5

Confira as notas e os desempenhos de cada integrante da Seleção da 30ª Rodada:

Vanderlei – goleiro – Santos – 7,5

Fez quatro defesas incríveis que impediram não só uma derrota, como também uma goleada para Internacional no Beira-Rio. Foi herói.

Claudio Winck – lateral-direito – Sport – 7,0

Marcou o gol da vitória de seu time por 2 a 1 sobre o Vasco, na Ilha do Retiro. Foi oportunista na jogada e mostrou apoio ao ataque.

Dedé – zagueiro – Cruzeiro – 7,5

Como se não bastasse uma partida impecável no setor defensivo, com desarmes e interceptações, foi ao ataque para marcar de cabeça.

Digão – zagueiro – Fluminense – 6,5

Foi um dos grandes responsáveis pela vitória do Flu sobre o Atlético-MG, fazendo uma partida muito segura em uma zaga bastante testada.

Sander – lateral-esquerdo – Sport – 7,0

Deu assistência para os dois gols da vitória do Sport sobre o Vasco e mostrou que não é forte apenas no setor defensivo. Grande jogo.

Bruno Henrique – volante – Palmeiras – 7,5 (CRAQUE)

É um dos mais importantes jogadores do Verdão na temporada. Marcou os dois gols da vitória sobre o Ceará, sendo que o segundo foi um golaço em paulada de fora da área.

Ariel Cabral – volante – Cruzeiro – 7,0

Fez grande partida no triunfo sobre a Chape, destruindo e construindo o jogo no meio, além de dar assistência para Thiago Neves abrir o placar.

Arrascaeta – meia – Cruzeiro – 7,5

Decisivo na Copa do Brasil, decisivo no Brasileirão. Fez o segundo gol da vitória sobre a Chape e deu assistência para Dedé fechar o placar.

Gabriel – atacante – Santos – 7,5

Que fase vive Gabigol! Quase marcou um belo gol em contra-ataque, depois marcou um golaço, com muita categoria, e ainda participou diretamente do segundo.

Vitinho – atacante – Flamengo – 7,0

Vem crescendo junto com o time e com a chegada de Dorival. Marcou o segundo gol da goleada e ainda deu assistência para Uribe fazer o terceiro.

Uribe – atacante – Flamengo – 7,5

Finalmente tem justificado sua contratação. Além da boa movimentação no ataque, deu assistência para Paquetá abrir o placar e ainda garantiu o seu tento na goleada.

Técnico: Dorival Júnior – Flamengo – 7,5

Deu outra cara para o Fla. Mesmo que ainda não tenha sido testado por equipes mais fortes, já mostrou que a postura do time é outra com a sua chegada. Contra o Paraná, não tomou conhecimento da fraqueza do rival e fez o que tinha que fazer: goleou.



MaisRecentes

É possível admirar o estilo Fernando Diniz no São Paulo sem ser um Dinizete fanático



Continue Lendo

Corinthians vai de ‘melhor técnico do Brasil’ ao alto risco de eliminação no Paulista



Continue Lendo

Empolgação ou desonestidade? Estreia no Paulista pareceu rodada da Premier League



Continue Lendo