Copete e Douglas brilham e se destacam na Seleção da 12ª Rodada do Brasileirão-2017



Na rodada em que nenhum pênalti foi convertido, os destaques não poderiam ser diferentes senão os goleiros. Dois deles especialmente: Jefferson, do Botafogo e Douglas, do Avaí. No entanto um só poderia entrar para a Seleção da 12ª Rodada do Brasileirão-2017 e o escolhido foi Douglas, pela partida monstruosa que garantiu a vitória por 2 a 0 de seu time sobre o Grêmio, um dos gigantes deste campeonato.

Mesmo com o brilho dos arqueiros, um colombiano santista superou essas atuações e com uma força além do comum. Copete marcou os três gols da vitória sobre o São Paulo, por 3 a 2, ostentando uma chocante queimadura em sua barriga. Por essas, ele é o Craque da Rodada. Outro personagem do Santos é o técnico Levir Culpi, que venceu um clássico.

Além do goleiro Douglas, o Avaí levou dois atletas para o selecionado. O volante Wellington Simião, autor de um golaço, e Junior Dutra, com um gol e uma assistência. Essa tríade heroicamente bateu o Tricolor gaúcho em sua Arena.

Quem teve destaque em outra Arena, foi Jô, do Corinthians, que marcou mais um belo gol no triunfo sobre a Ponte Preta por 2 a 0. Também do Timão, Pablo integra a lista dos melhores da rodada.

O Sport, que bateu o Coritiba, fora de casa, por 3 a 0, teve grande participação do chileno Mena, responsável direto por dois gols, e do zagueiro Ronaldo Alves, decisivo nas duas partes do campo.

Completam a Seleção o volante Lucas Romero, improvisado na lateral direita e o meia Thiago Neves, ambos do Cruzeiro, e o meia-atacante Éverton, do Flamengo.

IMPORTANTE: A Seleção da Rodada, como sempre, é definida de acordo com as notas dadas pela redação do LANCE! durante a cobertura dos jogos do Brasileirão. Entram na lista os jogadores que receberam a melhor avaliação em sua posição.

Técnico: Levir Culpi - Santos

Técnico: Levir Culpi – Santos

Confira as notas e os desempenhos de cada integrante da Seleção:

Douglas – goleiro – Avaí – 8,5

Espetacular, qualquer comentário que for feito será pouco. Pegou um pênalti e fez mais quatro defesas incríveis, dentro da Arena do Grêmio, em uma das melhores atuações individuais do campeonato.

Lucas Romero – lateral-direito – Cruzeiro – 6,5

Improvisado mais uma vez na lateral, fez outra partida segura na marcação e deu as caras no ataque, inclusive no segundo gol.

Ronaldo Alves – zagueiro – Sport – 7,0

Surpreendo ao fazer intervenções essenciais na zaga, com desarmes precisos e deu passe belíssimo para Mena marcar o primeiro do jogo.

Pablo – zagueiro – Corinthians – 6,5

Regular como sempre, foi importante ao travar três chances de finalização da Ponte. Impressiona a solidez de suas atuações.

Mena – lateral-esquerdo – Sport – 7,5

Luxemburgo o avançou para o meio, mas revezou na lateral com Sander. Fez jogadas incisivas no ataque, marcou um gol e deu passe para o segundo em cruzamento milimétrico.

Wellington Simião – volante – Avaí – 7,0

Tem facilidade para defender e atacar como meio-campista. Em uma de suas descidas, recebeu passe em condição e em chute colocado, marcou um golaço, sem chance para o goleiro Léo, do Grêmio.

Thiago Neves – meia – Cruzeiro – 7,5

Tem sido o diferencial da Raposa. No lance de seu gol, retomou a bola no meio, e se projetou à frente para achar seu espaço e finalizar de forma impressionante para balançar a rede.

Éverton – meia – Flamengo – 7,5

Time pode ter quantos craques quiser, se Éverton não jogar bem, não há jogo. E mais uma vez ele apareceu para salvar. De cabeça, marcou seu gol, o da vitória, no clássico contra o Vasco.

Copete – atacante – Santos – 8,5 (CRAQUE)

Clássico é com ele e dessa vez em dose tripla. Estava em noite inspirada e decidiu para o Peixe. Marcou os três gols da vitória santista e superou uma queimadura enorme em sua barriga para fazer a diferença na Vila.

Junior Dutra – atacante – Avaí – 7,0

Deu passe para Wellington Simião marcar golaço e completou jogadaça, iniciada por ele mesmo, marcando o gol que sacramentou a vitória.

Jô – atacante – Corinthians – 7,5

Talvez seja o melhor atacante do campeonato. Marcou um belo gol contra a Ponte e participou do lance do primeiro tento. Chama a atenção sua eficiência próximo ao gol.

Técnico: Levir Culpi – Santos – 7,0

Pode estar penando para se acertar no Santos, mas time já demonstra evolução. Foi melhor do que o São Paulo em boa parte do jogo, poderia ter goleado o rival e explorou bem a fragilidade alheia. Embora tenha caído de produção no fim, ganhou clássico e subiu na tabela.



MaisRecentes

Roger Machado chega ao Palmeiras com respaldo de analistas e desconfiança do torcedor



Continue Lendo

Fluminense passa dos R$ 3 milhões de prejuízo e clubes do Rio têm saldo negativo no Brasileirão



Continue Lendo

Após pintura de Otero, Atlético-MG domina a Seleção da 36ª Rodada do Brasileirão-2017



Continue Lendo