Falcao Garcia ressurge no Monaco e volta a se destacar na artilharia europeia. Veja os números!



Falcao Garcia ressurge no Monaco após lesão e temporadas apagadas na Inglaterra (Foto: Valery Hache/AFP)

Falcao Garcia ressurge no Monaco após lesão e temporadas apagadas na Inglaterra (Foto: Valery Hache/AFP)

Desde que chegou em território europeu, na temporada 2009/2010, o centroavante colombiano Falcao Garcia esteve boa parte do tempo entre os goleadores mais poderosos do continente. Em sua temporada de estreia pelo Porto, marcou 34 gols, média que manteve no Atlético de Madrid e que não teve continuidade quando trocou o time espanhol pelo Monaco. Em 2016/2017, porém, os bons tempos parecem ter voltado.

No primeiro ano pelo time francês, Falcao dava sinais de que poderia registrar uma boa quantidade de tentos. Em seis meses, fez 11 gols em 19 jogos, mas uma lesão no ligamento do joelho esquerdo interrompeu sua trajetória e, consequentemente, o tirou da Copa do Mundo do Brasil.

De 2014 até a metade de 2016, Falcao não foi aquele centroavante temido e desejado por tantos clubes. Teve a oportunidade de jogar pelo Manchester United em 2014/2015, mas anotou apenas seis gols em uma passagem pra lá de discreta. No entanto, ele teria uma experiência ainda pior, em Londres.

Depois de apenas passar pelo United, foi emprestado pelo Monaco para outro time inglês, dessa vez o Chelsea. Os ares mudaram, mas o faro de gol não voltou. Pelos Blues foram 12 partidas (duas como titular) e somente um gol, marcado na derrota para o Crystal Palace por 2 a 1, logo no início da temporada. Vale contextualizar que o Chelsea também não vinha bem.

Com mercado restrito, devido ao que (não) apresentou nas útlimas temporadas, voltou ao Monaco, clube com o qual tem contrato até 2018. E o retorno deu certo. Em 21 jogos pelo time francês até aqui, marcou 17 gols, um a menos do que a soma dos tentos que marcou nos três anos que antecederam a temporada atual. Importante dizer também que a média é semelhante àquela que registrou no ano de estreia com o Porto.

O colombiano é um dos principais (se não o principal) pilares da campanha do Monaco, que lidera o Campeonato Francês, segue firme na briga pelas Copas Nacionais e está nas oitavas de final da Liga dos Campeões da Europa para enfrentar o Manchester City. Além disso, tem o segundo melhor ataque do continente contando os times que disputam as principais Ligas, perdendo apenas para o Real Madrid.

Veja os números na galeria abaixo:



MaisRecentes

São Paulo de Ceni tem o 2º melhor ataque e a pior defesa entre clubes da Série A em 2017; Veja rankings



Continue Lendo

Messi e Cavani travam duelo intenso pela artilharia europeia na temporada 2016/2017



Continue Lendo

Santos tem seu pior início de temporada desde 2012



Continue Lendo