Empatados, Cristiano Ronaldo e Messi dominam artilharia da Europa no último ciclo de Copa



Messi e Cristiano Ronaldo dominaram a artilharia da Europa nas últimas quatro temporadas (Foto: Montagem/AFP)

Eles são os melhores jogadores do mundo há mais de dez temporadas, dividem prêmios individuais e fãs ano após ano, atuam por clubes rivais, lideram suas seleções nacionais e não parecem dispostos a darem uma trégua tão cedo nessa disputa. Diante de tudo isso, não dá para negar que a era Cristiano Ronaldo x Messi é muito equilibrada, tanto é que se somados os gols por clube de cada um nas últimas quatro temporadas, teremos um empate: 198 tentos para o português e 198 tentos para o argentino.

A diferença entre os dois fica por conta da média de gols, uma vez que CR7 empilhou seus 198 gols em 192 partidas oficias (média de mais de um gol por jogo), e Messi acumulou suas 198 bolas na rede em 212 jogos oficiais (média de 0,93 gol por partida). Se o tira-teima fosse número de títulos por clube no período, teríamos um novo empate: foram 11 para cada lado.

Essas quatro temporadas correspondem a um ciclo de Copa, ou seja, começou após a Copa de 2014 e terminou com a decisão da Liga dos Campeões entre Real Madrid e Liverpool, último jogo oficial de 2017/2018. E nesses anos não houve adversário que pudesse tirar o reinado da dupla, líder do ranking de artilheiros pré-Rússia 2018.

O jogador mais próximo de ameaçar essa liderança foi Suárez, também do Barcelona. O uruguaio marcou 152 gols em jogos oficiais pelo clube catalão, apenas um a mais do que Lewandowski marcou com a camisa do Bayern de Munique no mesmo intervalo de tempo. Cavani, atuando pelo PSG, balançou a rede 146 vezes nesses quatro anos.

Dois brasileiros estão no Top 20 dessa lista: Jonas, do Benfica, com 122 gols, e Neymar, vestindo a camisa do Barcelona e do PSG, com 118 tentos. Eles estão atrás de nomes como Aubameyang (Dortmund e Arsenal), Harry Kane (Tottenham), Agüero (Manchester City) e Higuaín (Napoli e Juventus).

Desses 20 atletas com mais gols, pelo menos sete não estarão na Rússia: Aubameyang, pois a seleção do Gabão não está classificada para o mundial. Jonas, que não foi escolhido por Tite. Ibrahimovic, que já havia se afastado da seleção da Suécia. Aduriz, que não foi convocado para defender a Espanha. Dost (Holanda) e Immobile (Itália), já que suas seleções não irão para a Copa, e Icardi, preterido pelo técnico Jorge Sampaoli, muito provavelmente por problemas pessoais com os companheiros de seleção argentina.

Confira o ranking completo com os 20 principais artilheiros da elite europeia nesse ciclo de Copa:

Artilheiros – Último Ciclo de Copa do Mundo



MaisRecentes

Veja quantos jogadores diferentes cada clube utilizou no Brasileirão-2018



Continue Lendo

Internacional atropela o Fluminense e domina a Seleção da 18ª Rodada do Brasileirão-2018



Continue Lendo

Santos é o clube de Série A há mais jogos sem vencer na temporada



Continue Lendo