Corinthians e São Paulo fazem temporada que contraria a lógica dos números em 2016



São Paulo tem aproveitamento em inferior ao do Corinthians, mas atingiu mais objetivos na temporada (Foto: Marcello Zambrana/AGIF)

São Paulo tem aproveitamento inferior ao do Corinthians, mas atingiu mais objetivos na temporada (Foto: Marcello Zambrana/AGIF)

O blog Super-Raio X é baseado em números do futebol e análises que tenham relação com eles, mas nem sempre os dados explicam tudo, pelo contrário. Basta ver o ranking de aproveitamento dos clubes da Série A em 2016:

Aproveitamento dos clubes da Série A no ano de 2016

Aproveitamento dos clubes da Série A no ano de 2016, contando apenas partidas oficiais

Não precisamos nem pegar muitos exemplos dessa lista para provar a tese de que em alguns (vários) momentos os números só provam que o futebol não é uma ciência exata. Veja o Corinthians com o segundo melhor desempenho neste ano, maior número de vitórias, maior pontuação e… Eliminação dos dois torneios que participou até aqui.

Por outro lado, o São Paulo aparece com o segundo pior aproveitamento entre os 20 clubes da elite do Brasileirão. Conquistou pouco mais da metade dos pontos disputados e é um dos times que mais derrotas acumulou até aqui, só à frente do Sport. Foi eliminado pelo Osasco Audax no Paulistão, mas está classificado para a semifinal da Copa Libertadores, filé mignon das equipes brasileiras na temporada.

Só o futebol pode explicar um time com mais de 70% dos pontos conquistados, que pouco oscilou durante este ano, podendo atingir, até aqui, menos objetivos que o rival, que tem feito um ano de resultados no limite, apertados e sempre transitando entre a classificação e a eliminação.

Na última quarta-feira o Tricolor eliminou o Atlético-MG na Libertadores com o regulamento embaixo do braço, perdeu o jogo por 2 a 1, mas contou com o gol fora de casa para garantir a passagem para a próxima fase. O mesmo critério foi o algoz do Timão na competição. Empatou em 2 a 2 a partida de volta das oitavas de final com o Nacional e deu adeus ao torneio por ter empatado em 0 a 0 no Uruguai.

Até este momento da temporada, levou vantagem quem mais soube decidir, quem teve mais sangue frio para jogar ao lado do regulamento. Em três partidas o Corinthians “desperdiçou” os números que construiu, já o São Paulo, principalmente nos duelos de vida ou morte, salvou uma temporada que dava toda a pinta de estar perdida.

Nos pontos corridos os corintianos podem até se dar melhor do que os são-paulinos, mas não muda em nada o fato de que o futebol não aceita fórmulas e receitas para premiar seus vencedores. Perdem as estatísticas, ganham os fãs do esporte.



  • Hélio

    Infelizmente, o Timão não está sabendo jogar as partidas decisivas em casa. Não perde, mas também não vence. Tite deve reavaliar, o que provavelmente já está fazendo, sua estratégia para esse tipo de competição, pois a Copa do Brasil pode ser vencida. Desde que não jogue como jogou contra o Nacional no Uruguai.

  • Leandro Lucena

    kkkkkkkk olha o tetra campeonato aiiii kkkkkkkkkk galinhada pira kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk. E LI MI NA DOS

  • Vicente

    O Corinthians só joga de forma covarde por culpa do sistema extremamente defensivo do Tite ! Se ganhamos títulos, foi muito em razão de talentos individuais, pois a maior prova disso é que quando o time não é bom, o Tite não consegue ganhar nem do Audax . Aquele jogo contra o Nacional no qual o Corinthians não deu um chute a gol, foi o cúmulo da covardia !

  • PrGirafales

    só o sport tem aproveitamento pior em jogos do que o Sao Paulo no ano, a campanha do Sao Paulo é ridicula…. mas ops, estamos nas Semi da Libertadores ……. podem chorar com numeros que quem ta disputando a libertadores é o tricolor paulista

MaisRecentes

Vinicius Junior é o Craque e Vitória se destaca na Seleção da 21ª Rodada do Brasileirão-2017



Continue Lendo

No Brasileirão, Corinthians se dá melhor quando não tem vantagem na posse de bola



Continue Lendo

Aproveitamento do Corinthians na temporada 2017 seria Top 10 na elite da Europa



Continue Lendo