Estreantes brilham e São Paulo se destaca na Seleção da 17ª Rodada do Brasileirão-2017



Por conta do adiamento do jogo entre Ponte Preta e Fluminense para o dia 9/8, a Seleção da 17ª Rodada do Brasileirão-2017 fechará contabilizando apenas as nove partidas que foram realizadas até a última segunda-feira. E desses confrontos, nenhum outro foi tão emocionante quanto Botafogo  3 x 4 São Paulo. Não é à toa que o time do Morumbi foi maioria na Seleção da Rodada.

Liderados pelos estreantes Marcos Guilherme e Hernanes, os são-paulinos tiveram quatro representantes no selecionado. Além dos dois já citados, o meia Cueva e o técnico Dorival Junior. Vale destacar que Marcos Guilherme foi o Craque da Rodada, com a maior nota e maior poder de decisão entre os concorrentes.

O Botafogo, apesar da derrota de virada, também teve um atleta entre os melhores da rodada: Marcos Vinícius, autor de dois gols que colocaram seu time à frente no placar.

Outra equipe que teve destaque na rodada foi o Sport, que venceu o Bahia por 3 a 1, fora de casa. Reinaldo Lenis, com gol e assistências, e Ronaldo Alves, zagueiro que balançou a rede, foram os atletas fornecidos pelo Leão.

Já o Atlético-MG colocou seus dois laterais no selecionado após a vitória por 2 a 0, sobre o Coritiba, como visitante. Marcos Rocha e Fábio Santos tiveram influência direta no resultado dentro do Couto Pereira.

Completam a Seleção o goleiro Fernando Miguel, do Vitória, o zagueiro Gilvan, do Atlético-GO, e o volante Bruno Henrique, do Palmeiras.

IMPORTANTE: A Seleção da Rodada, como sempre, é definida de acordo com as notas dadas pela redação do LANCE! durante a cobertura dos jogos do Brasileirão. Entram na lista os jogadores que receberam a melhor avaliação em sua posição.

Técnico: Dorival Júnior - São Paulo - 7,0

Técnico: Dorival Júnior – São Paulo – 7,0

Confira as notas e os desempenhos de cada integrante da Seleção:

Fernando Miguel – goleiro – Vitória – 8,0

Defendeu tudo o que foi possível diante da pesada artilharia do Cruzeiro. Destaque para a incrível defesa em chute de Thiago Neves. Atuação garantiu um ponto ao time, fora de casa.

Marcos Rocha – lateral-direito – Atlético-MG – 6,5

Deu o cruzamento para o gol de Rafael Moura, que sacramentou a vitória do Galo fora de casa.

Gilvan – zagueiro – Atletico-GO – 7,0

De cabeça, marcou o gol da vitória de seu time, fora de casa, sobre a Chapecoense, após cruzamento de Diego Rosa.

Ronaldo Alves – zagueiro – Sport – 6,5

Foi o autor do segundo gol de sua equipe, aquele que desempatou a partida e decretou o caminho para a vitória.

Fábio Santos – lateral-esquerdo – Atlético-MG – 7,0

Assumiu a responsabilidade e converteu o pênalti que abriu o placar a favor do Galo no Couto Pereira.

Bruno Henrique – volante – Palmeiras – 7,0

Acertou 95 passes no duelo contra o Avaí e ditou o ritmo do meio-campo palmeirense, iniciando jogadas e buscando o jogo.

Hernanes – meia – São Paulo – 8,5

O torcedor são-paulino não esperaria nada melhor de seu ídolo do que uma partidaça como essa contra o Botafogo. Além de se mostrar muito acima dos colegas com seus toques diferenciados, foi decisivo ao marcar um golaço que empatou o jogo

Cueva – meia – São Paulo – 8,0

Autor do primeiro gol do Tricolor, aquele que abriu o placar, ainda participou dos outros três tentos da equipe. Destaque para a brilhante assistência para Marcos Guilherme balançar a rede e comemorar a vitória.

Marcos Guilherme – meia-atacante – São Paulo – 8,5 (CRAQUE)

Iluminado, entrou na segunda etapa para fazer história em sua estreia. Marcou gol de cabeça após desvio de Arboleda em cobrança de escanteio e guardar o melhor para fim: recebeu passe primoroso de Cueva, teve calma e poder de decisão para anotar o tento da vitória.

Marcos Vinicius – meia-atacante – Botafogo – 8,0

Foi substituído cedo no segundo tempo, mas antes de deixar o campo, marcou dois gols que viraram a partida a favor do Botafogo. Depois de sua saída o Fogão anotou mais um, porém cedeu a virada ao São Paulo.

Reinaldo Lenis – atacante – Sport – 8,0

Outro jogador que fez grande partida na rodada. Além de dar assistência para os gols de Éverton Felipe e Ronaldo Alves, foi premiado no fim ao balançar a rede para definir a vitória por 3 a 1 sobre o Bahia, fora de casa.

Técnico: Dorival Junior – São Paulo – 7,0

Não economizou na ousadia e foi premiado. Lançou seus estreantes e fez mudanças essenciais para o resultado da partida. Uma delas, a entrada de Marcos Guilherme, foi responsável direta pela espetacular virada sobre o Botafogo.



MaisRecentes

É possível admirar o estilo Fernando Diniz no São Paulo sem ser um Dinizete fanático



Continue Lendo

Corinthians vai de ‘melhor técnico do Brasil’ ao alto risco de eliminação no Paulista



Continue Lendo

Empolgação ou desonestidade? Estreia no Paulista pareceu rodada da Premier League



Continue Lendo