Borja marca na estreia, Palmeiras goleia e domina a Seleção da 6ª Rodada do Paulistão-2017



 

Dos quatro grandes do Paulistão, apenas o São Paulo não comemorou uma vitória no sábado de Carnaval. Corinthians, Palmeiras e Santos somaram três pontos cada e puderam ir para suas devidas folgas com tranquilidade. Destaque maior foi para o Verdão, que além de ter a ótima estreia de Borja, foi representado por mais quatro personagens na Seleção da 6ª Rodada, com direito a ter o Craque Keno, o melhor do final de semana de acordo com as notas do LANCE!

A goleada por 4 a 1 sobre a Ferroviária teve grande atuação de Michel Bastos e Edu Dracena, mas como dito anteriormente, o melhor foi Keno, que abriu o placar do duelo. O técnico Eduardo Baptista, sob desconfiança, obteve a maior nota na rodada e está no selecionado.

Outro time que está bem representado é Corinthians, após grande vitória de virada sobre o Mirassol, por 3 a 2. O zagueiro Pedro Henrique, autor do gol do triunfo, o lateral Guilherme Arana e o volante Maycon estão na Seleção da Rodada.

Quem respirou na competição foi o Santos, depois de vencer o Botafogo-SP por 2 a 0. O primeiro gol demorou, e acabou saindo dos pés de Vitor Bueno, o melhor do Peixe no jogo, algo que o levou a ficar entre os melhores da rodada.

Apesar de ceder o empate em 2 a 2 ao Novorizontino no fim do jogo, o São Paulo conseguiu colocar dois jogadores no selecionado: o goleiro Denis e o atacante Gilberto. Já o adversário foi representando pelo lateral Railan, autor do gol da igualdade.

IMPORTANTE: A Seleção da Rodada, como sempre, é definida de acordo com as notas dadas pela redação do LANCE! durante a cobertura dos jogos do campeonato. Entram na lista os jogadores que receberam a melhor avaliação em sua posição.

Confira as notas e os desempenho de cada um dos integrantes:

Denis – goleiro – São Paulo – 6,5

Salvou o São Paulo de ser derrotado no segundo tempo da partida contra o Novorizontino.

Railan – lateral-direito – Novorizontino – 6,5

Já vinha fazendo boa partida no ataque e na defesa, quando foi premiado com o gol de empate, de cabeça.

Edu Dracena – zagueiro – Palmeiras – 7,0

Partida impecável, cortes por cima e por baixo, sem dar chances para o adversário. Deu passe primoroso no ataque.

Pedro Henrique – zagueiro – Corinthians – 7,0

Jovem, discreto, cumpriu seu papel da maneira mais silenciosa e também fez o gol que deu a vitória ao Timão.

Guilherme Arana – lateral-esquerdo – Corinthians – 7,0

Outra grande atuação do lateral, que criou algumas chances de gol e foi bastante seguro na defesa.

Maycon – volante – Corinthians – 7,0

Talvez seja a principal mudança no meio-campo corintiano. Marcou seu gol em lance de puro oportunismo

Vitor Bueno – meia – Santos – 7,0

Era o melhor do Santos desde o comecinho da partida. O destino quis que fosse ele a marcar o gol que encerrou o jejum de seu time.

Michel Bastos – meia – Palmeiras – 7,0

Inspirado, atuou como em seus melhores momentos. Com qualidade nos passes e força para deixar sua marca.

Keno – atacante – Palmeiras – 7,5 (CRAQUE)

Insinuante em todo o tempo em que esteve em campo, abriu o placar em belo gol de cabeça e poderia ter feito mais.

Borja – atacante – Palmeiras – 7,0

Que estrela! Apresentou seu cartão de visita em sua primeira oportunidade. A finalização foi digna da fama de grande goleador.

Gilberto – atacante – São Paulo – 7,5

Passa por excelente fase no clube, marcou gol como um legítimo centroavante e ainda deu assistência para Thiago Mendes.

Técnico: Eduardo Baptista – Palmeiras – 7,0

Mexeu muito bem no time. A mudança de esquema tático, com Zé Roberto no meio de campo, surtiu efeito. Precisa de tempo. Colocou Borja em campo para matar o jogo e assim aconteceu.



MaisRecentes

É possível admirar o estilo Fernando Diniz no São Paulo sem ser um Dinizete fanático



Continue Lendo

Corinthians vai de ‘melhor técnico do Brasil’ ao alto risco de eliminação no Paulista



Continue Lendo

Empolgação ou desonestidade? Estreia no Paulista pareceu rodada da Premier League



Continue Lendo