Caldeirão? Santos já tem mais derrotas como mandante nesta temporada do que em 2016



Santos está há três jogos sem vencer na temporada. Início é o pior desde 2012 (Foto: Guilherme Dionizio/Photo Press)

Santos chegou à sua terceira derrota em casa na temporada. É o pior dos quatro grandes de SP (Foto: Guilherme Dionizio/Photo Press)

Uma das principais armas do Santos parece não estar funcionando nesta temporada. Com a derrota para o Palmeiras por 2 a 1 na Vila Belmiro, o time de Dorival Junior chegou ao seu terceiro revés como mandante em 2017, mais do que em todo o ano passado, quando perdeu duas vezes (Internacional e Figueirense).

Retrospecto do Santos como mandante na temporada 2016 x 2017

Comparativo do retrospecto do Santos como mandante na temporada 2016 e 2017

O clássico com o Verdão foi o segundo que o Peixe saiu derrotado dentro de seus domínios. O primeiro foi para o São Paulo, também de virada. Na ocasião os são-paulinos venceram por 3 a 1. A outra derrota santista na Vila nesta temporada foi para a Ferroviária por 1 a 0.

Vale lembrar que o time da Baixada levou a pior nos três clássicos que disputou no Paulistão-2017, além dos dois na Vila, perdeu para o Corinthians por 1 a 0, na Arena em Itaquera.

Assim, o retrospecto do Santos na Vila Belmiro em jogos oficiais em 2017 é de três vitórias e três derrotas, 50% de aproveitamento, o pior entre os quatro grandes de São Paulo.

Retrospecto dos quatro grandes de São Paulo como mandantes em 2017

Aproveitamento dos quatro grandes de São Paulo como mandantes em 2017



  • Denis

    Vila Belmiro virou casa de mãe Joana esse ano os adversários fazem a festa, já deixou de ser temida, mesmo sendo santista.

  • airton

    Tá mais pra panelinha de mornar leite.

  • airton

    Renda média de 250 mil pode ser considerado time grande ??????

MaisRecentes

FPF fatura mais de R$ 3 milhões com bilheteria, sendo quase R$ 1 milhão com jogos do Palmeiras



Continue Lendo

Sem alternativas contra a Ponte, Palmeiras bate recorde de cruzamentos e passes errados



Continue Lendo

Em três meses, São Paulo já marcou metade dos gols que anotou na temporada passada



Continue Lendo