Corinthians, Grêmio e Palmeiras tomam conta da Seleção da 6ª Rodada do Brasileirão-2017



Corinthians e Grêmio, líderes do Brasileirão venceram suas partidas e confirmaram suas posições na tabela. O Timão bateu o São Paulo, por 3 a 2, na Arena. Já o Grêmio, também em casa, derrotou o Bahia, por 1 a 0. Outro destaque foi a vitória do Palmeiras sobre o Fluminense, por 3 a 1, dando sinais de que ainda pode reagir e brigar pelo título. Os três dominaram a Seleção da 6ª Rodada da competição. (Veja na galeria acima)

O paraguaio Romero, tão contestado, fez de tudo no clássico diante do Tricolor paulista, não à toa está no selecionado e foi o Craque da Rodada, além dele, o Corinthians está representado pelo volante Gabriel e pelo técnico Fábio Carille.

Já o Tricolor gaúcho levou quase toda a sua defesa para estar entre os melhores da rodada. O lateral-esquerdo Cortez, que marcou o gol da vitória sobre o Bahia, está na Seleção juntamente dos companheiros Pedro Geromel (zagueiro) e Edílson (lateral-direito).

No Allianz Parque, o Verdão parece ter acordado sob o comando de grande atuação do atacante Róger Guedes, do meia Guerra e do goleiro Fernando Prass. Essenciais para o triunfo sobre o Flu, os três estão no selecionado.

Apesar do empate em 2 a 2 com o Coritiba, no Engenhão, o Botafogo está representado por dois personagens entre os 11 melhores: O zagueiro Igor Rabello e o meia João Paulo.

Completa a Seleção o atacante Kayke, do Santos, responsável pelos dois gols da vitória de seu time contra o Atlético-PR, na Arena da Baixada.

IMPORTANTE: A Seleção da Rodada, como sempre, é definida de acordo com as notas dadas pela redação do LANCE! durante a cobertura dos jogos do Brasileirão. Entram na lista os jogadores que receberam a melhor avaliação em sua posição.

Técnico: Fábio Carille - Corinthians

Técnico: Fábio Carille – Corinthians

Confira as notas e o desempenho de cada integrante na rodada:

Fernando Prass – goleiro – Palmeiras – 7,5

Depois de críticas, teve atuação espetacular contra o Fluminense evitando o empate em duas oportunidades com defesas fantásticas, uma já nos acréscimos, pouco antes do terceiro gol palmeirense

Edílson – lateral-direito – Grêmio – 6,5

Consistente na defesa e com bom posicionamento, foi a principal saída de bola da equipe, jogadas passaram por seus pés na maioria das vezes. Foi quem mais ficou com a bola no time.

Pedro Geromel – zagueiro – Grêmio – 7,0

Como sempre, firme e preciso na defesa. Cortes sem falta e marcação impecável, além disso desviou a bola no primeiro pau para Cortez marcar o gol da vitória.

Igor Rabello – zagueiro – Botafogo – 7,0

Tem se destacado na defesa do Fogão com muita regularidade. Contra o Coritiba foi bem mais uma vez. Mostra ter um ótimo tempo de bola e precisão nos desarmes.

Cortez – lateral-esquerdo – Grêmio – 7,0

Foi oportunista e teve ótimo posicionamento para marcar o gol da vitória de seu time sobre o Bahia, após escanteio e desvio de Pedro Geromel, no primeiro pau.

Gabriel – volante – Corinthians – 7,5

Como sempre muita disposição na marcação no meio-campo e fôlego para ir ao ataque, em uma dessas descidas, aproveitou contra-ataque e rebote de Renan Ribeiro para marcar o segundo gol corintiano.

João Paulo – meia – Botafogo – 7,5

Participou da jogada dos dois gols botafoguenses no empate com o Coritiba. No primeiro, deu assistência para Roger marcar. No segundo cruzou a bola para a área que sobrou para Carli balançar a rede.

Guerra – meia – Palmeiras – 7,5

Joga muita bola, com espaço e apoio dos companheiros, domina o meio-campo distribuindo passes e ditando o ritmo do jogo. Abriu o placar para o Verdão com um belo chute de primeira.

Róger Guedes – atacante – Palmeiras – 7,5

Foi um jogo de redenção. Chamou a responsabilidade da partida. No segundo gol fez grande jogada individual passando por dois defensores e tocou para Keno marcar. Já no terceiro recebeu passe, arrancou com força e velocidade para finalizar com estilo e sacramentar o placar.

Romero – atacante – Corinthians – 8,5 (CRAQUE)

Foi o melhor da rodada. No clássico contra o São Paulo só faltou fazer chover. Flutuou pela fraquíssima defesa do rival e marcou o primeiro gol da partida, depois tabelou com Jô no segundo tento e participou da jogada que levou à marcação do pênalti convertido por Jadson.

Kayke – atacante – Santos – 8,0

Jogando fora de casa, contra o Atlético-PR, forte em sua Arena, aproveitou duas oportunidades como um legítimo centroavante e marcou os dois gols que levaram o Peixe a conquistar os três pontos.

Técnico: Fábio Carille – Corinthians – 7,0

Sabendo da fragilidade defensiva do adversário, soube explorar esses pontos fracos para chegar a uma contundente vitória. O placar de 3 a 2 foi enganoso, diante da superioridade corintiana. Lidera o campeonato com méritos.



MaisRecentes

É possível admirar o estilo Fernando Diniz no São Paulo sem ser um Dinizete fanático



Continue Lendo

Corinthians vai de ‘melhor técnico do Brasil’ ao alto risco de eliminação no Paulista



Continue Lendo

Empolgação ou desonestidade? Estreia no Paulista pareceu rodada da Premier League



Continue Lendo