Contra o Flu, Dudu igualou recorde de faltas sofridas em um jogo do Brasileirão-2018



Dudu sofreu dez faltas contra o Fluminense e igualou o recorde desta edição do Brasileirão (Foto: Flickr Palmeiras)

Um dos melhores jogadores do Brasileirão-2018 e ídolo do Palmeiras, líder da competição até aqui, Dudu é alvo das marcações mais duras e acirradas dos adversários, nem tanto com violência, porém com o objetivo de pará-lo nas jogadas. Esse status faz dele o atleta que mais sofreu faltas na competição após 34 rodadas, tanto em números absolutos, quanto em média por jogo, de acordo com o Footstats.

Porém, no triunfo por 3 a 0 sobre o Fluminense, na última quarta-feira, isso passou dos limites, e o camisa 7 foi parado com dez faltas, igualando o recorde de Lucas Fernandes, do Vitória, contra o Paraná, na 32ª Rodada. Enquanto o palmeirense recebeu 43,5% das infrações da equipe, o meia-atacante do clube baiano sofreu 55,5%, ou seja, proporcionalmente Dudu foi um pouco menos visado.

Até aqui, o ídolo do Verdão sofreu 105 faltas em 27 jogos que disputou, o que lhe dá uma média de 3,9 por partida. Logo atrás dele está Zé Rafael, do Bahia, que foi parado 95 vezes em 30 duelos, média de 3,2. No mesmo patamar ainda estão Romero, do Corinthians, Lucas Fernandes, do Vitória, e Luan, do Grêmio.

Se Dudu é o jogador que mais sofre faltas no Brasileirão-2018, o Palmeiras é clube que mais comete faltas no campeonato. Ao todo são 606 infrações palmeirenses em 34 rodadas, média de 17,8 por jogo. No entanto, o Verdão é o segundo que mais recebe faltas, perdendo apenas para o Vitória que, por sua vez, é o segundo que mais comete.

Já o jogador que mais comete faltas na competição, tanto em números absolutos, quanto em média, é o volante Gregore, do Bahia, com 109 infrações, 3,4 por partida. Atrás dele aparecem dois companheiros de Bahia: Elton e Zé Rafael, além de Rodrigo Dourado, do Internacional, e Richardson, do Ceará.

Confira na galeria abaixo os rankings citados no texto acima:

Obs.: Só entram na conta os jogadores que disputaram 17 jogos ou mais do Brasileirão-2018, o que significa 50% das partidas realizadas por cada clube na competição.



MaisRecentes

Fair play financeiro? Palmeiras domina arrecadação do Brasileirão-2018



Continue Lendo

Palmeiras e Rojas fecham Brasileirão no topo da lista de amarelos por reclamação



Continue Lendo

No Brasileirão-2018, 67% dos jogos no Rio de Janeiro tiveram prejuízo com bilheteria



Continue Lendo