Corinthians e Audax vencem e são os destaques na Seleção da 10ª Rodada do Paulistão



Confira a Seleção da 10ª Rodada do Paulistão-2016

Confira a Seleção da 10ª Rodada do Paulistão-2016 (Crédito: Arte Lance!)

Entre os quatro grandes do Paulistão, apenas o Corinthians venceu e isso se reflete claramente na Seleção da 10ª da competição que, além do Timão, tem o destaque do Osasco Audax, algoz do Palmeiras no final de semana.

A goleada corintiana por 4 a 0 em cima do Linense levou cinco representantes para o selecionado: Edílson, Balbuena, Willians, Romero, e o técnico Tite. O atacante paraguaio, aliás, foi o craque da rodada com a maior nota (8,5) entre os colegas.

Quem também teve atuação louvável foi o Osasco Audax que não tomou conhecimento do Palmeiras e teve total controle do jogo. Esse desempenho garantiu três atletas na Seleção: Velicka, Camacho e Juninho.

Completam a lista o goleiro Bruno Brígido, do XV de Piracicaba, o zagueiro Leonardo Luiz, do Ituano e os atacantes Ricardo Bueno, do Oeste, e Edno, do São Bento.

A Seleção da rodada, como sempre, é definida de acordo com as notas dadas pela redação do LANCE! durante a cobertura dos jogos do campeonato. Entram na lista os jogadores que receberam a melhor avaliação em sua posição.

Confira o desempenho de cada um dos integrantes da lista:

Bruno Brígido – goleiro – XV de Piracicaba – 7,0

Apesar de ter levado gol de empate no fim, evitou a derrota de seu time com excelentes defesas e garantiu um ponto suado.

Edílson – lateral-direito – Corinthians – 8,0

Marcou após interceptar passe e avançar sozinho pelo meio. Cobrou a falta do segundo gol e iniciou a jogada do primeiro.

Leonardo Luiz – zagueiro – Ituano – 7,0

Na defesa jogou sério, sem dar chances ao adversário. No ataque apareceu bem e fez, de cabeça, o gol de empate da partida.

Balbuena – zagueiro – Corinthians – 7,5

Subiu sozinho e cabeceou com precisão para marcar seu primeiro gol pelo clube. Impecável na zaga, antecipou-se aos adversários.

Velicka – lateral-esquerdo – Osasco Audax – 7,0

Sofreu o pênalti e cobrou para abrir o placar. No aspecto tático, é um dos principais responsáveis por fazer a bola rodar.

Willians – volante – Corinthians – 6,5

Novamente foi quem mais desarmou: sete vezes (segundo o Footstats). Errou uma saída de bola, mas Vilson corrigiu.

Camacho – meia – Osasco Audax – 7,5

Marcou um lindo gol, após avançar e tabelar com o companheiro. Jogou como quis no meio-campo, aproveitando a fragilidade palmeirense.

Juninho – meia – Osasco Audax – 7,0

Foi quem mais driblou na rodada, infernizou a defesa do Palmeiras e deu bons passes. Quase marcou um gol se não fosse a trave.

Ricardo Bueno – atacante – Oeste – 7,0

Marcou o gol da vitória de seu time no último minuto da partida. Deu assistência para o companheiro e criou outras boas chances.

Romero – atacante – Corinthians – 8,5 (CRAQUE)

Chamou a responsabilidade e jogou muito, não só pelos dois lindos gols (o primeiro, em impedimento). Infernizou pelos lados do campo.

Edno – atacante – São Bento – 7,0

Essencial para a vitória, marcou seu gol, deu assistência para outro e ainda teve tempo de desperdiçar oportunidade clara.

Técnico: Tite – Corinthians – 7,5

No esquema 4-1-4-1, o time reserva manteve o padrão de jogo do titular. Mais uma vitória sem sustos em casa.



MaisRecentes

Venha sem preconceitos, pois precisamos falar da fase de Felipe Melo no Palmeiras



Continue Lendo

No futebol nossa torcida é mais contra ou a favor? Até que ponto a paixão nos cega?



Continue Lendo

Mesmo sem estar com a barriga cheia, Palmeiras parece não ter fome em 2019



Continue Lendo