Após outra bilheteria no vermelho, São Paulo acumula prejuízo de quase R$ 200 mil no Paulistão



Mais uma vez o público pagante do São Paulo no Pacaembu decepcionou. Na última terça-feira, ao enfrentar o Mogi Mirim, em partida adiada da 3ª rodada do Paulistão, apenas 2.927 pessoas pagaram ingresso para ver a vitória do Tricolor por 2 a 0.

Acontece que, novamente, a renda obtida com a bilheteria não cobriu as despesas com a utilização do estádio, e a renda líquida da partida ficou negativa em mais de R$ 120 mil. Valor esse que, somado aos resultados financeiros dos outros três jogos mandados pelo São Paulo no campeonato, gerou um prejuízo acumulado de quase 200 mil reais. Veja os números precisos:

São Paulo × Água Santa: R$ 6.043,47
São Paulo × Rio Claro: R$ 26.697,47
São Paulo × Grêmio Novorizontino: -R$ 101.423,23
São Paulo x Mogi Mirim: -R$ 121.086,03
TOTAL: -R$ 189.768,32

Além de ter batido o recorde (que já era seu) de partida com o maior prejuízo da competição até o momento, o São Paulo amarga a última posição no ranking de faturamento líquido deste Paulistão. Confira:

Em destaque, o São Paulo ocupa a última posição entre as rendas líquidas da competição

Em destaque, o São Paulo ocupa a última posição entre as rendas líquidas da competição



MaisRecentes

Corinthians x Cruzeiro registra a maior renda do Brasil em 2018; veja ranking



Continue Lendo

Rodada do Brasileirão-2018 tem maior público pagante desde a edição 2015



Continue Lendo

Destino antes incomum, Inglaterra passa a ser refúgio brasileiro na Europa



Continue Lendo