Corinthians desponta como o mais disciplinado nos números da arbitragem no Paulistão



Corinthians foi a equipe que menos levou cartões até aqui no Paulistão 2016 (Foto: Alan Morici/Lancepress!)

Corinthians foi a equipe que menos levou cartões até aqui no Paulistão 2016 (Foto: Alan Morici/Lancepress!)

Com o fim da primeira fase é possível apresentar um diagnóstico consolidado dos números registrados até aqui. Para começar a apresentação desses dados, iniciaremos com tudo aquilo que foi relacionado aos cartões amarelos, vermelhos e arbitragem.

No quesito disciplina quem levou vantagem (e muita) foi o Corinthians. Ao todo, o Timão levou apenas 20 amarelos e um vermelho. O segundo melhor foi o Osasco Audax com 27 amarelos e nenhum vermelho. Já o mais indisciplinado foi o Red Bull, com 48 amarelos e quatro vermelhos.

Vale destacar que o Água Santa foi a equipe que teve mais expulsões (5). Enquanto Osasco Audax, Santos, São Bento, Novorizontino e Palmeiras terminaram a primeira fase sem levar cartões na cor vermelha. Veja a tabela completa:

Ranking de cartões por time durante a primeira fase do Paulistão 2016.

Ranking de cartões por time durante a primeira fase do Paulistão 2016

Ainda falando em expulsões, das 39 que aconteceram na competição, 21 foram por conta do segundo cartão amarelo e 18 ocorreram em virtude do vermelho direto. 38 jogadores diferentes foram expulsos, apenas Marcão, volante do Linense, foi para o banho mais cedo em duas oportunidades.

Não poderia faltar uma pequena lista dos jogadores mais indisciplinados da competição até aqui. O primeiro da fila é justamente do time que mais levou cartões, o Red Bull. Confira os nomes e suas respectivas advertências:

Éverton Silva – Red Bull – 7 amarelos/1 vermelho
Marcão – Linense – 5 amarelos/2 vermelhos
Gabriel Dias – Mogi Mirim – 6 amarelos/1 vermelho
Guly – Ituano – 6 amarelos
Betinho – Oeste – 6 amarelos
Marcelinho Paraíba – Oeste – 6 amarelos
Luis Felipe – Rio Claro – 6 amarelos

Há também que se fazer uma homenagem àqueles que prezaram pela disciplinas, passando a primeira fase sem levar sequer um cartão. Confira os nomes abaixo:

Mike – meia-atacante – Osasco Audax – 15 jogos e nenhum cartão
Fábio Bahia – volante – São Bento – 15 jogos e nenhum cartão
Henal – goleiro – São Bento – 15 jogos e nenhum cartão
Denis – goleiro – São Paulo – 15 jogos e nenhum cartão

Todos esses cartões amarelos e vermelhos não entrariam na conversa se não fossem aplicados por alguém e esses personagens – os árbitros – não foram esquecidos. Flávio Rodrigues de Souza foi quem mais apitou e mais aplicou cartões amarelos. Foram 13 jogos e 60 advertências. Em média, a liderança do ranking é de Marcelo Aparecido de Souza que mostrou 6,44 amarelos por jogo. Veja a lista completa:

Lista com o número de jogos, cartões e a média de amarelos aplicados pelos árbitros deste Paulistão

Lista com o número de jogos, cartões e a média de amarelos aplicados pelos árbitros deste Paulistão

Em um ranking separado, estão indicados os árbitros que mais expulsaram neste Paulistão. Marcelo Aparecido de Souza, líder de cartões, em média, mostrou sete vermelhos e desponta na lista. Já outros seis juízes não utilizaram da advertência máxima para punir. Observe a tabela:

Tabela mostra quantos cartões vermelhos cada árbitro mostrou nesta edição do Paulistão

Tabela mostra quantos cartões vermelhos cada árbitro mostrou nesta edição do Paulistão



  • airton

    8 pênaltis a FAVOR

    NENHUM CONTRA.

    LAVAAJATO ITAQUERA O REI DO APITO AMIGO.

    • APITO AMIGO VERDE

      PEPAS GOLS IMPEDIDOS 4 A FAVOR NENHUM CONTRA

  • MALOQUEIRO

    Chorem no colo de vossas mães

MaisRecentes

Juntos, Corinthians e Palmeiras chegam a R$ 50 milhões em bilheteria no Brasileirão-2017



Continue Lendo

Botafogo e Flamengo têm novo prejuízo e cariocas ainda não lucraram no segundo turno



Continue Lendo

Cueva brilha e São Paulo domina a Seleção da 24ª Rodada do Brasileirão-2017



Continue Lendo