Campeão, Corinthians domina a Seleção LANCE! do Paulistão-2017



Não foram poucos aqueles que instituíram o Corinthians como a quarta força do Paulistão. E havia motivos, de fato. Na comparação com os rivais, era o time menos talentoso no papel, com um elenco limitado tecnicamente, mas o futebol é jogado dentro de campo e foi lá que o Timão provou o seu valor.

O técnico Fabio Carille, o melhor da competição, fez um trabalho magnífico de extrair o que tinha de melhor em seu grupo. Trabalhou a defesa de forma a ser praticamente uma barreira intransponível, poucas vezes vazada e raramente ameaçada.

No ataque, a contestação foi constante, já que a média de gols era baixa, porém como muito se fala por aí, o que vale não é a quantidade e sim a qualidade. Foi assim que o setor ofensivo corintiano teve sucesso, aparecendo nos momentos certos, com eficiência e participações decisivas, algo personificado em Jô, que guardou uma bola na rede em cada clássico que disputou.

Dessa forma, não haveria como a Seleção do LANCE! do Campeonato Paulista não ser dominada pelo Corinthians. São oito jogadores além do técnico entre os melhores da competição. Apesar de ser um time que se caracteriza pelo coletivo, teve Jadson como o Craque do Paulistão, de acordo com a média da notas dadas pelos jornalistas da redação do jornal.

O São Paulo, eliminado pelo Timão na semifinal, teve dois jogadores entre os onze do selecionado. O meia Cueva, que havia sido o Craque da primeira fase do campeonato, e o centroavante Gilberto que, com nove gols, dividiu a artilharia do Paulistão com William Pottker, da Ponte Preta, outro que também está na Seleção.

IMPORTANTE: A Seleção do Paulistão, como sempre, é definida de acordo com a média das notas dadas pela redação do LANCE! durante a cobertura dos jogos do campeonato. Entram na lista os jogadores que receberam a melhor avaliação em sua posição.

Seleção do Campeonato Paulista

Seleção do Campeonato Paulista

Confira as notas e a avaliação de cada um dos integrantes da Seleção:

Cássio – goleiro – Corinthians – 6,2

Cresceu de produção na fase final da competição e levantou a taça de seu time campeão.

Fagner – lateral-direito – Corinthians – 6,2

O mais regular da posição durante a disputa e importantíssimo para seu time levar o Paulistão.

Balbuena – zagueiro – Corinthians – 6,2

Mais um que cresceu ao longo do torneio, deu segurança à zaga e fez dupla incontestável com Pablo.

Pablo – zagueiro – Corinthians – 6,6

Melhor zagueiro do Paulistão, um dos melhores jogadores do campeonato e participação impecável. Dá o tom na defesa corintiana.

Guilherme Arana – lateral-esquerdo – 6,5

Facilmente o melhor de sua posição, excelente no ataque e progresso no setor defensivo ao longo da competição.

Jadson – meia – Corinthians – 6,7 (CRAQUE)

Craque do campeonato pelas notas do LANCE!, pois é o jogador mais diferenciado do time, dá o toque de qualidade em um grupo que tem por característica o aspecto coletivo.

Rodriguinho – meia – Corinthians – 6,3

Apareceu em momentos decisivos, depois de oscilar na primeira parte da competição. Outro personagem essencial na conquista.

Cueva – meia – São Paulo – 6,7

Fez excelente primeira fase, sendo o Craque do campeonato à época, mas uma lesão não lhe permitiu sequência. Foi discreto nas decisões.

William Pottker – atacante – Ponte Preta – 6,5

Artilheiro do campeonato, praticamente levou a Ponte nas costas em alguns momentos, mesmo que nas finais não tenha ido bem.

Gilberto – atacante – São Paulo – 6,6

Reserva de Lucas Pratto, agarrou as chances como titular e foi artilheiro do Paulistão ao lado de Pottker, com nove gols.

Jô – atacante – Corinthians – 6,5

Foi o rei dos clássicos, marcando em todos os jogos desse tipo. Cinco de seu seis gols no campeonato foram contra arquirrivais.

Técnico: Fabio Carille – Corinthians – 6,4

Fez um trabalho excelente com um time que não parecia que iria vingar. Com um grupo tecnicamente abaixo dos rivais, buscou alternativas e definitivamente montou a melhor equipe da competição em termos coletivos, sofrendo poucos gols e sendo eficiente no ataque. Título muito merecido.



  • Jefferson MUNDIAL FIFA=2

    ISSO É UM ABSURDO!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
    NÃO TEM NINGUÉM DO REAL MADRID DAS AMÉRICAS
    KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

  • Denis

    Bem que eu queria o William Pottker no meu time pra fazer sombra ao Ricardo Oliveira mas ele já está acertado com o Internacional, Rodrigão deve ser emprestado, daí só vai ter o Kayke pra substituir o Ricardo Oliveira.

  • João Costa

    Uai, nenhum do “melhor elenco” do Brasil, do “Real Madrid brasileiro”???.

MaisRecentes

Aubameyang? Messi? Dybala? Veja quem são os artilheiros da atual temporada europeia



Continue Lendo

Na Turquia, Vagner Love tem a melhor média de gols da carreira



Continue Lendo

Flamengo e Corinthians são os mais disciplinados do Brasileirão; Vasco é o único sem expulsos



Continue Lendo