Flamengo, Corinthians e Botafogo dominam a Seleção da 9ª Rodada do Brasileirão-2017



Flamengo, Corinthians e Botafogo tiveram vitórias contundentes  e reafirmaram seus favoritismos contra seus adversários, tanto é que esses três times dominaram a Seleção da 9ª Rodada do Brasileirão-2017. O peruano Guerrero, com três gols sobre a Chapecoense foi o Craque da Rodada, com a maior nota entre os dez jogos desse meio de semana.

Além do camisa 9, o Rubro-Negro forneceu mais dois jogadores para o selecionado após a goleada por 5 a 1 sobre a Chape: o meia Diego, que marcou dois gols, e o zagueiro Juan, que fez partida impecável.

Já o Timão, com a vitória por 3 a 0 sobre o Bahia, na Arena, foi representado por três personagens. São eles o zagueiro Balbuena, o lateral-direito Fagner e o técnico Fábio Carille, o melhor da 9ª Rodada.

No clássico contra o Vasco, no Engenhão, o Bota não deu chances ao rival e a derrota por 3 a 1 foi mais do que justa. Destaque para o lateral-esquerdo Victor Luis, para o volante Bruno Silva e para o atacante Roger. Os três também estão entre os melhores da rodada.

Outro time que fez bonito nesse meio de semana foi o Santos que, fora de casa, bateu o Vitória por 2 a 0. Além de Vanderlei, que mais uma vez salvou o dia, o atacante Copete marcou duas vezes e deu os três pontos ao Peixe.

Completa a Seleção o volante Otávio, do Atlético-PR, importante na vitória de sua equipe sobre o São Paulo, na Arena da Baixada.

IMPORTANTE: A Seleção da Rodada, como sempre, é definida de acordo com as notas dadas pela redação do LANCE! durante a cobertura dos jogos do Brasileirão. Entram na lista os jogadores que receberam a melhor avaliação em sua posição.

Técnico: Fábio Carille - Corinthians

Técnico: Fábio Carille – Corinthians

Confira as notas e os desempenhos de cada integrante da Seleção:

Vanderlei – goleiro – Santos – 7,5

Mais uma vez, como tem sido comum no campeonato, o goleiro do Peixe teve grande participação na garantia do resultado com ótimas defesas que impediram o Vitória de ameaçar no placar.

Fagner – lateral-direito – Corinthians – 7,5

Não deu espaços na defesa para o perigoso ataque do Bahia e no ataque deu passe espetacular para Jô abrir o placar na Arena.

Balbuena – zagueiro – Corinthians – 7,5

Está em grande fase. Atuação muita segura na zaga e ainda teve oportunidade de ir ao ataque e marcar o gol que decretou a vitória do Timão.

Juan – zagueiro – Flamengo – 7,5

Fez uma de suas melhores partidas em sua volta ao clube. Praticamente perfeito em suas funções, foi implacável na marcação e correto nas saídas de bola.

Victor Luis – lateral-esquerdo – Botafogo – 7,5

Outro jogador que passa por ótimo momento. Contra o Vasco, marcou um golaço do meio da rua após cobrança de falta. É uma ótima válvula de escape no esquema de Jair Ventura.

Otávio – volante – Atlético-PR – 7,0

É muito bom volante, incansável e muito difícil de ser batido na marcação. Contra o São Paulo fez sete desarmes certos e evitou muitas investidas do adversário na vitória por 1 a o.

Bruno Silva – volante – Botafogo – 7,0

Talvez seja o principal jogador botafoguense neste momento da temporada. No clássico fez mais uma boa partida, com direito a assistência para Roger marcar o primeiro gol.

Diego – meia – Flamengo – 8,5

É muito diferenciado em qualquer fundamento que apresente em campo. Nos dois golaços que marcou contra a Chape provou essa sua superioridade técnica, além do passe para um dos gols de Guerrero. Joga em outro nível.

Copete – atacante – Santos – 8,0

Acompanhou a velocidade de Bruno Henrique em duas idas ao ataque e esteve bem posicionado para aproveitar as chances de marcar de seus dois gols que deram a vitória ao Peixe.

Roger – atacante – Botafogo – 8,0

Contratado para ser o homem-gol do Botafogo, tem se virado bem nas últimas partidas. Diante do Vasco, marcou um belíssimo gol de cabeça e depois foi oportunista para concluir em finalização de categoria.

Guerrero – atacante – Flamengo – 9,0 (CRAQUE)

Finalmente desencantou no Brasileirão e fez isso em grande estilo. Marcou três vezes, mostrando todo o seu arsenal de centroavante, na goleada sobre a Chapecoense e ainda contribuiu com assistência para um dos gols de Diego.

Técnico: Fábio Carille – Corinthians – 7,5

Foi ameaçado pelo Bahia no começo da partida, mas não perdeu o controle do jogo. Seu time é extremamente letal e preciso, dificilmente perde a chance de matar os confrontos. Nem mesmo quando ficou com um a menos houve desespero. No fim, aproveitou que o rival se abriu para buscar o empate e ampliou a vantagem.



MaisRecentes

É possível admirar o estilo Fernando Diniz no São Paulo sem ser um Dinizete fanático



Continue Lendo

Corinthians vai de ‘melhor técnico do Brasil’ ao alto risco de eliminação no Paulista



Continue Lendo

Empolgação ou desonestidade? Estreia no Paulista pareceu rodada da Premier League



Continue Lendo