Corintianos e palmeirenses mais assíduos gastaram mais de R$ 1 mil em ingressos no Brasileirão-2017



Corintianos e palmeirenses mais assíduos gastaram mais de R$ 1 mil com ingressos no Brasileirão-2017 (Montagem/Fotos: Cesar Greco e Agência Corinthians)

Quem frequenta estádios sabe que alguns clubes cobram valores acima da média pelos ingressos e que acabam afastando o torcedor menos privilegiado do ponto de vista econômico. Corinthians e Palmeiras são os maiores exemplos nesse caso, mas nem isso afasta um grande público de suas novíssimas arenas. Tanto é que, em média, o torcedor que foi a todos os jogos em casa desses times gastou mais de R$ 1 mil no Brasileirão. (Os cálculos não envolvem planos de sócio-torcedor, apenas os dados fornecidos pelos borderôs das partidas)

Para chegar nesse valor, pegamos o ingresso médio de cada partida como mandante de cada time que disputou a Série A e somamos os tíquetes médios das 19 rodadas que cada um deles realizou em seus domínios. Com o resultado foi possível observar que Timão e Verdão foram os clubes que mais exigiram financeiramente de seu torcedor.

Logo em seguida está o Flamengo que fez seus torcedores mais assíduos gastarem mais de R$ 900 durante toda a competição. Já o clube mais camarada com seu público pagante foi o Vitória, que exigiu em média R$ 270 dos rubro-negros baianos irem a todos os seus jogos como mandante.

Como curiosidade, o ingresso médio mais caro da edição 2017 do Brasileirão  foi na partida entre Palmeiras e Vitória, no primeiro turno do campeonato. O palmeirense que foi ao Allianz Parque naquele dia teve de gastar, em média, R$ 74,81. A segunda posição nesse ranking também é de um jogo do Verdão, dessa vez contra o Cruzeiro, no segundo turno. Tíquete médio: R$ 74,60.

Ranking mostra quanto o torcedor mais assíduo teve de gastar, em média, com ingressos no Brasileirão-2017 para ver seu time jogar como mandante



MaisRecentes

Empolgação ou desonestidade? Estreia no Paulista pareceu rodada da Premier League



Continue Lendo

Venha sem preconceitos, pois precisamos falar da fase de Felipe Melo no Palmeiras



Continue Lendo

No futebol nossa torcida é mais contra ou a favor? Até que ponto a paixão nos cega?



Continue Lendo