Campeão da Libertadores, quase metade dos gols do Grêmio no ano foram feitos por pratas da casa



Ninguém contesta o sucesso do Grêmio na temporada. Considerado o futebol melhor jogado do Brasil em 2017, o time de Renato Gaúcho levantou o título de campeão da Copa Libertadores e vai disputar o Mundial de Clubes nos Emirados Árabes nas próximas semanas. Toda essa glória teve participação ativa dos jogadores da base gremista, já que 40% dos gols da equipe neste ano foram marcados por pratas da casa.

Comandados por Luan, os garotos que saíram das categorias de base do clube gaúcho talvez tenham sido o grande diferencial para as conquistas de 2017 e a base do trabalho de Renato na montagem de um time que não investiu tanto quanto os concorrentes. O camisa 7 do Grêmio foi eleito o melhor jogador da competição continental e, até o momento, é o artilheiro da equipe na temporada.

Sem contar Arthur, o melhor jogador da decisão contra o Lanús, e a maior revelação do futebol brasileiro neste ano. O volante e Luan se somam a outros seis pratas da casa que anotaram pelo menos um gol pelo Grêmio em 2017: Lucas Rex,  Éverton, Pedro Rocha (negociado com o CSKA Moscou em agosto), Dionathã, Kaio e Rafael Thyere. Juntos, eles marcaram 47 dos 117 gols do time na temporada.

A utilização das categorias de base, porém, nem sempre surte o mesmo efeito. O Fluminense teve praticamente a mesma participação dos pratas da casa nos gols da equipe em 2017 (46 dos 117 tentos), no entanto, vive situação completamente diferente do time gaúcho. Abel Braga e seus comandados chegaram até a brigar contra o rebaixamento no Brasileirão, e o lançamento dos jovens ao longo da temporada foi mais por necessidade do que por um planejamento, já que por ter investimento limitado, teve de partir para essa alternativa.

Outro caso que chama bastante a atenção é o do Palmeiras. Campeão Paulista sub-11, sub-15 e sub-20, vice-campeão Paulista sub-13 e sub-17, e campeão da Copa do Brasil sub-17, o Verdão talvez tenha trilhado seu ano de maior sucesso nas categorias de base do clube, porém se olharmos para equipe profissional, veremos que nenhum dos 111 gols anotados em 2017 partiu de um jogador prata da casa. Isso faz do Alviverde o único entre os 11 considerados grandes da Série A do Brasileirão a não ter em sua lista de artilheiros do ano um jovem de sua base.

Confira na tabela abaixo o número de gols dos pratas da casa em cada um dos grandes clubes da Série A:

Gols marcados por pratas da casa nos grandes da Série A em 2017



MaisRecentes

São Paulo é o líder em pênaltis cometidos no Brasileirão-2017; Vasco não teve nenhum a favor



Continue Lendo

Campeões do ano, Corinthians, Grêmio e Cruzeiro têm as melhores defesas da temporada



Continue Lendo

Palmeiras fecha 2017 como o melhor mandante da temporada entre os clubes de Série A



Continue Lendo