Com brilho de Neilton, Santos, Atlético-MG e Fluminense dominam a Seleção da 17ª rodada do BR-16



Seleção da Rodada - Brasileirão 17ª Rodada

Confira a Seleção da 17ª Rodada do Brasileirão-2016 (Crédito: Arte Lance!)

Após oito rodadas, a liderança do Brasileirão-2016 mudou de mãos. A posição que parecia não sair do controle do Palmeiras foi passada ao Corinthians, que venceu o Internacional por 1 a 0, fora de casa. No entanto, aquilo que tirou o Verdão da ponta foi a derrota para o Botafogo, com atuação de gala de Neilton, Craque da Rodada e comandado com maestria por Ricardo Gomes.

Quem também ultrapassou o Palmeiras foi o Santos, que venceu o Cruzeiro, na Vila Belmiro, por 2 a 0, placar construído com participação essencial dos laterais do Peixe: Victor Ferraz, pela direita, e Caju, pela esquerda.

Outro time que chega forte para a briga é o Atlético-MG, que atropelou o Santa Cruz por 3 a 0, no Independência. Resultado que contou com Robinho e Fred em noite inspirada, além de Leonardo Silva garantindo a segurança na zaga.

Em outro setor da tabela, o Fluminense bateu a Ponte Preta por 3 a 0, favorecido pelos desempenhos acima da média de Cícero e Gustavo Scarpa, responsáveis diretos pela vitória do Flu.

Já no jogo de maior público da rodada (54.996 pagantes) e, até aqui, do campeonato, o São Paulo foi buscar o empate contra a Chapecoense, graças aos dois gols do peruano Cueva e às defesas de Denis, que evitou o pior. A Chape, por sua vez, teve na figura do zagueiro William Thiego uma boa atuação.

A Seleção da Rodada, como sempre, é definida de acordo com as notas dadas pela redação do LANCE! durante a cobertura dos jogos do Brasileirão. Entram na lista os jogadores que receberam a melhor avaliação em sua posição.

Confira as notas e o desempenho de cada um dos integrantes:

Denis – goleiro – São Paulo – 7,0

Outra grande atuação do goleiro são-paulino que, aliás, vive boa fase. Fez duas ótimas defesas no fim da partida que evitaram a derrota do Tricolor em casa.

Victor Ferraz – lateral-direito – Santos – 7,0

Boa partida de Victor Ferraz em ambos os setores de atuação, com destaque para as chegadas de linha de fundo, em uma delas originou o gol contra de Lucas.

William Thiego – zagueiro – Chapecoense – 7,0

Foi firme na grande maioria das divididas e das antecipações na defesa. Além disso, foi ao ataque para marcar gol de cabeça, após cobrança de falta.

Leonardo Silva – zagueiro – Atlético-MG – 7,0

Não deu a menor chance aos atacantes do Santa Cruz, principalmente Grafite, que não conseguiu jogar. Foi responsável também por sair bem com a bola a partir do campo de defesa.

Caju – lateral-esquerdo – Santos – 7,0

Dessa vez conseguiu equilibrar sua atuação ofensiva e defensiva, passou ileso de comprometer o placar. Deu grande assistência para Vitor Bueno marcar o primeiro gol do Peixe.

Cícero – volante – Fluminense – 7,5

Vive fase artilheira na temporada, dessa vez marcando duas vezes e, praticamente, sacramentando a vitória do Flu contra a Ponte Preta. Tem grande senso de posicionamento e conhece os atalhos.

Gustavo Scarpa – meia – Fluminense – 8,0

Mais um jogador que faz ótima temporada pelo Flu. Participou dos três lances de gol da partida, arriscou boas jogadas de ataque e dá toque de qualidade raro na equipe.

Cueva – meia – São Paulo – 7,5

Talvez um dos poucos são-paulinos a assumir a responsabilidade e ter personalidade para tentar reverter o placar. Foi premiado com dois gols, um deles de pênalti, e garantiu pelo menos um ponto ao Tricolor.

Robinho – atacante – Atlético-MG – 7,5

Está jogando o fino da bola, repetiu e aperfeiçoou a atuação que teve contra o Palmeiras. Marcou o seu gol e participou diretamente dos outros dois. Bem fisicamente, é praticamente impossível pará-lo.

Neilton – atacante – Botafogo – 8,5

Disparado o melhor da rodada. Acabou com a defesa palmeirense com dribles desconcertantes tanto na direita quanto na esquerda. Fez dois belos gols, principalmente o segundo ao deixar Jean e Edu Dracena na saudade.

Fred – atacante – Atlético-MG – 7,5

Ao lado de Pratto, fez valer a aposta de Marcelo Oliveira e se movimentou por todos os setores do ataque dando dinâmica ao jogo. Em uma das grandes tabelas com Robinho, recebeu na cara do gol para deixar o seu.

Técnico: Ricardo Gomes – Botafogo – 7,5

Não conta com grandes nomes em seu elenco, mesmo assim arma o time dentro das limitações oferecidas e está longe de fazer feio. Contra o Palmeiras, nem parecia que enfrentava o então líder da competição. Explorou os erros crassos do adversário e matou o jogo quando quis. Equipe sobrou durante os 90 minutos.



  • Johnny Matheus

    Scarpa mito😉

MaisRecentes

Corinthians, Cruzeiro e Palmeiras dominam a Seleção da 10ª Rodada do Brasileirão-2017



Continue Lendo

Fred e Henrique Dourado lideram artilharia do Brasil em 2017; veja ranking



Continue Lendo

Flamengo, Corinthians e Botafogo dominam a Seleção da 9ª Rodada do Brasileirão-2017



Continue Lendo