Atlético-MG, Santos e São Paulo dominam a Seleção da 26ª Rodada do Brasileirão-2017



Cada vez mais o Campeonato Brasileiro deste ano tem se notabilizado pela briga acirrada contra o rebaixamento, já que a diferença do 8º para o 17º colocado é de apenas quatro pontos. Enquanto na parte de cima da tabela, a disputa pelo título deve ficar entre apenas três equipe, tendo o Santos como principal oponente ao Corinthians. A vitória do Peixe sobre o Palmeiras encurtou a distância para o líder, e ainda afastou um rival da briga pela taça.

CONFIRA A SELEÇÃO DA RODADA NA GALERIA ACIMA

Esse importante triunfo levou três jogadores santistas para a Seleção da 26ª Rodada do Brasileirão-2017: os zagueiros David Braz e Lucas Veríssimo, e o atacante Ricardo Oliveira, autor do gol responsável pelos três pontos no Allianz Parque.

Outra equipe que se destacou na rodada foi o Atlético-MG, que derrotou o Atlético-PR, fora de casa, na estreia de Oswaldo de Oliveira, o técnico da rodada. O Galo forneceu dois jogadores para o selecionado: o meia-atacante Cazares e o atacante Robinho, o Craque da Rodada.

Mas não foi só. O São Paulo derrotou o Sport por 1 a 0 em confronto direto na briga contra o rebaixamento e teve dois heróis na difícil vitória no Morumbi: o meia-atacante Marcos Guilherme, que anotou o gol do alívio, e o goleiro Sidão, que salvou o resultado nos acréscimos da partida.

Completam a Seleção o lateral-direito Madson, do Vasco, o lateral-esquerdo Diogo Barbosa, do Cruzeiro, o volante Paulinho, do Atlético-GO e o atacante Brenner, do Botafogo.

IMPORTANTE: A Seleção da Rodada, como sempre, é definida de acordo com as notas dadas pela redação do LANCE! durante a cobertura dos jogos do Brasileirão. Entram na lista os jogadores que receberam a melhor avaliação em sua posição.

Confira as notas e o desempenho de cada integrante da Seleção:

Sidão – goleiro – São Paulo – 7,5
Foi o grande responsável pela vitória de seu time contra o Sport. Fez duas defesas espetaculares já nos acréscimos da partida que salvaram o resultado importantíssimo para a equipe no campeonato.
Madson – lateral-direito – Vasco – 7,0
Principal válvula de escape do time pela lateral. Deu uma excelente assistência para Andrés Ríos marcar o gol e também foi perigo nos cruzamentos.
David Braz – zagueiro – Santos – 7,0
Mais uma partida extremamente segura na defesa santista. Mesmo com a pressão palmeirense durante os 90 minutos, quase não passou apuros e fez intervenções importantes.
Lucas Veríssimo – zagueiro – Santos – 6,5
Ao lado de Braz, também afastou quase todos os perigos da zaga e se mostrou igualmente seguro, neutralizando os ataques do Verdão.
Diogo Barbosa – lateral-esquerdo – Cruzeiro – 7,0
Uma das principais armas de ataque da Raposa, está em grande fase e confirmou contra o Corinthians. Fez o cruzamento perfeito para o gol de Rafinha e ainda levou mais perigo para a zaga adversária.
Paulinho – volante – Atlético-GO – 7,0
Nessa tentativa de recuperação de seu time na tabela, tem sido um dos principais nomes. Ataque e defende com qualidade, tem boa saída de bola e passe. Deu assistência para o gol de Walter.
Marcos Guilherme – meia – São Paulo – 7,0
Com velocidade e inteligência acha espaços e garante a sua titularidade. Quase marcou em grande jogada coletiva, mas foi oportunista ao fazer o seu gol após aproveitar bobagem da defesa adversária.
Cazares – meia – Atlético-MG – 7,0
Teve grande participação na vitória do Galo. Ajudou na marcação no meio-campo e na lateral, além de puxar contra-ataque e dar assistência para o segundo gol de Robinho.
Brenner – atacante – Botafogo – 7,5
Apesar da derrota para o Vitória, marcou os dois gols de seu time no Nilton Santos. Um de puro oportunismo e outro de pênalti.
Robinho – atacante – Atlético-MG – 8,0 (CRAQUE)
Em sua volta ao time titular do Galo, fez aquilo que se espera de um jogador de sua categoria. Marcou dois belos gols de muito talento que deram uma vitória extremamente importante ao seu time.
Ricardo Oliveira – atacante – Santos – 7,5
Acostumado a marcar em clássicos, o centroavante santista não decepcionou. Aproveitando cruzamento de Bruno Henrique, marcou de cabeça o gol que deu ao Peixe a primeira vitória no Allianz Parque.
Técnico: Oswaldo de Oliveira – Atlético-MG – 7,0
Estreou no comando do Galo e já garantiu uma grande vitória fora de casa. Escalou Fred e Robinho no ataque, rearranjou a marcação do time para priorizar a individualidade de seus jogadores e se deu bem.


  • Eugenio

    treinador sendo osvaldo kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk mais que piada, quem faz uma seleçao dessa kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

MaisRecentes

Réver é o Craque, e Palmeiras e Chape se destacam na Seleção da 29ª Rodada do Brasileirão-2017



Continue Lendo

Palmeiras, Cruzeiro, Bahia e Vitória dominam a Seleção da 28ª Rodada do Brasileirão-2017



Continue Lendo

Quem ama o feio, bonito lhe parece: os cuidados com a análise de São Paulo x Atlético-PR



Continue Lendo