Corinthians, Palmeiras e Santos vencem, e dominam Seleção da 9ª Rodada



Confira a Seleção da 9ª Rodada do Paulistão 2016

Confira a Seleção da 9ª Rodada do Paulistão 2016 (Crédito: Arte L!)

A 9ª rodada do Paulistão trouxe mais um clássico para ser apreciado pelos torcedores. Quem se deu melhor foi o Palmeiras, que venceu o São Paulo por 2 a 0. Tal resultado levou dois palmeirenses à Seleção: Dudu e Alecsandro, o craque do final de semana. Além deles, o técnico interino Alberto Valentim foi o melhor da rodada.

Já o Santos pressionou muito o Água Santa, mas não goleou por conta da grande atuação do goleiro Richard, também na Seleção. O Peixe, por sua vez, está representado apenas por Victor Ferraz.

O Corinthians não tomou conhecimento do Botafogo, fez somente o necessário para vencer e aplicou o placar de 3 a 0. Não à toa, Felipe, Uendel e Maycon estão entre os 11 melhores.

Completam a Seleção o zagueiro Naylhor, do Ituano, o meia Rodrigo Andrade, do Osasco Audax e os atacantes Rodolfo, do Capivariano e Anderson Cavalo, do São Bento.

A Seleção da rodada, como sempre, é definida de acordo com as notas dadas pela redação do LANCE! durante a cobertura dos jogos do campeonato. Entram na lista os jogadores que receberam a melhor avaliação em sua posição.

Confira o desempenho de cada um dos integrantes da lista:

Richard – goleiro – Água Santa – 7,0

Fechou o gol de seu time contra o Santos. Suas defesas, por vezes milagrosas, evitaram uma derrota pior.

Victor Ferraz – lateral-direito – Santos – 7,0

Teve muita liberdade para atacar pelo lado esquerdo da defesa adversária. Criou chances e deu assistência para gol.

Felipe – zagueiro – Corinthians – 7,5

Praticamente impecável na defesa, não cometeu vacilos e ainda marcou o seu gol na vitória corintiana.

Naylhor – zagueiro – Ituano – 7,0

Contribuindo para a fama de zagueiro-artilheiro, marcou dois gols na vitória do Ituano sobre o XV de Piracicaba.

Uendel – lateral-esquerdo – Corinthians – 7,0

Muito acionado, foi uma das peças mais importantes no ataque corintiano. Deu assistência para o gol de Danilo.

Maycon – Volante – Corinthians – 7,0

Um veterano em campo, não sente a responsabilidade. Faz transições da defesa para o ataque com muita facilidade e foi premiado com um gol.

Rodrigo Andrade – meia – Osasco Audax – 7,0

Apesar de seu time ter cedido o empate no fim, marcou dois gols e chegou ao ataque sempre com perigo. É o artilheiro do campeonato com 8 tentos.

Dudu – meia-atacante – Palmeiras – 7,5

Aproveitou o cansaço do São Paulo para fazer o que quis na defesa adversária. Chamou o jogo e fez um belo gol no clássico.

Rodolfo – atacante – Capivariano – 7,0

Marcou os dois gols de seu time no empate em 2 a 2 contra o Novorizontino. Responsável pelo ponto tão suado do Capivariano.

Anderson Cavalo – atacante – São Bento – 7,0

Na vitória por 3 a 0 de seu time sobre o Rio Claro, fez dois gols e foi um dos principais jogadores da partida.

Alecsandro – atacante – Palmeiras – 7,5

Não marcou o seu, mas foi o melhor no clássico. Abriu espaços, buscou o jogo, tabelou, deu assistência para um gol e começou a jogada do segundo.

Técnico: Alberto Valentim – Palmeiras – 7,0

Assumiu interinamente o time, que fez um primeiro tempo ruim, mas durante o clássico conseguiu corrigir os problemas e foi superior ao rival.



MaisRecentes

É possível admirar o estilo Fernando Diniz no São Paulo sem ser um Dinizete fanático



Continue Lendo

Corinthians vai de ‘melhor técnico do Brasil’ ao alto risco de eliminação no Paulista



Continue Lendo

Empolgação ou desonestidade? Estreia no Paulista pareceu rodada da Premier League



Continue Lendo