Corinthians vence, faz história e domina a Seleção da 19ª Rodada do Brasileirão-2017



Está encerrado o primeiro turno do Brasileirão-2017 e não há dúvidas sobre o domínio do Corinthians nessas primeiras 19 rodadas. São recordes atrás de recorde que se valorizaram ainda mais após a vitória por 3 a 1 sobre o Sport, na Arena. Essa atuação, em que o time da casa só cometeu a primeira falta após mais de 50 minutos de jogos, fez com que o Timão formasse a base da Seleção da 19ª Rodada.

Os corintianos foram representados por cinco personagens: o lateral-direito Fagner, o zagueiro Pedro Henrique, o lateral-esquerdo Guilherme Arana, o meia Rodriguinho, Craque da Rodada, e o espetacular técnico Fábio Carille, responsável por enorme parte deste sucesso.

Além do Corinthians, o Fluminense foi outro clube que forneceu mais de um jogador para o selecionado: o volante Wendel e o atacante Wellington Silva, autores de dois dos gols da vitória por 3 a 1 sobre o Atlético-GO, no Maracanã.

Ainda na difícil caça ao líder, o Grêmio venceu o Atlético-MG, por 2 a 0, em Porto Alegre. Ainda que o adversário esteja passando por má fase, o resultado foi importante para campeonato e levou dois atletas para a lista de melhores da rodada: os atacantes Fernandinho e Pedro Rocha.

Completam a Seleção o goleiro Vanderlei, do Santos, o zagueiro Thiago Heleno, do Atlético-PR, e o meia Régis, do Bahia.

IMPORTANTE: A Seleção da Rodada, como sempre, é definida de acordo com as notas dadas pela redação do LANCE! durante a cobertura dos jogos do Brasileirão. Entram na lista os jogadores que receberam a melhor avaliação em sua posição.

Técnico: Fábio Carille - Corinthians - 9,0

Técnico: Fábio Carille – Corinthians – 9,0

Confira as notas e os desempenhos de cada integrante da Seleção:

Vanderlei – goleiro – Santos – 7,5

Outra espetacular partida. Salvou o Peixe de uma derrota fora de casa, com defesas decisivas para garantir pelo menos um ponto.

Fagner – lateral-direito – Corinthians – 7,5

Estava em noite inspiradíssima. Deu início a diversas jogadas de ataque e deu grande assistência para Guilherme Arana abrir o placar. Além disso, fez seis desarmes certos, o recordista da rodada no quesito.

Thiago Heleno – zagueiro – Atlético-PR – 7,5

Subiu mais do que a zaga do Palmeiras para, de cabeça, marcar o gol da vitória do Furacão, no Allianz Parque. Também segurou as pontas na defesa.

Pedro Henrique – zagueiro – Corinthians – 7,5

No lugar de Pablo, não deixou a torcida sentir falta do zagueiro titular. Fez o simples e não complicou. No ataque, marcou de cabeça após cobrança de escanteio e sacramentou a vitória corintiana.

Guilherme Arana – lateral-esquerdo – Corinthians – 7,5

Faz uma partida melhor do que a outra. Raramente joga mal e contra o Sport não foi diferente. Seguro na defesa e extremamente perigoso no ataque. Marcou um golaço, finalizando de primeira, sem chances para Magrão.

Wendel – volante – Fluminense – 7,5

Um dos melhores da equipe na vitória sobre o Atlético-GO. Motor no meio-campo do Flu. Fez grande jogada em seu gol ao puxar contra-ataque e chegar na área para marcar.

Rodriguinho – meia – Corinthians – 8,0 (CRAQUE)

Jogou uma barbaridade. Limpou jogadas, desarmou, tabelou tanto no setor defensivo quanto no ofensivo e puxou contra-ataques. Em um deles, partiu para jogada individual e acertou um chute fantástico, de perna esquerda, no ângulo de Magrão. Golaço!

Régis – meia – Bahia – 7,5

Foi o melhor jogador do triunfo sobre o São Paulo, na Fonte Nova. Marcou o primeiro gol do jogo, em lance de oportunismo e bom posicionamento e deu passe para o gol de Mendoza.

Wellington Silva – atacante – Fluminense – 7,5

Grande partida do atacante que mostrou sua importância no time. Marcou um belo gol em chute colocado de fora da área e participou de outro, ambos essenciais para a vitória sobre o Atlético-GO.

Fernandinho – atacante – Grêmio – 7,5

Vem fazendo talvez sua melhor temporada na carreira. Foi sempre perigoso no ataque com suas arrancadas e marcou seu sexto gol no campeonato.

Pedro Rocha – atacante – Grêmio – 7,5

Outro que vive grande fase na carreira. Abriu o placar contra o Galo marcando gol após fantástico contra-ataque construído coletivamente. Não satisfeito ainda participou do segundo e quase anotou o terceiro, se não fosse a trave.

Técnico: Fábio Carille – Corinthians – 9,0

Time dá aulas de organização rodada após rodada. Primeira posição não é sorte, não é à toa. É resultado de muito trabalho tático, técnico e psicológico. Mesmo com alguns desfalques contra o Sport, time não sentiu falta e atuou como um relógio, como sempre. Impecável na defesa e letal no ataque.



MaisRecentes

No Brasileirão, Corinthians se dá melhor quando não tem vantagem na posse de bola



Continue Lendo

Aproveitamento do Corinthians na temporada 2017 seria Top 10 na elite da Europa



Continue Lendo

Corinthians é o time que menos (e melhor) utiliza jogadores no Brasileirão-2017



Continue Lendo