Atlético-MG, Palmeiras e Ceará dominam a Seleção da 27ª Rodada do Brasileirão-2018



Atlético-MG, Palmeiras e Ceará levaram dez personagens para a Seleção da 27ª Rodada (Foto: Montagem/Divulgação/LC Moreira)

E o campeonato tem um novo líder! O Palmeiras é o sétimo clube diferente a ocupar a primeira posição na tabela nesta edição, o que significa um recorde desde que a competição passou a ser disputada por 20 equipes, em 2006. A diferença entre o primeiro colocado e o quinto permanece de quatro pontos e mostra o equilíbrio na briga pelo título. O Verdão, que confirmou sua arrancada, ao lado de Ceará e Atlético-MG, dominaram a Seleção da 27ª Rodada do Brasileirão-2018.

Com uma goleada por 5 a 2 sobre o Sport, no Independência, o Galo se firmou entre os seis primeiros e foi o time que mais levou personagens para o selecionado. São eles: o lateral-direito Emerson, o lateral-esquerdo Fábio Santos e o meia Cazares, Craque da 27ª Rodada, além deles, o técnico Thiago Larghi.

Já o Palmeiras derrotou o Cruzeiro por 3 a 1, no Pacaembu, e chegou ao primeiro lugar do campeonato após o empate em 2 a 2 do São Paulo com o Botafogo, no Nilton Santos. Destaques da vitória palmeirense, o zagueiro Gustavo Gómez, o meia Lucas Lima, e o atacante Dudu estão entre os melhores.

Outro clube que brilhou na 27ª Rodada foi o Ceará que, de virada, bateu a Chapecoense no Castelão, por 3 a 1, e contou com atuações inspiradas do zagueiro Valdo, do volante Richardson e do atacante Arthur, todos presentes na Seleção.

Completam a lista o goleiro Vanderlei, do Santos, e o atacante Everton, do Grêmio.

IMPORTANTE: A Seleção da Rodada, como sempre, é definida de acordo com as notas dadas pela redação do LANCE! durante a cobertura dos jogos do Brasileirão. Entram na lista os jogadores que receberam a melhor avaliação em sua posição.

Técnico: Thiago Larghi – Atlético-MG – 7,5

Confira as notas e os desempenhos de cada integrante da Seleção da 27ª Rodada:

Vanderlei – goleiro – Santos – 7,0

Fez duas defesas enormes, ainda no primeiro tempo, para impedir o gol em dois belos chutes de Nikão. Responsável pelo resultado na Vila.

Emerson – lateral-direito – Atlético-MG – 7,5

Marcou um golaço, talvez o mais bonito desta edição do Brasileirão. Presença constante no ataque do Galo do começo ao fim da goleada.

Valdo – zagueiro – Ceará – 7,5

Que atuação! Salvou um gol praticamente certo da Chapecoense, e em seguida anotou o gol de empate de seu time, no Castelão.

Gustavo Gómez – zagueiro – Palmeiras – 7,0

Fez outra grande partida no Verdão. Além de seguro na defesa, assumiu a responsabilidade e marcou gol em cobrança de pênalti.

Fábio Santos – lateral-esquerdo – Atlético-MG – 7,0

Assim como Emerson, teve atuação bastante incisiva no ataque, fazendo a diferença para o time e anotou o gol da virada cobrando pênalti.

Richardson – volante – Ceará – 7,0

É um caçador incansável no meio-campo cearense, fez seis desarmes certos contra a Chape e dominou o setor rumo à virada.

Lucas Lima – meia – Palmeiras – 7,0

Teve liberdade no meio, buscou o jogo, fez belos passes e lançamentos aos companheiros, e marcou o gol que abriu o placar para a vitória.

Cazares – meia – Atlético-MG – 8,5 (CRAQUE)

Depois de período de atuações apagadas, voltou a brilhar na goleada sobre o Sport. Deu duas assistências, uma para Elias e outra, primorosa, para Ricardo Oliveira, e deixou a sua marca em lance de oportunismo. Foi o melhor da rodada.

Dudu – atacante – Palmeiras – 7,0

Mostrou a sua importância para o Verdão jogando apenas 60 minutos. Participou do lance do primeiro gol, cobrando escanteio, e fez o cruzamento preciso para Hyoran balançar a rede.

Everton – atacante – Grêmio – 8,0

Começou a partida contra o Fluminense no banco de reservas, mas foi a campo e decidiu o jogo com um golaço, de letra, que determinou a vitória por 1 a 0, no Nilton Santos.

Arthur – atacante – Ceará – 8,0

Brilhou no Castelão ao dar assistência, de cabeça, para Valdo empatar a partida, e depois com um golaço, em que arrancou do meio-campo, brigou com o zagueiro e finalizou com força, no ângulo, sem chance para o goleiro.

Técnico: Thiago Larghi – Atlético-MG – 7,5

Diante da fragilidade do Sport, partiu para cima do adversário, mesmo tendo saído atrás no placar. Explorou os pontos fracos da defesa, como o zagueiro Durval, e colocou seus intensos e velozes atacantes para golear os pernambucanos sem dó.



MaisRecentes

É possível admirar o estilo Fernando Diniz no São Paulo sem ser um Dinizete fanático



Continue Lendo

Corinthians vai de ‘melhor técnico do Brasil’ ao alto risco de eliminação no Paulista



Continue Lendo

Empolgação ou desonestidade? Estreia no Paulista pareceu rodada da Premier League



Continue Lendo